653 pessoas já comentaram

  • José disse em 04/03/2011 | 09:23.

    Viva o Carnaval !

    Responder

    • jorginho disse em 05/03/2011 | 09:12.

      Flávio,
      escrever que ela nao gosta do Carnaval por que “nao é feliz” é de uma desonestidade absurda.
      Há bons argumentos para se defender o carnaval (basta que se leia o livro do antropólogo Robeto Damatta). Apelar, desqualificando a pessoa da jornalista, além de tosco é baixo, muito baixo.

      Enfim, desculpe recomendar um livro… Pessoal que “trabalha com blog” nao gosta desse negócio de sentar e ler…
      Vai ver é porque eles sao todos muito, muito mesmo, “felizes”!

      Responder

      • chicao disse em 05/03/2011 | 10:40.

        boa jorginho…

        Pão e circo…

        Responder

      • Júnior disse em 05/03/2011 | 10:43.

        Enfim, desculpe recomendar um livro… Pessoal que “trabalha com blog” nao gosta desse negócio de sentar e ler…
        Vai ver é porque eles sao todos muito, muito mesmo, “felizes”! [2]

        Responder

      • lucas disse em 05/03/2011 | 10:51.

        concordo com tudo que ela disse sem tirar uma palavra tirei meu chapeu

        Responder

      • nunes disse em 05/03/2011 | 10:57.

        jorge,
        faço minhas as tuas palavras.

        e acho… que acabei de me apaixonar pela Rachel Sheherazade.

        abraço a todos.

        Responder

      • Menino Menino☻ disse em 05/03/2011 | 11:27.

        Arrazo na resposta !

        Responder

      • Acho que não disse em 05/03/2011 | 12:55.

        Vai Flávio, quem mandou seu blog ter leitores que pensam!

        Responder

      • Voluptuoso disse em 05/03/2011 | 02:57.

        Concordo com a jornalista e com o Jorginho…. sou feliz por não participar desta merda de Carnaval!

        Responder

      • valdolopes disse em 05/03/2011 | 03:10.

        É!…. e vc está aqui lendo o que ele posta (escreve)…Ironia não?!

        Responder

      • Folha Seca disse em 05/03/2011 | 03:53.

        Concordo MUITO com o jorginho.
        Desonestinadade intelectual da grossa essa Flávio.
        Pega mal…

        Da próxima vez tenta fundamentar o post em idéias cara. Seria bem melhor.
        Ou vai ler o livro que o cara recomendou….

        Responder

      • Jorge disse em 05/03/2011 | 04:05.

        Jorginho, meu xará… eu discordo da idéia proposta pela jornalista… mas concordo com sua forma de colocação acerca da forma como a matéria foi mostrada aqui no chongas…
        Temas que tendem à ambiguidade de opiniao nao merecem ser tachados como certo ou errado… eu defendo o carnaval, ela não… nem por isso sou certo, e feliz, e ela nao…

        vc foi bem…

        abraços

        Responder

      • José disse em 05/03/2011 | 04:13.

        Pessoal hj em dia não sabe mais o que é sarcasmo…

        Responder

      • Jorginho disse em 05/03/2011 | 05:22.

        Nao tem nada a ver com “sarcasmo”. O Flávio quis tirar uma onda, dando a entender que apenas pessoas infelizes podem enxergar defeitos na “folia de carnaval”.

        O que nao é, sob hipótese alguma, verdade.

        O fato é que nós, no Brasil, nao estamos acostumados a pessoas que contradigam o senso comum. E isso é bastante pernicioso (aos semi-analfabetizados, abram o Houaiss e precurem por pernicioso).

        O fato é: nada do que ela disse é falso. Nao há argumentos para combater o que ela disse; nós nos acostumamos com a bandalheira diária e nos esquecemos dela nos meses que antecedem o carnaval.
        Vale realmente a pena parar o país – e ele realmente pára – para celebrar o Carnaval? Garanto que muitas pessoas acreditam que nao… E, veja-se, gostar de feriado nao tem nada a ver com isso. O fato é que o país para, levando a uma “paralisia” momentânea de todas as esferas sociais.

        Uma perguntinha simples: quanto dinheiro PÚBLICO foi disponibilizado para o Carnaval (somando-se tudo, tudo mesmo) e quanto dinheiro PÚBLICO foi disponibilizado para as tragédias na regiao serrana? Nem essas quantias ficam claras… O que nao deixa de ser um absurdo em si!!!
        Se a resposta é que há mais dinheiro PÚBLICO no carnaval do que nas tragédias serranas, devemos todos IMEDIATAMENTE nos tornarmos “infelizes” e criticar todos os “felizes” adoradores da “Folia de Momo”.

        Jorge, meu xará, obrigado!

        Flávio, o que você realmente pensa dessa discussao toda?! Uma opiniao tua seria importante… Só nao vale dizer que foi “sarcasmo”, “piadinha” ou qualquer coisa do gênero…

        Abre o jogo conosco, teus leitores, e nos diz o que você pensa!

        Responder

      • pedrero disse em 05/03/2011 | 05:41.

        Eu concordo com a opinião do JORGINHO, mas achei esse cara muito mala…ele acha que todo mundo tem a obrigação de saber o significado da TODAS as palavras. Eu não sei o que é pernicioso, e não me considero um semi-analfabeto… Dê a sua opinião, mas seja menos mala.

        Responder

      • NP disse em 05/03/2011 | 05:49.

        Se o flávio errou vc também não ficou atrás no comentário grosseiro.

        Se ele desqualificou a jornalista vc vez o mesmo com os blogueiros, julgando todos como alienados, se achando o tal porque leu o livro de um antropólogo…sorte a nossa ter você por aqui para nos guiar no caminho da verdade e da luz. Aliás, o que alguém tão inteligente como vc faz aqui num blog de humor?

        Responder

      • Jorginho disse em 05/03/2011 | 06:24.

        @pedrero

        Eu, de minha parte, estava sendo “sarcástico”. Basta ver que escrevi “semi-analfabetizados”.
        Mas, enfim, deixemos estar.
        O tom um tanto pernóstico se justifica exatamente pelo que o Sr, Chongas fez: desqualificou o Editorial, condicionando opiniao contrária à suposta “infelicidade”.

        Mas, enfim, é carnaval! Tá tudo bem…

        Responder

      • José disse em 05/03/2011 | 06:43.

        Realmente, você estava do lado dele na hora que ele fez o post, para ter tanta certeza que não é sarcarsmo e sim essa sua teoria de conspiração.

        Responder

      • Saulo disse em 05/03/2011 | 08:10.

        É isso ai cara.
        E Flavio “na internet pega leve!”

        Responder

      • Ps disse em 05/03/2011 | 08:37.

        Cara.. ela mandou muito bem na argumentação, e o Lamenza mandou muito mal na piadinha. Achei muito melhor a tirada do “… não gosta desse negócio de sentar e ler…” hehe

        Responder

      • DLP disse em 06/03/2011 | 12:36.

        De boa Flávio, cada vez q vc emite opinião dói ler.

        Vc é tudo aquilo q desprezo, vc é exatamente aquele tipo de criatura q torna o Brasil esse país maldito e miserável.

        Responder

      • Felipe Vinhal disse em 06/03/2011 | 10:26.

        Ok, Jorginho. Bons comentários, e bem fundamentados, mas não consegui lê-los sem deixar de sentir que você é um pedante ou, no mínimo, um ego afetado.

        “semi-analfabetizados… pernicioso…” aff

        Na boa, é possível ser inteligente sem ser irritante.

        Responder

      • domantis disse em 06/03/2011 | 11:21.

        Não tem porque falar que ela não é feliz, eu vivo reclamando dessa merda chamado carnaval e to nem ai, isso só traz merda. Quantas pessoas morreram eletrocutadas pulando atrás de um TRIO “ELÉTRICO” parece ironia mas não, é a vida. Então vamo começar a pensar no que ela disse porque isso é verdade.

        Responder

      • Antonio Leal disse em 06/03/2011 | 01:01.

        Jorginho, concordaria com vc se não fosses tão pretensioso… Realmente, ter uma opinião contrária não significa que ela seja infeliz, pelo contrário. Mostra coragem. Mas os argumentos dela são fracos, muito fracos. Eu também não gosto do carnaval, mas como vc pode condenar, por exemplo, o carnaval de olinda, que é extremamente tradicional (uma festa linda, por assim dizer)? Quanto aos argumentos econômicos, ela também tem razão. Mas isso é problema do carnaval ou de um governo (o REGULADOR) ausente? O carnaval não é uma festa brasileira… e daí??? Tornou-se brasileira, grande diferença, considerando que o Brasil é um país SUPER novo. Argumentos como o excesso de policiamento é absurdo!!! Vai deixar sem policial, para o caos tomar conta? Quanto a ambulância, não sei em PE, mas onde eu moro (BH) são extramamente eficientes (SAMU). E, de novo, não é problema do Carnaval. Por isso os argumentos dela são fracos. Ela deveria fazer esse protesto todos os dias, não só no período do carnaval. Ela está sendo oportunista e está bestializando uma festa popular.

        Responder

      • andre disse em 06/03/2011 | 01:49.

        antonio leal

        acho que você não entendeu os argumentos utilizados pela jornalista… acho que ela não condena o carnaval como um todo, ou, melhor dizendo, o folião que curte estas festas, o que ela está questionando é exatamente o fato de que o governo despeja dinheiro público na forma de policiamento, atendimento de emergência entre outras cositas más para garantir o lucro dos organizadores de trios elétricos, anhembis e etcs… é uma festa popular? sem dúvida! agora, quem sai ganhando $$$ com o carnaval? qual é a contrapartida destas empresas “de abadás”? Elas pagam todo o investimento público garantindo 4 dias de alegria para uma população em sua maioria miserável? eu acho que é muito pouco.

        Responder

      • andre disse em 06/03/2011 | 01:51.

        e outra, há muito tempo o carnaval “de primeira” não é popular! vai pra salvador ver quanto custa pra sair de abadá num trio elétrico! não quer pagar o abadá? prepare-se para momentos de terror no lado de fora do cordão do trio elétrico!

        Responder

      • Astamenol disse em 06/03/2011 | 02:41.

        Cambada de ignorantes mesmo…

        depois que o blogueiro desativa os comentários (como Kibeloco e Jacaré Banguela já fizeram) ficaram chorando as pitangas…

        Booa Flávio. Você compartilha a sua opinião no blog como quiser… valeuu

        Responder

      • Transeunte disse em 06/03/2011 | 04:26.

        acho que a repórter não falou nenhuma mentira, e o Flávio não foi infeliz…
        Tudo que a repóter falou tem fundamento… mas se formos pensar igual ela aí acabou o mundo….
        pra que fazer festa de casamento? um casal que começa uma vida precisa de dinheiro pra se estabelecer…
        pra que fazer festa de formatura? um profissional que começa uma carreira tem que ter bases sólidas e dinheiro para se prevenir até que adiquira credibilidade no mercado de trabalho…
        pra que lotar estádios de futebol em jogos de fim de semana? já pensou quantos policiais são deslocados? ambulâncias? seguranças no estádio? quantas pessoas saem bebadas para ver o jogo? e os acidentes?
        já que é pra radicalizar geral vamo todo mundo vira crente, e vamo combina de ir a igreja junto pra economizar gasolina
        leitores revoltados de blog….. ruim com eles, pior sem eles…..

        Responder

      • Satynne disse em 07/03/2011 | 12:45.

        Nossa!Se o “Ela não é (feliz) do Flávio rendeu isso tudo, se os leitores do chongas tivessem lido o Dan Soares , do X-POCK (que só pra constar eu curto pacas!), nem quero pensar no que tinha rendido…

        Responder

      • Marcinha disse em 07/03/2011 | 03:04.

        ELA DISSE TUDO !!!!

        Responder

      • Gustavo disse em 07/03/2011 | 07:45.

        Mas leia antes estas três regras:
        O Flavio Lamenza tem sempre razão
        Os campos marcados com * são obrigatórios
        Em caso de dúvida, ler a regra no 1

        ahauauuha acho q o JORGINHO não saber ler tão bem!

        Responder

      • Klaus disse em 07/03/2011 | 08:17.

        concordo com tudo o que ela disse, virei fã dessa jornalista.

        Responder

      • lobo solitario disse em 09/03/2011 | 04:12.

        É Flávio aí não deu pra ficar sem comentar.Muitas vezes eu vi aqui comentários de pessoas que não entendiam bem os seus comentário aqui mesmo, e todas as vezes nossa reação era:
        Na internet ,pega leve.
        Aqui acho que faltou isso.
        Todo mundo pode dar a sua opinião,pode até mesmo dar argumentos como esses aí que a Rachel deu mas generalizar as coisas ao ponto de diminuir o que ela disse ao ”feliz ou não feliz” é mesmo que generalizar os donos de blog, dizendo que não gostam de ler.
        Emfim… ela disse um monte de coisa que faz sentido e um monte de coisa que não é tão concreta.
        Mas acho que disso tudo só tirei uma conclusão.
        Seja no carnaval ou não as pessoas não sabem brincar,dialogar e muito menos expressar sua ipinião sem atacar o que o outro pensa.
        So lamento…

        Responder

      • zed disse em 10/03/2011 | 01:36.

        ALGUÉM TEM QUE TER UMA OPINIÃO (OU PONTO DE VISTA) DIFERENTE… ALGUÉM TEM QUE FALAR UMA OUTRA VERDADE OU A PRÓPRIA VERDADE… ALGUÉM TEM QUE IR DE ENCONTRO À ORDEM DAS COISAS (ERRADAS) ESTABELECIDAS… ALGUÉM TEM QUE IR DE ENCONTRO À MARÉ DE UM SISTEMA GANANCIOSO, INJUSTO E DESUMANO… ALGUÉM TEM QUE ACORDAR PRA REALIDADE… POIS “A UNANIMIDADE É BURRA E A VERDADE DÓI!”… E ALGUÉM PODE SER ASSIM E SER FELIZ!

        Responder

      • Caio disse em 12/03/2011 | 05:42.

        As pessoas não sabem distinguir as coisas.
        O que a jornalista disse é a mais pura verdade e ponto.
        O Flávio quiz apenas fazer uma comparação ao fato dela falar sobre o carnaval. “Quem gosta de carnaval é feliz e quem não gosta não o é”.
        É como diz aquela música “Quem não gosta de samba, bom sujeito não é, ou é ruim da cabeça ou doente do pé”.
        Alguém se revoltou com o autor desta letra? Não.

        Oh gente estressada………e ponto final.

        Responder

    • @JonFonseca disse em 05/03/2011 | 11:14.

      Não discordo de uma vírgula sequer, o Carnaval do Rio e de São Paulo que atrai gente do exterior pela arte é uma coisa, o carnaval micareteiro, devasso e fétido das ruas é outra coisa…

      Responder

      • Eduardo disse em 05/03/2011 | 01:04.

        Boa, mto boa resposta!

        Responder

      • Jordana disse em 05/03/2011 | 01:39.

        discordo do JonFonseca. os carnavais de SP e RJ não são, na essência, tão diferentes assim do carnaval micareteiro. afinal, lá não existem apenas desfiles de escola de samba, mas tbm há blocos de rua. daqueles q estão sendo alvo de campanhas publicitárias avisando pra q as pessoas não urinem na rua, nem cometam atos de vandalismo, nem exagerem na bebida.

        além do mais, estrangeiros q vêm ao brasil no carnaval não estão aqui pela “arte”. estão pela farra mesmo. pelas passistas semi-nuas e suas bundas balançantes.

        Responder

      • yuri nicolau disse em 05/03/2011 | 02:13.

        concordo plenamente

        Responder

      • @JonFonseca disse em 07/03/2011 | 03:49.

        Mas pelo menos os blocos no Rio e em São Paulo e até em Olinda e em Recife são coisas tradicionais, sem abadás cafonas e trios elétricos de música ruim. É pura tradição, as fantasias, as marchinhas, até o ato de urinar na rua é tradição, kkk acredite. Ainda sim é algo popular, gratuito, saudável…

        Responder

    • Lazaro disse em 05/03/2011 | 09:56.

      Esse vai entrar para a lista de post’s infelizes do Flávio.

      Responder

      • Molina disse em 06/03/2011 | 01:09.

        Na contramão de toda corrida pra descreditar o post, devia-se entender que a maior parte da crítica ao carnaval leva-se em conta dois aspectos importantes: a atenção dada pelas pessoas ao carnaval e a distribuição de renda. Bom, eu sou um cara, até certo ponto, tido como “estudado” para os padrões do Brasil – sou doutor em administração – mas isso não me diz que devo dizer que fulano é menos ou mais esperto que eu porque leu determinado periódico. Sei o que significa pernicioso, mas você, pequeno jorge, não sabe de microeconomia e nem do contexo desse assunto pra uma festa desta, muito menos a jornalista vermelha. Portanto, cabe dizer que os “leitores que pensam”, de verdade, vão alem daquilo que lhes é mostrado e submetem a crítica. Felicidade tem subjetivismo então o Flávio determina o que acha melhor pra fazer um bom arranjo. Na internet, pega leve.

        Responder

      • Bruno Elvis disse em 06/03/2011 | 10:33.

        Concordo plenamente com o Molina. Primeiro: galera vamo produzir argumentos consistentes e não usar de palavras de “pouco uso” pra tentar causar impacto com aquilo que se está dizendo. Segundo: O que é felicidade pra você? Cada um tem seu ideal de felicidade, o meu pode ser muito diferente de todos que aqui estão comentando. Portanto antes de sair soltando farpas por causa de uma determinação – pessoal – do que é felicidade para o Flávio, compreenda que todo mundo tem um pensamento diferente, aprenda a respeitar e só depois queira pagar de entendedor usando palavras difíceis para impressionar. Bom Carnaval!!

        Responder

      • andre disse em 06/03/2011 | 12:24.

        molina

        Na tentativa de “não usar periódicos” ou conhecimentos específicos para desvalorizar a opinião alheia, você acabou fazendo isso também, ou seja, pura contradição o seu texto. Também não curto pedantismo e utilização de palavras dificeis para “calar a boca” dos outros, mas se você reparar, o texto recomendado pelo jorginho é para DEFENDER o carnaval, não o contrário. Só que pouca gente aqui percebeu isso!
        E outra, “jornalista vermelha”? Aff… quer dizer então que é só ter opinião contrária à majoritária que isso já faz de você automaticamente um comunista? Ridículo a SUA tentativa de desvalorizar a jornalista!

        Bruno elvis,
        não se trata do que significa ser feliz para uma ou para outra pessoa, o fato é que na internet, nas escolas, nas mesas de bar e por aí vai, em geral as pessoas críticas, polêmicas, etc, são rotuladas como pessoas tristes, infelizes, amargas, como se para ser feliz fosse necessário ser cordial e amigável com tudo e todos! O mundo é duro mesmo xará, só não vê quem prefere tapar os olhos, os ouvidos e a boca! Mas isso não significa infelicidade, isso significa sobriedade.

        Responder

      • Molina disse em 09/03/2011 | 12:15.

        André,

        Não usei nenhum conhecimento específico para tentar desestabilizar o jorginho. Ele mesmo o fez, por si mesmo. Na verdade mencionei sobre o conhecimento de microeconomia porque, segundo meu argumento contraditório ao que ele disse, precisava sustentar, mesmo que em parte, o que estava dizendo. Não sou leviano nas minhas palavras. Sou sarcástico e humorado. Com relação ao periódico, me referi ao fato de que ele ofendeu outra pessoa – note que eu não entrei no mérito do conteúdo do estudo do sociólogo – dizendo que blogueiro não gosta de ler. Ele não pode dizer isso, ele não conhece todos os blogueiros para sustentar a afirmação, ele sim, foi desonesto. Para encerrar, o comentário dela é explicitamente comunista, mas isso é outra coisa. Poderia desqualificá-lo pelo número expressivo de bobagens que falou na sua réplica, mas isso não é bom pra ninguem, então deixa como tá. E vamos humorar o post, tá tão divertido!

        Responder

      • Carlos disse em 09/03/2011 | 02:01.

        Molina, Molina, Molina…

        Você é doutor?! Parabéns.
        Agora, se o Jorginho foi pedante e pernóstico nos comentários dele, você bem que poderia dar uma consultada no dicionário antes de usar as palavras.
        Três exemplos rápidos:

        1.) “argumento contraditório ao dele”. Quis dizer “contrário”?

        2.) “sou sarcástico e humorado”. Bem, “humorado todos somos, resta saber se somos BEM ou MAU humorados, certo?

        3.) “vamos humorar o post”. Persistindo nesse “humor”, acho que o ideal era ficar mau-humorado, comprar um Houaiss e ver que o verbo “humorar” sequer existe…

        Mas, claro, tá tudo bem. O sr., afinal, é doutor e entende tudo de microeconomia. E além de tudo é “humorado”!!!

        Responder

      • Molina disse em 10/03/2011 | 03:10.

        Pequeno Carlos, o destemido vacilante.

        Não sei a profundidade de teu relacionamento com Jorginho. Não te preocupas, não sou uma ameaça a isso. Bom, vamos ao que interessa. O Que foi pequeno Carlos? Algo que escrevi te afetou? Peço humildes desculpas, não foi o meu objetivo. Interessa apenas dizer que este blog é interessante para sorrir entre um livro e outro. No mais, tu me acusas de analfabetismo e pouca sabedoria com relação a domínio de palavras. Entretanto, vou te pedir que se interesse sobre a etimologia dessas palavras que mencionastes. É uma dica valiosa. Sobre o verbo criminoso, sim eu o criei. Tenho condições de fazê-lo, por considerar este espaço livre, o suficiente, para tal condição. Antes de criticar-me, uma outra vez, não esqueças de pôr todas as palavras devidas no plural, seguindo a concordância, fica mais inteligível e elegante: […] “Bem, “humorado todos somos, resta saber se somos BEM ou MAU humorados, certo? […] O mais correto seria: “HumoradoS, somos todos. Nos resta saber em que sentido”. Dispense a interjeição, ela empobrece seu texto em alguns casos. Enfim, não sou professor de língua portuguesa, prefiro que se consulte com um profissional da área. Boa sorte na vida, te desejo tudo de bom.

        Responder

      • andre disse em 10/03/2011 | 04:02.

        molina,

        o comentário dela é explicitamente comunista? véio, você não sabe nada sobre comunismo!! Só dá pra entender o comentário da jornalista como algo “comunista” se definirmos “comunista” como o antônimo de “lucro”, o que seria no mínimo empobrecer o significado e o sentido do comunismo. Aliás, isso seria até mesmo empobrecer o significado de capitalismo e de liberalismo também. Mas isso é outra conversa.

        Gostaria de ver você comentando as “bobagens” que eu escrevi, mas se for pra você perder a linha que nem você fez na sua discussão com o carlos, é melhor encerrar por aqui!

        Responder

      • Molina disse em 10/03/2011 | 05:08.

        André, você é um cara emotivo. Quer suscitar uma discussão sem sentido, A jornalista elencou uma série de eventos negativos – inerentes as mazelas do Estado, naturalmente remediado por suas funções – e culpa uma organização por divergência a idéia de coletividade, isso te parece o que ?. Já respondi a você, ao Carlos e ao slrm de maneira clara, objetiva e não provocativa. Seu texto é controverso! Leia-o mais duas vezes que vai identificar as bobagens que escreveu. Depois veja o que eu escrevi. Diferente do seu comportamento e seus similares vou encerrar essa rodada de respostas que se afasta do ponto central da discussão.

        Responder

      • andre disse em 10/03/2011 | 06:35.

        molina, se sou emotivo ou não pouco importa, o fato é que você não sabe o que é comunismo: culpar o Estado por não “se preocupar” com a organização da sociedade em prol da “coletividade” não é uma idéia comunista. Isso aí é no máximo uma idéia social-democrata, baseada no Estado de Bem-estar Social que, apesar de adotado por partidos comunistas como o PC alemão, não é comunismo, meu caro.

        Se fosse comunista, o apelo da jornalista não seria voltado para as ações do Estado, seria voltado para a tomada de algum tipo de ação por parte da população. O comunismo, caso não saiba, apregoa a destruição do Estado (assim como no liberalismo e também na anarquia, mas as vias obviamente são diferentes). Na mesa de boteco e aqui na internet você pode até fazer graça chamando isso de comunismo, mas vou logo lhe avisando que não é. Pode bater o pé, discordar e até “xingar muito no twitter”, mas nada muda o fato de que a jornalista não é comunista.

        Responder

    • Henrique Gun disse em 06/03/2011 | 07:36.

      É por isso que tem gente morrendo em cima de trio elétrico….rsrsrsrs

      Responder

    • DAVID disse em 07/03/2011 | 01:17.

      VAAAAAAAAAI FLÁVIO, QUEM MANDA NÃO PENSA ANTES DE ESCREVER…

      FAAAAAAAAAIIIIIIIIILLL

      Responder

    • Alison disse em 08/03/2011 | 01:33.

      Vou ser sincero.. eu acho que ela pegou uma DST e e egravidou no carnaval.. ai fica ai.. reclamando..

      Responder

      • Flavio Lamenta☻ disse em 09/03/2011 | 10:24.

        Infelizes , todos infelizes.

        Responder

  • Victor disse em 04/03/2011 | 09:26.

    ela falou a verdade…carnaval eh bom e ruim ao mesmo tempo

    Responder

    • Andrey disse em 05/03/2011 | 09:33.

      Carnaval ja foi bom … agora ja viro palhaçada …( putaria )

      Responder

      • @amebarbosa disse em 06/03/2011 | 02:14.

        desculpa vc, mas putaria é o que há! hahahahhaa

        Responder

  • Viny disse em 04/03/2011 | 09:30.

    uhhhhhoouuuuuhhhhh tambem acho mais fazer oq festa é festa …

    Responder

  • Otavio disse em 04/03/2011 | 09:32.

    Indosos! asopkspoaksoapk

    Responder

    • Marselo disse em 05/03/2011 | 09:57.

      Analfabeto e alienado (ops, esqueci que você não deve conhecer o significado desta palavra).

      Responder

      • Felipe.s disse em 05/03/2011 | 02:36.

        Ou seu ignorante,
        Creio eu que o que o Otavio quis dizer foi da pronuncia da palavra “Idosos” –‘

        Responder

  • Jonas disse em 04/03/2011 | 09:32.

    que pena vc banalizar assim com o comentário dizendo q ela não é feliz e vc é parecendo q expor a verdade e ver como as coisas são realmente faz das pessoas infelizes q pena !!
    q pena eu nem sou de comentar cara e sei q vc vai banalizar meu comentario tb
    mas tudo bem !!

    Responder

  • netin disse em 04/03/2011 | 09:37.

    Poxa, ela tem razão.

    Responder

  • Ricardo disse em 04/03/2011 | 09:38.

    Na verdade ela ta certa, por isso passo carnaval jogando ps3 vlw

    Responder

    • Renan disse em 05/03/2011 | 11:12.

      Na verdade você passa o carnaval jogando ps3 por que seus amigos nao te chamaram para ir curtir e por que não tem uma mina pra chamar para uns amassos :)

      Responder

      • Seven disse em 05/03/2011 | 04:13.

        Cara sei-lá se ele tem mina pra pega nesse carnaval ou se os amigos do cara chamaram ou não ele, mas eu também so mais passa meu carnaval jogando wii e ps3 e ouvindo iron, avenged, etc, do que fica ouvindo musica ruim e que são mau feitas…

        Responder

      • Molina disse em 06/03/2011 | 01:11.

        Forever alone

        Responder

      • Pedro disse em 06/03/2011 | 01:25.

        cara, meus amigos me chamaram e eu tenho namorada pra sair e “dar uns amassos”, e mesmo assim, fiz o mesmo que o ricardo.
        carnaval é a pior época do ano e nem tem como fugir da putaria toda que rola

        Responder

    • Rudá disse em 05/03/2011 | 11:15.

      Forever alone

      Responder

    • Blé disse em 06/03/2011 | 10:18.

      então pq vc não vende seu Playstation pra comprar livros, estudar e fazer algo de útil da sua vida?

      viu como é fácil criticar a diversão dos outros?

      Responder

      • Tariel disse em 07/03/2011 | 02:19.

        A diversão do ricardo não mata ninguém, não engravida ninguém, nem destrói o patrimônio público. Já o carnaval….

        Responder

      • Blé disse em 07/03/2011 | 02:54.

        Carnaval não engravida. É a mulher que deixa enfiarem um pênis na vagina dela que engravida.

        Carnaval não mata. Quem mata são pessoas desequilibradas que matariam na festa junina, no estádio de futebol, na semana santa ou em qualquer época que achassem conveniente.

        Carnaval não destrói patrimônio público. São (novamente) pessoas desequilibradas, da mesma forma que (alguns) roqueiros, torcedores de futebol ou protestantes de rua fazem.

        TUDO DE ERRADO QUE SE FAZ NO CARNAVAL CONTINUARIA SENDO FEITO EM OUTROS LUGARES E OUTROS MOMENTOS MESMO SE O CARNAVAL NÃO EXISTISSE, E MESMO ASSIM AINDA É UMA MINORIA COMPARADO À QUANTIDADE DE PESSOAS QUE SE DIVERTEM E GOSTAM DISSO.

        Responder

  • kaskade disse em 04/03/2011 | 09:45.

    Apesar de gostar de festa e ser muito feliz, o que ela falou ali foi a mais pura verdade…
    Vivemos hoje na cultura do alcool, é muito fácil falar do lado feliz do carnaval mas o que tem de gente matando por aí (voluntariamente ou não) por causa do alcool não é brincadeira.

    Responder

  • Marco disse em 04/03/2011 | 09:45.

    É claro que quem gosta de carnaval não gosta do que a apresentadora falou. Algumas vezes a verdade é cruel.

    Responder

  • Tacio disse em 04/03/2011 | 09:46.

    Falo tudo!! Se a unica coisa que o homem terá certeza é a morte; a unica certeza do brasileiro é o carnaval no proximo ano!

    Responder

  • tiago disse em 04/03/2011 | 09:52.

    ela tem senso crítico

    Responder

  • Cindy disse em 04/03/2011 | 09:52.

    Concordo com ela!!! E o povo fica aí curtindo e aceitando tudo numa boa: é o Brasil!!!

    Responder

  • lohan disse em 04/03/2011 | 09:52.

    foda-se viva o carnaval

    Responder

    • Thiago disse em 04/03/2011 | 11:53.

      foda-se vc sozinho então seu lixo

      Responder

      • Renan disse em 05/03/2011 | 11:14.

        Sozinho nada, se viu qnta gente tem a msm opinião q ele? é só dar uma passada em Salvador rsrsrrsrs

        Responder

    • Gibaalves disse em 05/03/2011 | 10:07.

      É por causa de uns retardados como esse aí de cima que está a merda que está.

      Responder

      • Johnson disse em 05/03/2011 | 11:53.

        e por conta de retardados como vc que o Brasil é essa merda
        já ouviu em falar liberdade de expressão?

        Responder

      • Molina disse em 06/03/2011 | 01:13.

        #LeaveMarianaPretrusoAlone. Detected

        Responder

  • lohan disse em 04/03/2011 | 09:53.

    a unica certeza do homem é q todo ano tem a semana do tubarão no discovery channel! #fato!

    Responder

  • Tacio disse em 04/03/2011 | 09:55.

    Eu queria um dia ver a Globo mostrando todas as mortes que acontecem no Rio de Janeiro nos dias de Carnaval, e a BAND mostrando todos os acidentes e mortes decorrentes dos foliões mais exaltados no carnaval da Bahia!

    Responder

    • Daniel disse em 05/03/2011 | 12:21.

      É por isso que eu gostaria de ter visto o Carnaval de 1984. O único que a Globo não transmitiu o Carnaval do Rio de Janeiro.

      Responder

  • joaquim disse em 04/03/2011 | 09:55.

    Eu acho que ela sofreu muito no carnaval

    Responder

    • Lunático Vidente disse em 09/03/2011 | 11:17.

      É isso mesmo! O pessoal assistiu a uma única opinião, de uma pessoa q fala bem, diga-se de passagem, e tomo mundo acha q tem razão. Não é a festa q é culpada e sim as pessoas. Quem faz cagada no Carnaval, faz cagada o ano inteiro….Acho q ela é uma mal comida mesmo, concordo com o Flávio. Aposto q o pessoal aqui prefere Halloween, neh…

      Responder

  • Henrique disse em 04/03/2011 | 09:58.

    Wow. Quase caí pra trás aqui. Em parte concordo com ela… mas não é acabando com esse tipo de comemoração que os problemas citados terão solução… E se ela fez isso tudo pro carnaval que tem todo ano, imagina só na copa e nas olimpíadas…

    Responder

    • Israel disse em 04/03/2011 | 11:37.

      Esse sim é um ópio do povo. Povo de não gosta mais de pensar, só curtir. Acabar não, mas investir menos nisso e mais naquilo que é pro bem do cidadão.

      Responder

      • Louco (2) disse em 05/03/2011 | 07:20.

        Esse sim é um ópio do povo. Povo não gosta mais de pensar, só curtir. Acabar não, mas investir menos nisso e mais naquilo que é pro bem do cidadão. [2]

        Responder

      • Blé disse em 06/03/2011 | 10:23.

        e a internet é o ópio dos falsos moralistas

        Responder

      • Lunático Vidente disse em 09/03/2011 | 11:19.

        Boa Blé, e nego vem falar de pão e circo, clichezinho mais passado este. Culpar a festa em si, pela merda q pessoas fazem o ano inteiro.

        Responder

  • Marco disse em 04/03/2011 | 09:59.

    Algumas pessoas acham que não gostar de carnaval é ser infeliz. Outras, acham que é preciso gostar de futebol para ser feliz. Outras, ainda, acham que não podem ser felizes sem álcool, drogas, putaria etc!

    Responder

  • Gostei disse em 04/03/2011 | 10:05.

    Excelente video, coisa similar acontece com a copa do mundo e etc…

    Responder

  • Riberval disse em 04/03/2011 | 10:14.

    Ela não falou nenhuma mentira. E deve ser feliz sim, ao contrário dos milhares que se ferram nessas festas ou em decorrência delas. Ela é gata, tem senso crítico, deve ter dinheiro e não é obrigada a fazer de conta que gosta dessa merda. Boa noite.

    Responder

    • Pedro disse em 06/03/2011 | 01:27.

      falou bonito e eu assino embaixo!

      Responder

      • Diego HHHHH disse em 06/03/2011 | 11:56.

        falou bonito e eu assino embaixo! [2]

        Responder

      • Dani disse em 07/03/2011 | 10:27.

        Penso que cada pessoa é feliz à sua maneira, se ela é feliz ficando em casa no carnaval que mal existe nisso? Porém, esta festa está muito banalizada principalmente no Brasil, sei que gera lucros, mas tbm não sei se são suficientes para repor as consequencias que ele causa….
        Gosto do carnaval pois sempre temos feriadão….
        Falou bonito e eu assino embaixo [3]

        Responder

    • Rah disse em 18/03/2011 | 09:38.

      disse tudo!

      Responder

  • Julio disse em 04/03/2011 | 10:17.

    E ela falou algo errado?
    O que irrita é que tentam empurrar guela abaixo pra todo mundo que o carnaval é o que há de melhor no Brasil, esta longe de ser o pior, tão pouco deveria ser combatido, mas vale uma reflexão se a festa como vem sendo feita é realmente só a alegria e saúde que tantos alegam.
    Parece que quem discorda da unanimidade do carnaval perde automaticamente a cidadania brasileira.
    Cada um curta do jeito que quiser, mas não imponham isso como unica verdade pros outros.
    A desqualificação do blogueiro para com a apresentadora além de desonesta é covarde

    Responder

    • Nélida disse em 04/03/2011 | 11:27.

      Palmas!
      É isso!

      Responder

      • Andrei Bessa disse em 05/03/2011 | 02:07.

        palmas (2)

        Responder

    • Diego wd disse em 04/03/2011 | 11:34.

      chupa essa flávio

      Responder

      • Gabriel disse em 04/03/2011 | 11:56.

        exato, comentário covarde.

        Responder

    • Thiago disse em 04/03/2011 | 11:58.

      se vc não concordasse com o que está sendo dito, não postava em seu blog.
      acabar com o carnaval não vai resolver os problemas do Brasil, e simpatizar com essa idéia é dar um tiro no pé da sua popularidade.
      mas o vídeo foi divulgado!

      Responder

    • jorginho disse em 05/03/2011 | 09:06.

      “A desqualificação do blogueiro para com a apresentadora além de desonesta é covarde!”

      Verdade verdadeira. Colocar os comentários dela na conta da suposta “infelicidade” é de uma desonestidade intelectual aberrante. Mas, enfim, sendo ele feliz, tá tudo bem…

      Mais uns dias e ele vai dizer que quem reclama de alguma coisa é “mal comido”. É esperar e ver…

      Responder

      • Juliete Janiniê disse em 05/03/2011 | 10:29.

        Se nao gosto dos “blogueiros” o que faz aqui lendo o blog? Hipocrisia…

        Responder

      • Molina disse em 06/03/2011 | 01:15.

        jorginho mal comido

        Responder

      • covarde anonimo disse em 06/03/2011 | 02:10.

        Poxa jorginho e vc veio pelo menos umas 20 vezes nesse blog nos ultimos 2 dias.

        Vc começou bem e começou a perder razão, acho que pessoas prolixas são assim pra disfarçar sua própria ignorancia!

        Responder

  • diei disse em 04/03/2011 | 10:31.

    eis a verdade!

    Responder

  • Chrystian disse em 04/03/2011 | 10:33.

    É o Luiz Carlos Prates do sexo Feminino

    Responder

    • Marcão disse em 06/03/2011 | 04:23.

      Christian tudo bem, mas Chrystian é engueisar demais a coisa!

      Responder

  • brnnno disse em 04/03/2011 | 10:36.

    ela esta certa =)

    Responder

  • Aline disse em 04/03/2011 | 10:38.

    Conseguiu expressar com as palavras certas o que eu penso do carnaval

    Responder

  • amanda disse em 04/03/2011 | 10:43.

    uhul tv tambau aki de jp :D ela deve passar o carnaval bem forever alone

    Responder

    • Leo* disse em 05/03/2011 | 08:04.

      Vc acha mesmo isso? A msm opinião tosca do Flavio? Quem não gosta de carnaval é infeliz entao, ok.
      Parabéns pra voces nessa semana de carnaval que deve ser a máxima expressão da felicidade. Quanto ao resto do ano, deve ser bem triste né?

      Responder

  • Rafael disse em 04/03/2011 | 10:43.

    Saiu um monte de verdade ai da boca da moça…..concordo…

    Responder

  • Bruno disse em 04/03/2011 | 10:44.

    Concordo com ela de forma integral. A sociedade a muito tempo inverteu seus valores, não é preciso beber para ser feliz, quem recorre a bebida e outras drogas que é realmente infeliz e depois ainda vem querer dar uma de bonitão e dizer: “ela é infeliz”, para estes… por favor, que tal crescer intelectualmente e moralmente antes de tentar argumentar? Ou quem sabe procurar ter valores, princípios, ideais ao invés de rir com os amigos embriagados e falar um para o outro “estou chapado de mais cara!”.

    Responder

  • Nélida disse em 04/03/2011 | 10:47.

    Tá certa, trabalho na saúde pública e vejo a VERDADE todos os dias.
    Não é engraçado, pode ser que por a Rachel ser uma pessoa inteligente consiga enxergar e traduzir a verdade que muitos tentam maquiar. PARABÉNS!

    Responder

  • leo disse em 04/03/2011 | 10:48.

    Se você acha que é feliz com o carnaval mesmo sabendo dessas coisas, você está mais pra cego do que pra feliz Flávio! =/

    Responder

  • Faria disse em 04/03/2011 | 10:55.

    E ela disse alguma mentira? O carnaval aqui no Brasil só expõe uma das piores faces da nossa sociedade: a hipocrisia. Se parar para pensar, você vai entender porque.

    Responder

  • West disse em 04/03/2011 | 10:56.

    mas quem ousa tirar o circo do povo? é um investimento necessário pra manter o povo satisfeito com a vergonha que esse país é.

    Responder

  • regisson disse em 04/03/2011 | 10:57.

    Muito legal os comentários da galerinha transada que está na internet em plena sexta de carnaval as 22:52…
    kkkkkkk
    VALEW….
    CHICLETE COM BANANAAAA !!! UUUUUUHHHH
    Feliz carnaval aí moçaaaAAAAADAAAA!!

    Responder

    • Leo* disse em 05/03/2011 | 08:06.

      hauiahiuhaua do mesmo modo que vc está, kkkkk

      Responder

    • Molina disse em 06/03/2011 | 01:16.

      E tá lisinho, tá lisinho!

      Responder

    • Molina disse em 06/03/2011 | 01:17.

      The better post ever.

      Responder

      • Japhy disse em 07/03/2011 | 03:08.

        “the better”?
        Muito bom o seu inglês, hein, rapaz…

        Responder

      • Molina disse em 08/03/2011 | 07:15.

        It’s better than yours that has not been able to fix it. Extremist.

        Responder

  • Andy disse em 04/03/2011 | 11:01.

    É uma mulher assim que eu quero casar! Xonei!

    Responder

  • Sillas Bastos disse em 04/03/2011 | 11:08.

    Cara!! Sou fã desta mulher!! Vamos eleger ela a próxima presidenta??

    Responder

    • Ci disse em 05/03/2011 | 08:54.

      Apoiado! Pensem o que for, mas ela está com a razão.

      Responder

  • Andrea disse em 04/03/2011 | 11:14.

    Concordo com tudo o que ela disse. E sou bem feliz, exceto durante uma semana infernal a cada ano, onde enfiam o carnaval goela abaixo em quem quer e quem não quer…

    Responder

    • Pedro disse em 06/03/2011 | 01:33.

      Fato! A pior semana do ano

      Responder

  • Sillas Bastos disse em 04/03/2011 | 11:16.

    Você disse que ela não é feliz?? Eu penso o contrário. Ela, assim como eu, não precisamos de carnaval para sermos felizes. Eu sou feliz o tempo todo. Mas você e os outros foliões precisam de um motivo ou de um incentivo para tentar ser feliz, pelo menos por uma semana. As consequencias vão desde uma ressaca até à morte, passando pela AIDS, nenhuma muito agradável. É meu amigo! Como diria um poeta pós-contemporâneo moderno dadaista: “Rapadura é doce, mas não é mole não!”

    Responder

  • Rafael disse em 04/03/2011 | 11:20.

    Você é alienado…

    Ela não é.

    Responder

  • Bruno Pinto disse em 04/03/2011 | 11:22.

    Ela tá certa, mas aqui no Rio, tirando o Carnaval na Sapucaí, é bem democrático a maioria dos blocos é grátis!!!!

    Responder

  • Milinha disse em 04/03/2011 | 11:26.

    Sabe o que é o pior de tudo????????????????????

    Que ela está certa!… (Shit!)

    Responder

  • Rick disse em 04/03/2011 | 11:26.

    Apaixonei… o que ela disse mesmo???

    Responder

  • Joao disse em 04/03/2011 | 11:39.

    Nada a ver mesmooooo, vc falaR qe ela não é feliz

    desde quando o brasil todo ama carnaval? o rio de janeiro é carnaval, o Brasil ineiro NÃO

    odeio essa nojeira de carnaval, ÓTIMO VÍDEO.

    Responder

  • Andre disse em 04/03/2011 | 11:42.

    Concorde na maioria das partes, mas aqui no Rio, ninguem famoso faz o carnaval do povo, aqui nasceu o samba na pedra do sal com os escravos. Mas a parte capitalista e gasto do estado(nosso dinheiro) ela ta certa.

    Responder

    • MarcioAugusto disse em 05/03/2011 | 01:08.

      Concordo quando diz que o carnaval nasceu desta forma; por isso mesmo ela disse que o carnaval foi bom ‘outrora’. Ela concorda contigo das origens, mas ela expõe o que é o carnaval nos nossos dias.

      Responder

  • Ruan Ribeiro disse em 04/03/2011 | 11:50.

    ela está certíssima..
    Carnaval não passa de uma insanidade humana..
    busca incessante de satisfação q se esvai em 3 dias..
    RIDÍCULO

    Responder

  • Bolota disse em 04/03/2011 | 11:50.

    É SEXTA CADE OS GRÁFICOS?????

    Responder

  • Leo disse em 05/03/2011 | 12:07.

    Ela está coberta de razão! Brasil de fato!

    Responder

  • Cezar disse em 05/03/2011 | 12:09.

    A grande maioria das pessoas concorda com as críticas. E a maior parte da minoria que gosta só se importa com o feriado. Apesar disso, a grande mídia continuará empurrando goela abaixo do povo brasileiro eternamente esses mesmos lixos, dizendo que faz parte da cultura nacional. Enquanto o povo brasileiro não se mobilizar, um único canal – a globo – vai continuar ditando o que é e o que não é Brasil. Para eles, ser brasileiro é gostar de futebol, novela e carnaval. E, principalmente, não discutir política.

    Responder

  • Johnson disse em 05/03/2011 | 12:16.

    ok, ela falou algumas verdades, mas bem ALGUMAS POUCAS mesmo.
    1. O carnaval realmente movimenta a economia do país, coisa mais comum é gringo vindo gastar aqui no carnaval e o povo daqui torrar em viagens e outras coisas.
    2. prefiro muito mais ver as ambulâncias e policiais trabalhando no carnaval do que não trabalhando NUNCA. (sinal que o valor gasto na ambulância não foi para o bolso do deputado que vcs votaram).
    3. ela só falou de artista baiano, algum preconceito???
    4. ela fala que as músicas de qualidade são caladas, acho que ela não assiste TV NUNCA, as músicas de qualidade não tem vez na mídia!
    5.. ela comenta de acidente que os foliões provocam, bem, pelo menos nos jornais que eu leio ou assito, todo dia é dia pra ter muito acidente, e em todos os feriados eles triplicam!

    FLÁVIO, concordo com seu comentário, ELA NÃO É FELIZ, ainda mais depois de um comentário infeliz desse. Ela pode não gostar de carnaval, e pode também falar mal, mas desde que saiba o que está falando.

    Parabéns pelo Blog e bom carnaval para todos nós!!! \o/

    Responder

    • John disse em 05/03/2011 | 03:43.

      Ela falou de artista baiano pq a tv dela é da Paraíba porra. Nego burro é FODA.

      Responder

      • Johnson disse em 05/03/2011 | 12:42.

        não sabia que na PARAÍBA só pegava canal da BAHIA, ainda mais que sou de brasília e aqui eu vejo o BRASIL inteiro. FODA é ter que ler comentário de burro como o seu!

        Responder

    • Prigueh disse em 05/03/2011 | 10:18.

      Foda, mas foda mesmo é esse conformismo… Antes trabalhando no carnaval q nunca.

      Antes vendendo no carnaval q nunca, né…

      Antes um salario de fome que nada, antes ter transporte publico ruim do que andar de carroça. Antes ter um trapo doado pra vestir do que não ter.

      Otimismo e conformismo barato de brasileiro.

      O que ela diz é que deveria ser investido MENOS DINHEIRO PUBLICO no Carnaval e MAIS EM COISAS IMPORTANTES.

      Infeliz e conformado, você. Vá gastar seu dinheiro no carnaval. (Antes ter dinheiro pro carnaval que nunca ter, né…)

      Responder

      • Johnson disse em 05/03/2011 | 10:52.

        só falo uma coisa.. gasto mesmo com o carnaval, pq sei que votei mt bem!
        e vc, pode falar a mesma coisa????
        ela só fala de problemas de políticas públicas e jogando a culpa no carnaval, sendo que a culpa é do voto mal feito nas eleições.
        iaee… a culpa é minha por gostar de carnaval e me conformar com pouca merda ou é do povo que é burro e não sabe votar????
        só quero essa resposta!!!!!

        Responder

    • Molina disse em 06/03/2011 | 01:20.

      Isso tudo aí que falou [2]

      Responder

      • Karolyne disse em 06/03/2011 | 07:31.

        Isso tudo aí que falou [3]

        Responder

  • Daniel disse em 05/03/2011 | 12:18.

    Eu achooooooooo… que a moça não é contra o carnaval (ela mesmo diz isso)

    Mas sim contra a “privatização do carnaval”;

    Carnaval era pra ser uma festa do povo, mas o que se vê são milhares de prefeituras canalizando todo o suporte financeiro/logístico para os eventos particulares, enquanto os verdadeiros blocos tradicionais precisam se sacrificar para conseguir um policiamento decente e espaço na mídia.

    Outro ponto importante é a logística e as despesas empregados nesses eventos; não dá pra admitir que municípios com deficiências básicas como saneamento, calçamento de ruas, explosões à caixas eletrônicos (sim, a comentarista é da minha cidade), greve de policiais militares, greves no sistema de saúde, insuficiência de postos de saúde, etc. priorize milhões à um evento sazonal do que à tais situações.

    Enfim, acho que ela não quer acabar com o carnaval… apenas está desabafando contra o fato de que “tiraram” do povo uma forma simples de diversão e a estão utilizando para controlá-lo.

    É isso. =D

    Responder

  • Raphael disse em 05/03/2011 | 12:19.

    De fato, ela está certa.

    Responder

  • Márlon disse em 05/03/2011 | 12:22.

    A argumentação dela é muito válida e verdade, porém muito generalizadora. É claro que existem esses fatos que prejudicam, mas o pior de tudo é que temos período no ano onde, a grande massa da população pode ser feliz, mas o problema é a infelicidade causada logo após, com as famosas ressacas, dst’s, filhos indesejados, mortes.
    Não sou muito fã de carnaval por não gostar muito de aglomerações de estranhos, mas isso é apenas minha humilde opinião e não tenho absolutamente nada contra quem vê no carnaval um momento feliz que deve ser aproveitado.
    No mais é isso =D

    Responder

  • Cachaça disse em 05/03/2011 | 12:22.

    Geeente….cheguei agora em casa com essa breja aqui gelada….putz…..vi esse video e constatei.

    Essa aí do video….bebeu o mesmo que ali no buteco da vizinha!

    e tem mais….o churrasquinho tava bom.

    Mas acho q só essa deficiente auditiva aí que não sabia que o carnaval não é de origem brasileira. Veneza já o praticava a “milanos” com seus bailes de máscarax….cujo eu, noutrora, bebia demais e perdia a máscara, aí me baniam da festança! Aff.

    Bj

    PS: Tumbem sô filiz!!!

    Responder

  • Leandro M. Braz disse em 05/03/2011 | 12:27.

    Prefiro mil vezes aproveitar o feriado pra curtir os amigos em uma chácara do q pular carnaval por aí, ou viajar com a familia pra algum lugar calmo. Sou infeliz por causa disso?

    Responder

    • Molina disse em 06/03/2011 | 01:22.

      É sim. Faltou só dizer que vai disputar cabo de guerra com os familiares, distribuidos em equipes. hahahahaha

      Responder

    • Pedro disse em 06/03/2011 | 01:39.

      to com você nessa!
      o negócio é fugir da bagunça e arrumar um sítio pra passar a semana com os amigos.
      best days of my life!

      Responder

  • Filipe Longo disse em 05/03/2011 | 12:34.

    Ainda bem que eu tenho motorista! Vou beber até cair! U cão! Foi quem butô pra nóis bebê!

    Responder

  • Rodrigo disse em 05/03/2011 | 12:35.

    Queriam o que? O Flávio é carioca. Povo que vive de carnaval, arrastão e tráfico.

    Responder

    • John disse em 05/03/2011 | 03:40.

      EAHIUEAHIUEEAIAHEIUAE apoiado.

      Responder

      • Eddie disse em 05/03/2011 | 09:07.

        apoiado²

        Responder

    • Molina disse em 09/03/2011 | 12:35.

      Seguindo o SEU pensamento:
      RJ: Carnaval – Arrastão e Tráfico
      SP: Depressão – Suicídio e Tráfico
      MG: Leite – Queijo e Tráfico
      CE: Praia – Côco e Tráfico
      AC: Seringa – Mato e Tráfico
      PR: Daí – Pinha e Tráfico
      MA: Sarney – Sarney e Tráfico
      Bem esperto, você, em desqualificar o estado do outro.

      Responder

  • Mirella disse em 05/03/2011 | 12:36.

    Você é feliz, e ela é mais feliz ainda por pensar assim.

    Responder

  • Lucas disse em 05/03/2011 | 12:41.

    Eu concordo, plenamente, cacete essa mulher demais!

    Responder

  • guilherme disse em 05/03/2011 | 12:43.

    concordo com ela

    Responder

  • Jonatas disse em 05/03/2011 | 12:55.

    Vishhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh, vishhhhhhhhhhhhhhhhhh!!!!!!!

    Responder

  • JHONY disse em 05/03/2011 | 01:09.

    Por favor leiam a regra nº 1 …. kkkkkkk

    Mas leia antes estas três regras:
    1.O Flavio Lamenza tem sempre razão
    2.Os campos marcados com * são obrigatórios
    3.Em caso de dúvida, ler a regra no 1

    Responder

  • Guilherme disse em 05/03/2011 | 01:11.

    muito boa

    Responder

  • @amebarbosa disse em 05/03/2011 | 01:16.

    Alguém tomou uma ‘bota’ nesse carnaval…ehuaheuaheuhauehaueuaheuae

    Responder

    • Molina disse em 06/03/2011 | 01:23.

      #meunamoradomelargouefoiprabahiaeeusouumajornalistatristeedepressiva

      Responder

    • Rudá disse em 07/03/2011 | 12:23.

      ASUHASUHAUAHAHASHASUHSAUHASUHAS

      Responder

  • JV disse em 05/03/2011 | 01:36.

    Concordo com ela. Não importa quem gosta de carnaval ou não o que ela fala faz está certo.

    Responder

  • Cassiano disse em 05/03/2011 | 01:53.

    ela não falou nada mais do que a verdade, qualquer um com um minimo de inteligência sempre soube disso.

    Responder

    • Pedro disse em 06/03/2011 | 01:42.

      mas parece que a inteligência é um dom de poucos…

      Responder

      • Molina disse em 09/03/2011 | 12:37.

        Gramática tambem é um “dom” de poucos…

        Responder

  • Júnior disse em 05/03/2011 | 01:59.

    A crítica dela é justa, não vejo nada de irracional no comentário, o carnaval gera muito mais prejuízos ao país do que coisas boas. Uma festa de milhões em um país miserável, pobre a nível de cultura e educação, uma festa que ajuda a corrupção e transtorna os valores da sociedade.

    Feliz quem não depende de carnaval para ser feliz.

    Responder

    • Molina disse em 09/03/2011 | 12:38.

      Então vai abrir uma escolinha pra tirar o peso da sua consciência, seu retardado.

      Responder

  • Andrei Bessa disse em 05/03/2011 | 02:05.

    Aposto que ela também é feliz….

    nem vem que nao tem…. ela n diz que nao devemos curtir, ela diz o que tem que ser dito.

    Responder

  • Oãxiac Odéz disse em 05/03/2011 | 02:33.

    Carnaval é a doença.
    Rock n’ Roll é a cura.
    Heavy Metal é a redenção.
    Thrash Metal é o paraíso.

    Responder

    • Leitor disse em 07/03/2011 | 04:06.

      Tá certo!

      Responder

  • cesar disse em 05/03/2011 | 02:49.

    manda ela dar a xoxota no carnaval e calar a boca com outra rola! hahahaha

    Responder

    • Molina disse em 09/03/2011 | 12:39.

      Que isso cesar? Isso são modos?

      Responder

  • Marcelo disse em 05/03/2011 | 03:00.

    que mulher burra.. nao sabe de nada, e ainda tenta argumentar com informações fictícias. Onde e como ela fez essa pesquisa?

    Responder

    • Israel disse em 05/03/2011 | 09:07.

      A resposta está em seu comentário

      Responder

      • Carol disse em 06/03/2011 | 12:52.

        Israel owned! hahahahaahah

        Responder

  • Guido Machado disse em 05/03/2011 | 03:16.

    Acho q eh a primeira vez q discordo com o Flavio. e nem estou falando do video, mas da forma como ele estampou o preconceito com akeles de opiniao diferente. a resposta, felizmente, esta nos comentarios de seus leitores. e eu concordo totalmente com o video.

    Responder

  • John disse em 05/03/2011 | 03:38.

    Ela tem toda a razão.
    Na minha opinião, carnaval é um lixo, só presta pra ser feriado. Ignorância sua considerar a moça uma infeliz ou satirizar a opinião dela… isso faz de você mais um entre tantos outros, que com a verdade aí, na sua frente e de maneira bem comentada, não sabe enxergar.

    Responder

  • Espetim de Gato disse em 05/03/2011 | 03:42.

    Concordo plenamente com a moça e esta é a primeira vez que irei discordar do Flávio tbm. Acho que ele não soube expressar bem seus pensamentos com relação aos comentários da apresentadora. O que mais rola hoje em dia nessas festas é pinga até o cidadão nem se lembrar de quem é, lança perfume e putaria. Além dos preços absurdos que são cobrados pelos abadás. Tenso!

    Responder

  • Rodrigo disse em 05/03/2011 | 03:58.

    Aqueles que são novos e que querem mesmo é vadiar as custas desses dias de férias serão contra ela e qualquer outra pessoa que venha a ameaçar esse período, fato. Apesar dela não ter dito que era contra o festival, a festa.
    O pessoal mais antigo que viu no decorrer do tempo como o carnal foi transformado vai apoiar 100%.

    Eu tenho 23 anos e concordo com ela.

    Agora… chupa essa caralha flávio Lamenza.

    Responder

  • JP disse em 05/03/2011 | 04:01.

    Acompanho seu blog ha um bom tempo. Voce diz boas coisas muitas vezes, mas quando diz besteira, sempre e uma grande cagada.

    Responder

    • val disse em 05/03/2011 | 10:14.

      verdade..

      Responder

  • Ge disse em 05/03/2011 | 04:23.

    Eu tbm n curto carnaval, + nem por isso saio por ae revoltado reclamando dele. UHSAHUSAHUSAHU Quanto ódio no coração D:

    Responder

    • Pedro disse em 06/03/2011 | 01:46.

      o que ela falou não foi nada revoltado.
      foi só a verdade bem expressada e estruturada que nós já sabiamos desde… sempre…
      :D

      Responder

  • SImonsen disse em 05/03/2011 | 04:37.

    legal se vc eh feliz por uma alegria momentanea dessa
    alegria nada
    “alegria”
    Tudo se resume em ressaca
    e ai ?
    KD seu dinheiro ? Kd sua alegria
    concordo com a moça

    Responder

  • Thylis disse em 05/03/2011 | 05:55.

    Pra que acabar com o Carnaval que eh uma festa nossa agora?

    Responder

  • F. Senna disse em 05/03/2011 | 07:09.

    Ok, reflitirei… DEPOIS DO CARNAVAL ahuahuahuah

    Responder

  • Rodolpho Neto disse em 05/03/2011 | 07:23.

    Gostei do que ela disse, mas de qualquer forma vou pular carnaval!

    Responder

  • Bruno Batista disse em 05/03/2011 | 07:41.

    Com uma visão um pouco exagerada das coisa, mas o que ela falou é verdade

    Responder

    • Lazaro disse em 05/03/2011 | 09:51.

      Exagerada pohha nenhuma talvez vc seja de classe média(assim como o Flavio deve ser) e não entenda.

      Responder

  • Ari disse em 05/03/2011 | 08:07.

    Não achei exagero, o Brasil só funciona depois dessa merda de festa. Ela não é triste por causa disso (sempre há os que vão querer ridicularizar, principalmente os que ganham algo com isso), apenas falou a verdade. Se encarássemos a vida com um pouco mais de seriedade no Brasil, veríamos que essa festa besta só presta pro que ela falou mesmo. Mas é o circo, é o circo…

    Responder

  • José disse em 05/03/2011 | 08:16.

    Po ngm notou que o sarcasmo do post fo Flávio.

    Responder

    • Leo* disse em 05/03/2011 | 08:11.

      Aham, tudo é sarcasmo agora certo? Vou fazer piada racista, mas não, digo que foi apenas sarcasmo, entao está OK.
      Acorda pra vida

      Responder

      • Linhares disse em 05/03/2011 | 09:20.

        Creio que vc não acordou para vida, mas tudo bem, nunca é tarde.

        Responder

      • Molina disse em 06/03/2011 | 01:25.

        Xiita

        Responder

  • Elcio disse em 05/03/2011 | 08:58.

    Papinho moralista barato do cacete, hem? A mulher é bonitinha mas dá medo. Ser contra o carnaval por motivos morais, ou por entender que ele “chupa” as estruturas públicas é bobagem grossa. Quem é contra o carnaval (e eu nem sou lá muito fã) é só ir fazer retiro espiritual no mosteiro mais próximo, ou ficar curtindo um filminho na TV. É cada uma que parece duas.

    Responder

    • Elcio disse em 05/03/2011 | 09:24.

      Nossas estruturas públicas NÃO FUNCIONAM, com ou sem carnaval.

      Responder

    • Johnson disse em 05/03/2011 | 01:19.

      Pq ela não fez esse discurso na época das eleições, já que só fala de estrutura pública e das falhas nas políticas públicas???

      Responder

  • MIchel disse em 05/03/2011 | 09:02.

    Me apaixonei… Concordo em “gênero, número e grau” .

    Responder

  • Lucas disse em 05/03/2011 | 09:05.

    Essa festa é o que me faz ter vergonha de ser brasileiro :/ , infelizmente , é por essas é por essas e outras que somos considerados o país da putaria … e pra quem discorda, recomendo ir pegar a mãe na zona, ela deve tá curtindo uns bacanais por ai…

    Responder

    • Israel disse em 05/03/2011 | 09:09.

      Huaaaaa

      Responder

    • Elcio disse em 05/03/2011 | 09:20.

      Cara, vai fazer uma sessão de desencapetamento na igreja universal.

      Responder

  • Marcelo disse em 05/03/2011 | 09:15.

    Sensacional!

    Responder

  • Filipe disse em 05/03/2011 | 09:18.

    CARNAVAL: Rio de Janeiro e Bahia
    Resto do Brasil: Dorme até tarde.

    Responder

    • José disse em 05/03/2011 | 09:26.

      Pernambuco tb

      Responder

  • Juliana disse em 05/03/2011 | 09:25.

    Palmas para ela!!
    Enquanto o povo pula carnaval, a bandalheira está aí comendo solta! Falta muito senso crítico nesse país.
    Alguns falam que o carnaval movimenta a economia, que atrai turistas, etc. O problema é que nosso povo está acostumado a se contentar com as migalhas, enquanto a elite vive bem às custas do nosso dinheiro!!

    Responder

    • Johnson disse em 05/03/2011 | 01:01.

      e isso é culpa do carnaval ou do povo que nunca aprendeu a votar???
      a festa realmente movimenta a economia do país e isso não tem nem que ser discutido, eu acho que ela teria sido muito mais feliz se esse tipo de comentário fosse divulgado durante as eleições, já que ela ataca a todo momento as políticas públicas.

      Responder

  • Luana disse em 05/03/2011 | 10:03.

    Ela é inteligente. E você não é.

    Responder

    • Há! disse em 05/03/2011 | 10:09.

      “Ela é inteligente. E você não é.” (2)

      Responder

      • Lks disse em 05/03/2011 | 09:29.

        “Ela é inteligente. E você não é.” (3)

        Responder

    • Molina disse em 09/03/2011 | 12:41.

      Ela é bonita e você é um careca.

      Responder

  • val disse em 05/03/2011 | 10:12.

    Flávio, vc pode até ser feliz mas com certeza seu comentário sobre o vídeo foi mto INfeliz! Ela está certa sim no que disse…
    Pena que a grande maioria da população pensa como vc..

    Responder

  • Marcio disse em 05/03/2011 | 10:22.

    Respeito é bom Flávio.
    Ela pode ser sim feliz sem gostar do Carnaval.
    Concordo muito com o que ela falou.

    Responder

  • Thaysa disse em 05/03/2011 | 10:31.

    Ela resumiu bem oq penso sobre carnaval. Não gosto,mas tbm não critico quem goste. O problema é q as pessoas q gostam ridicularizam e acham q não são felizes as pessoas q não gostam.
    Carnaval só faz aumentar a fama do Brasil só ter putaria e desgraça; e claro aumentar a conta bancária de quem vive dele.

    Responder

  • Ricardo disse em 05/03/2011 | 10:35.

    O nível da galera do blog está altíssimo mesmo… quando vi o tanto de comentário, achei que iam zoar a jornalista “infeliz”… que bom que foi o contrário…

    Responder

    • lobo solitario disse em 09/03/2011 | 11:32.

      Boa Ricardo.
      O tema pode ser polêmico mas de tudo que vi no chongas até hoje, esse foi aquele que mais dou crédito pro Flávio.
      Ele errado (contrariando a primeira regra) ou não, foi neste tema que todas as pessoas de opinião que curtem o blog participaram.
      Assim sendo demorou lançar uma vez no mês um tema assim.
      Isso se o Flávio aguentar a pressão
      kkkkkkkkkkkkkk

      Responder

  • Murilo disse em 05/03/2011 | 10:44.

    Muito do que foi dito pela apresentadora tem sua parcela de verdade. Ela se posicionou contra o aproveitamento capital do carnaval, que há tempos deixou de ser uma festa realmente popular.
    Pode-se concordar com ela ou discordar. Mas qualificar, ou melhor, desqualificar uma pessoa como feliz ou infeliz por manifestação de suas ideias é no mínimo covarde, como foi dito num dos primeiros comentários.
    Podemos ate considerá-la um pouco incoerente, visto que trabalha para a filial de uma empresa (TV Tambaú representa o SBT) que está transmitindo o Carnaval mais excludente de todos, o de Salvador.
    Mas, se ela é infeliz ou não, não temos capacidade de julgá-la.

    Responder

  • Fernando Brandi disse em 05/03/2011 | 10:58.

    Enxergar o óbvio através das aparências é inteligência e não infelicidade, meu amigo.

    Responder

  • Heitor_HotPants disse em 05/03/2011 | 10:58.

    Cara, que planeta vcs moram, que carnaval vcs curtem, carnaval é bom. se tem coisa ruim, não é o carnaval que proporciona, são as pessoas, em todo planeta existem festas populares, o que muda é a intensão da pessoa quando vai uma festa, eu vou pra curtir, sair fantasiado, SER FELIZ… se tem gente que vai pra brigar, matar, causar tumulto, é um problema social, não é a festa que faz apologia a isso, o carnaval signivica folia, ou seja bricadeira e diversão, nunca tive um carnaval ruim, (ja curti o de Salvador e Recife e os da minha cidade) e sempre fiquei na boa com meus amigos… se essa reporter não gosta de carnaval tudo bem respeito ela, mas o que o Flavio fez, foi somente um post de humor, que por sinal é o tema do blog dele, vcs levam as coisas a sério demais, sempre com esse complexo de povo coitadinho e que eh reprimido pelo sistema…

    SIM eu sou mais feliz que ela na semana de carnaval, pq enquanto estou curtindo com minha familia e amigos, ela ta em casa lendo um livro… tenho o ano todo pra ler varios livros, mas carnaval é so uma vez no ano e eu vou curtir, viva o carnaval.

    Responder

    • Moreira disse em 05/03/2011 | 11:31.

      É a famosa lógica invertida do Brasileiro… “Ei, as pessoas bebem e arrumam confusão em jogo de futebol… então ao invés de punir quem se mete em confusão e educar o povo, vamos proibir cerveja!!!”

      Responder

      • Molina disse em 09/03/2011 | 12:42.

        Moreira, seu homográfo! Humpf

        Responder

    • Jordana disse em 06/03/2011 | 02:44.

      e qual o problema de ler livro? vai ver q ela fica mais feliz lendo do q vc fica feliz curtindo. já pensou?

      essa merda de ficar calculando se fulana é feliz ou não é só pq ela gosta de algo diferente é um absurdo, uma falácia grosseira mesmo.

      Responder

  • Marcelo disse em 05/03/2011 | 11:01.

    Feliz foi na escolha do vídeo para o blog! Só nisso…

    Responder

  • DuduAlves disse em 05/03/2011 | 11:03.

    Post Fail Lamenza!!! Postou isso jurando que iriam concordar com sua idéia baixa sobre a opinião da jornalista, e o que aconteceu? 90% das pessoas concordam com ela, e eu faço parte desse número. Primeiro post do Chongas que eu não gostei. Abraços.

    Responder

  • Heitor_HotPants disse em 05/03/2011 | 11:11.

    povinho recalcado, em muitos coments vejo a galera, chamando os outros de alienado, analfabetos, povo se acha inteligente, se acha superior, nem conhece as outras pessoas e vai logo julgando, mais triste do que a violencia no carnaval é o comportamento do povo na internet, todo mundo quer ser melhor, xingar e agredir virou coisa banal, todo mundo faz(eu ja fiz), então velho vamos olhar um pouco mais pro nosso umbigos neh… brasileiro adora dizer que o Brasil não presta, por isso o país não anda…

    Responder

    • Linhares disse em 05/03/2011 | 09:22.

      O simples fato de não poder ser visto pelos outros, faz eles se acharem melhores, vai entender né…

      Responder

      • Israel disse em 05/03/2011 | 11:00.

        E o simples fato de não poder ser visto pelos outros faz com que pessoas como você achem que qualquer bosta que você diga se torne verdade. Vai entender né…

        Responder

      • Linhares disse em 06/03/2011 | 12:58.

        Perfeito exemplo do que eu disse.

        Responder

  • Alexandre Pacci disse em 05/03/2011 | 11:13.

    Quem defende, tá em casa, depressivo e maluco.
    Igual a jornalista!

    Responder

    • Heitor_HotPants disse em 05/03/2011 | 11:20.

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Responder

    • Moreira disse em 05/03/2011 | 11:27.

      ela ta precisando de pinto…

      Responder

      • Marcelo disse em 05/03/2011 | 11:32.

        Vcs são daqueles, q vive o ano todo na putaria, sem fazer porra nenhuma, e envergonhado o país, eita coisa boa, eita Brasil ahahuauhah

        Responder

    • Heitor_HotPants disse em 05/03/2011 | 11:34.

      e vc é daqueles que julga sem conhecer a pessoa, e fala qualquer merda sem pensar…

      Responder

    • Alexandre Pacci disse em 05/03/2011 | 01:21.

      Certíssimo André,
      Somos aqueles que trabalhamos muito, somos recompensados, pagamos nossas contas e curtimos muito no carnaval!
      Sem Idiotices…
      Mas com paz, alegria e conforto!
      Viva a internet no celular….
      rssssss

      Responder

  • André disse em 05/03/2011 | 11:17.

    E mais bobo é quem te diz, né?

    Toda comunicação é direcionada. Não só era fundamental entender Português pra usufruir da crítica da moça, mas também ser a pessoa egocêntrica, estabanada, alienada e chauvinista que exalta o carnaval – festa brasileira™. É muito fácil criticar imprecisões no discurso de qualquer um nos tempos de hoje. “Toda” expressão precisa ser alegórica pra não sumir. O editorial foi impreciso mas bem interessante pra uma massa desavisada.

    Criticar a inacurácia de um editorial simples desses, é como pegar uma aula do jardim de infância e criticar a pobreza lírica de “Mamãe amassa a massa”.

    Em tom assim, até imagino que o editor deste blog acredita que todos os vídeos de fail são de pessoas piores que ele. Taí uma pessoa pior que eu. \o/ hehehe

    Responder

    • Heitor_HotPants disse em 05/03/2011 | 11:27.

      e vc ai achando que pessoa que curti carnaval é egocêntrica, estabanada, alienada… anham, senta lá Claudia.

      Responder

  • Igor Nascimento disse em 05/03/2011 | 11:18.

    Falou bem, a pura verdade…. o carnaval alegre tem suas exceções mas são poucas, ex : os blocos tradicionais.

    Agora chamar de “carnaval” o de Salvador (putaria) , escolas de samba Rio de Janeiro e São Paulo (capitalismo por tras daquilo tudo) milhões e milhões de reais sendo desperdiçados… isso é o Brasil

    Responder

  • Felipe disse em 05/03/2011 | 11:22.

    Rapaz…poucas vezes vi alguém falar tanta coisa certa sem cometer nenhuma cagada.

    Parabéns para a jornalista… ela pode ser ou não feliz, mas está certíssima!

    Outro absurdo além de ambulâncias e um aparato policial gigantesco nessas festas é ver policiais em jogos de futebol tendo que servir de babá para torcidas organizadas!

    Como diria um professor que tive: É o fim do mundo senhores!

    Responder

    • Heitor_HotPants disse em 05/03/2011 | 11:29.

      só se for o fim do seu mundo, pq o meu vai bem obrigado.

      Responder

    • Johnson disse em 05/03/2011 | 01:10.

      Sinal que a polícia e a ambulância está cumprindo com o papel dela
      e quando eu estiver bebo precisando de glicose, vou querer uma ambulância pra me atender, afinal, EU PAGUEI PARA TER ISSO!!!

      então vamos curtir o carnaval, pq essa mulher só falou de políticas públicas jogou o problema no carnaval, sendo q o problema é que o brasileiro não sabe votar!!!!

      Responder

      • Felipe disse em 05/03/2011 | 09:18.

        Vc pagou jhonson pra ter direito a saúde e segurança… mas n é só vc q paga por isso. Toda a população paga… e n é pra ser atendido quando enche a cara d cachaça… Se existisse policiamento assim todos os dias nas ruas eu n acharia ruim não. Agora uma cambada de bandido sai de casa pra brigar e arrumar confusão, quando deveria estar saindo pra se divertir ( esse sim, deveria ser a idéia do carnaval) e a polícia vai pra la ficar “vigiando” essa galera?

        ps: claro que a grande maioria sai de casa pra se divertir numa boa!

        Responder

      • Jordana disse em 06/03/2011 | 02:51.

        sim, Johnson, vc pagou pra ter isso, mas paga pra ter serviços públicos DE QUALIDADE O ANO TODO. nossa carga tributária é digna dos países mais desenvolvidos da europa, onde todo mundo tem saúde, educação e segurança de graça e de qualidade.

        vc paga pra ter o ano todo, e só tem no carnaval. e pior, só tem pra quem gosta de carnaval, pq se uma pessoa tá em casa assistindo o desfile das escolas de samba, se emociona e tem um ataque cardíaco, não vai ter UMA ambulância disponível pra ela, pq todas estarão pra quem tá passando mal pq QUIS encher a cara.

        entendeu qual é o grande problema?

        Responder

  • away disse em 05/03/2011 | 11:23.

    Bem, já que é assim…
    O Flávio lamenza é feliz.
    A Jornalista não…
    Nem eu tb…

    Responder

  • Moreira disse em 05/03/2011 | 11:26.

    Ela tem razão?? Não podemos dizer que ela é infeliz… mas ela ta precisando de homem na vida dela… Um homem bem viril!!

    Responder

    • Prigueh disse em 05/03/2011 | 10:29.

      Gostaria de saber, sr. Moreira, se fosse um homem que tivesse feito o comentário.

      Tem uns nego aqui que adoram falar que a mulher precisa de homem, como se homem fosse necessário pra mulher ser inteligente (fato que não podemos negar).

      Ela pode ter um homem E AINDA ASSIM achar que o Carnaval é uma excelente festa, mas que deveria ser PARA TODOS, não só para os gringos ou elite que tem dinheiro para usufruir das festas.

      Menos machismo, por favor. Afinal, tamanha asneira não quer dizer que o senhor não tenha uma mulher, não é?

      Responder

  • Marcelo disse em 05/03/2011 | 11:27.

    Nossa, dizer que ela é triste, depressiva e maluca e só pq ela disse a pura verdade do “carnaval”.

    huauah, a verdade doi mesmo……

    Sou baiano e aqui em Salvador não temos carnaval, e sim putaria pura, ahuahuah,

    “o carnaval alegre tem suas exceções mas são poucas, ex : os blocos tradicionais, isso é carnaval” [2]

    Responder

    • Heitor_HotPants disse em 05/03/2011 | 11:30.

      o seu comentario é do mesmo tipo, daqueles que falam que festa de rock so tem drogado e louco.

      Responder

      • Marcelo disse em 05/03/2011 | 11:34.

        Nada cara, eu sou rockeiro, só freqüento festa assim, dorgas e mais dorgas, rock até amanhacer, diferente do carnaval, não incomodamos ninguém uhahaahuhauhah

        Responder

  • Carlos Góes disse em 05/03/2011 | 11:38.

    Adoro essa juventude moralista que reclama trollando na Internet mas adora o Carnaval por poder ficar em casa. Se você não quer beber e curtir e prefere ficar em casa no colo da mamãe – a escolha é sua.

    Querer censurar os outros porque eles pensam de forma diferente da sua é puro autoritarismo.

    Responder

    • Israel disse em 05/03/2011 | 11:09.

      O problema não é a festa em si, mas sim o que ela gera e deixa de gerar conforme expressado pela moça do vídeo. Quem já ficou em fila de hospital, já precisou de polícia, e não teve quando precisou entende muito bem o quanto os valores estão invertidos, principalmente nessas festas. Conforme disse esse é ópio do povo, prefere continuar levando, afinal o governo te envenena com festas libertinas, melhor se conformar.

      Responder

  • Otavio Ribeiro disse em 05/03/2011 | 11:41.

    Opinião é opinião e pronto… eh isso que ela pensa.. eu concordo e discordo… Ja curti muito carnaval, mas as melhores lembranças de minha vida não vem dessas festas não… Hoje no carnaval eu pego minha esposa, entramos no carro e vamos pra um lugar bem tranquilo só nos 2…. Temos 1 lua de mel por ano.. pra mim eh o melhor feriado do ano.. Viva o carnaval do seu jeito… Cabe a cada um decidir aquilo que lhe faz feliz…ela não gosta de carnaval, e pode ser feliz do jeito dela… Parabens pela postagem flavio, seu blog é sem duvida um dos melhores hoje em dia…

    Abraço…

    Responder

  • Jackson disse em 05/03/2011 | 11:44.

    HUAWEHUWHUAWHUH’ O pior é que tudo que ela falou é verdade,to com tigo!

    Responder

  • zezão disse em 05/03/2011 | 12:09.

    concordo com o Jorginho. faltou informar quem é a moça, quando fez esse depoimento e que emissora é essa.

    ela só falou verdades e merece reconhecimento!

    já gostei do carnaval, mas hoje em dia ele só tem sido sinônimo de bacanal e lucro para uns poucos como políticos safados além daqueles que a moça citou.

    Responder

  • WD disse em 05/03/2011 | 12:33.

    nunca ouvi tanta asneira.

    acabe então com todos os eventos recreativos do mundo;
    se mate de trabalhar;
    diga a um argentino que o tango tbm não é de origem argentina e sim no uruguai.
    não viva um amor intenso;
    viva pra ser feliz somente se tiver dinheiro;
    viva dentro de uma pokebola.

    se vc for feliz assim eu sigo essa opinião

    Responder

    • Alexandre Pacci disse em 05/03/2011 | 01:26.

      Concordo!
      O comentário da jornalista é no mínimo superficial, medíocre e tolo.
      Atacar o carnaval é covardia.
      Nota-se o pouco conhecimento da jornalista.
      Por outro lado, acho pouco inteligente, parar o país por mais de cinco dias. Isso ela não citou.

      Responder

    • guilherme disse em 05/03/2011 | 07:04.

      parece uma boa sua ideia

      Responder

  • Aleph Kasdan disse em 05/03/2011 | 12:38.

    Infeliz é aquele que precisa ficar 4 horas num engarrafamenbto para chegar em casa às custas do Carnaval. E este infeliz sou eu. Carnaval é a única diversão anual do pobre que dura mais de 1 dia e dos ricos que só estão lá para melhorar a sua própria imagem ou fazer uma grande putaria. Se carnaval fosse bom, não termina em “cinzas”.

    Responder

    • Johnson disse em 05/03/2011 | 01:15.

      “Se carnaval fosse bom, não termina em “cinzas”.”

      depois que vc morrer vc vai virar o que msm?
      olhando pela sua ótica então vc tb não é bom!
      é simples…

      Responder

      • Marcelo disse em 05/03/2011 | 02:18.

        E por acaso tu sabe se o cara vai ser cremado ou enterrado? “Cinzas”, só se for cremado.

        Responder

  • Alice Cordeiro disse em 05/03/2011 | 12:43.

    ave maria..
    Criaturinhas do além..
    vcs só sabem reclamar!! ta loco..
    o blog é do Lamenza e ele faz o que ele quer.
    aqui mesmo antes de comentar ja diz tudo
    1. O Flavio Lamenza tem sempre razão.

    Responder

    • Israel disse em 05/03/2011 | 11:11.

      Grandes bobagens

      Responder

    • Troll iniciante disse em 06/03/2011 | 08:33.

      BABA OVO…

      Responder

  • Marcos Amilton disse em 05/03/2011 | 01:07.

    “Ela é inteligente. E você …..não é.” (3)

    Responder

  • Tiago de Mattos disse em 05/03/2011 | 01:08.

    Acabei de perceber que a sua regra nº 1é furada… você não tem nenhuma razão para dizer que ela não é feliz… apesar de saber que você só tentou fazer uma piada… triste… tudo sobre este post é triste

    Responder

    • Mateus disse em 05/03/2011 | 01:17.

      Falou tudo, cara!
      Flávio, vc deve viver preso nesse mundinho camuflado de “felicidades”, enquanto isso que ela falou, é a mais pura verdade.

      Responder

  • biiA-XX disse em 05/03/2011 | 01:19.

    Ou será que vc só fez essa piadinha sem graça, porque a moça é paraibana?

    Responder

  • Victor disse em 05/03/2011 | 01:26.

    O que ela disse sobre a festa em si pode até ser boa (exceto pelas músicas), mas o que acontece por trás disso tudo e que a mídia não revela é terrível.

    Concordo com a Jornalista.
    Flávio, mas ao ignorar o comentário dela, você só faz contribuir para essa porcaria que tá o carnaval hoje em dia.

    Abs

    Responder

  • Juninhu disse em 05/03/2011 | 01:39.

    o discurso da jornalista foi tão ruim, que até agora os comentarios não cessaram e o fllavio não disse nada.

    Responder

    • Lks disse em 05/03/2011 | 09:43.

      o q? já tá bebado? o flavio nao disse nada? Ele só menosprezou as opnioes contrarias a dele. Com uma unica frase.

      Responder

  • lucy disse em 05/03/2011 | 01:41.

    ela está certa em partes, o problema das ambulancias etc, é simplesmente porque o brasileiro nao sabe votar. E nao sabe votar porque nao sabe pensar. E nao sabe pensar porque o país nunca investiu em educaçao. E o país nunca investiu ou vai investir em educaçao, porque quer o povo burro, para continuar manipulando e roubando todos.

    Responder

  • Carlos disse em 05/03/2011 | 02:04.

    Flavio Lamenza…lamentavel dizer que ela é triste por falar coisas absurdamente certas. Concluimos então que vc é feliz por dizer besteiras. Carnaval em uma analise fria é exatamente o que ela diz…infelizmente.

    Responder

  • João disse em 05/03/2011 | 02:10.

    Vocês estão julgando uma pessoa por um comentário…
    Sem o Flavio não teria visto o video, então, obrigado, mesmo você não achando ela uma pessoa feliz.
    Não está de todo errado, porque a verdade é triste, ela mostra a fraqueza moral que nossa sociedade tem vivido.

    Responder

  • Janaína disse em 05/03/2011 | 02:14.

    irônico demais um BLOGUEIRO (tradução = nerd) querer pagar de folião. Flávio, fala a verdade, você vai passar o carnaval com a cara no seu PS3.

    Responder

  • Renan Brandão disse em 05/03/2011 | 02:22.

    Quem não tem Carnaval,não pode saber Como é O Carnaval.
    É CARNAVAAAAAAAAAAAAAAAAAL o/

    Responder

  • Fábio disse em 05/03/2011 | 02:23.

    Pobre de espírito é quem pensa que aquilo que o diverte é a única forma de diversão que existe.
    Flávio, quer dizer que se um americano te disser que você é infeliz porque não faz o “trick ou treat” no halloween ele vai ter razão?
    Cada um se diverte como quer. Eu odeio samba, carnaval, axé e tudo que tem a ver com esse tipo de música e diversão. Nesse feriado, prefiro mil vezes viajar pra alguma cidade mais fria e curtir um belo churrasco com família e amigos, mergulhados na nossa “infelicidade”.

    Responder

  • gabriel disse em 05/03/2011 | 02:29.

    concordo em partes. o carnaval não é bem assim. o carnaval é uma festa muito democrática. só na bahia se paga fortunas pra sair atras do trio, aqui no rio é grátis.

    Responder

  • gabriel disse em 05/03/2011 | 02:30.

    jornalista sendo demetida por falar a verdade em 3, 2 …

    Responder

  • Thaysa disse em 05/03/2011 | 02:30.

    Pobre de espírito é quem pensa que aquilo que o diverte é a única forma de diversão que existe.[2]

    disse tudo Fábio!

    Responder

  • João Paulo disse em 05/03/2011 | 02:32.

    Ja dizia o grande Lobão na música “A queda”:
    “Nada como um sorriso burro e paranóico, para não perceber a velocidade terrível da queda”
    É senhor chongas, de formador de opinião inteligente, passou para um folião wannabe.
    Pare e pense(se você ainda tem essa capacidade) o que você criticou.
    Já não entro mais nesse blog, aqui foram sepultadas idéias contestadoras para nascer uma micareta eterna.

    Responder

  • EliseuMan disse em 05/03/2011 | 02:43.

    Essa mulher é o cara , concordo plenamente com oque ela citou. Foi apenas a verdade que muitos nao querem enxergar. É isso ae vivam o carnaval :)

    Responder

  • Mandrião Parlapatão disse em 05/03/2011 | 02:51.

    não vi nehuma verdade contundente nesse editorial que ela acabou de ler… todos esses eventos que ela citou – acidentes provocados por motoristas embriagados, lesões corporais provocadas em razão de agressões físicas, ocorrência de gravidezes indesejadas, contaminação por doenças sexualmente transmissíveis, etc.- acontecem o ano todo não apenas no Brasil, mas NO MUNDO TODO. ou seja, não são causadas em virtude da comemoração desse período festivo que se convencionou chamar de carnaval. o problema não está na realização desses eventos, está no mau comportamento do ser humano (e no caso particular do Brasil, na omissão do poder público em suprir as necessidades básicas do povo brasileiro, negando-lhe o direito de ter um serviço de saúde eficiente e segurança pública).

    Responder

    • Lks disse em 05/03/2011 | 09:40.

      Acontece que no carnaval é permitido o ser humano ter mau comportamento.

      Responder

  • Marcão Barreto disse em 05/03/2011 | 02:52.

    Só um recado pra esse pessoal que fica indignado com a opinião do Flávio: qual cadeira da Academia Brasileira da Letras que ele ocupa? Ou será que vocês levam demais a sério a opinião de um zé ninguém que apenas criou um blog e publica imagens copiadas do google?
    Isso é efeito da inclusão digital e a criação de pseudo-celebridades.

    Responder

    • Linhares disse em 05/03/2011 | 09:24.

      Deixe eles se sentirem superiores, faz bem para o ego deles.

      Responder

  • Carol disse em 05/03/2011 | 02:56.

    Aposto que na época dela de carnaval ela zoava à beça, enchia a cara e fazia xixi na rua! Mas aí ela conheceu Jesus…

    Responder

  • Carol disse em 05/03/2011 | 02:57.

    ALIÁS, QUE PORRA É ESSA DE JORNAL ONDE A ÂNCORA DIZ O QUE ELA ACHA? AH TÁ, ELA É UMA ÓTIMA JORNALISTA MESMO.

    Responder

    • Marcão Barreto disse em 05/03/2011 | 03:09.

      Quantos 11 anos você tem?

      Responder

    • Folha Seca disse em 05/03/2011 | 03:50.

      Nunca ouviu falar em “Editorial”.

      11 anos? Affe… Minha priminha de 10 entendeu que se trata de um “Editorial”.

      Eu digo que a Carol tem BEM menos…

      Responder

  • valdolopes disse em 05/03/2011 | 03:07.

    Ela foi chifrada no carnaval…CERTEZA!!!!!!!

    Responder

  • gabrielwahl disse em 05/03/2011 | 03:07.

    aliás, de nada vai adiantar discussão aqui.
    a regra no Brasil é simples: se você não gosta de carnaval, é porque você é um forever alone que não faz festa e não tem amigos. ponto.
    esse é o argumento das pessoas que curtem loucamente um feriado (talvez, as mesmas pessoas que dizem que o ano só começa depois do carnaval)
    pra mim, o carnaval atual é só mais uma das coisas que me envergonham nesse pais, só não me envergonham mais do que a ‘população miserável’ que acha que o governo está fazendo um trabalho super bondoso “disponibilizando” e financiando uma “festa” dessas. minha concepção de ‘festa’ é bem diferente, mas enfim, já morreu gente nesse carnaval, pelo menos onde eu moro, e vai morrer ainda mais. e vai continar assim. e a imagem que o país tem, tá indo pelo mesmo caminho.

    Responder

  • Robs disse em 05/03/2011 | 03:08.

    Na verdade o que ela está fazendo é citando todos os pontos negativos que o Carnaval produz e pô, ela tá certa. Pessoal se ofende com pouco na Internet ultimament. Mas ainda assim curto bastante a festa, não a culpo especificamente, porque o maior responsável por essas mazelas são as nossas políticas públicas deficientes e a nossa irresponsabilidade social que é vigente todos os dias do ano.

    Responder

  • Vitor nunes disse em 05/03/2011 | 03:10.

    ah vá se fuder , partiu banda de ipanema!!!

    Responder

    • Marcão Barreto disse em 05/03/2011 | 03:13.

      Típico comentário de carioca maconheiro

      Responder

      • gabriel disse em 05/03/2011 | 05:18.

        tipico comentário de paulista invejoso

        Responder

      • Marcão Barreto disse em 05/03/2011 | 06:13.

        Fico pensando no que o paulista teria inveja do carioca. Arrastão? Funk? Tráfico?

        Responder

      • Vitor nunes disse em 06/03/2011 | 02:14.

        pensamento de gente merda , xenófaba, que não entende que uma pessoa tem todo o direito de expressar a sua opinião, inclusive a sobre a opinião de outra pessoa!! banda de ipanema do caralho…

        Responder

    • Elcio disse em 05/03/2011 | 05:38.

      Típico comentário de gaúcho nervoso.

      Responder

  • renan disse em 05/03/2011 | 03:35.

    Vida de blogueiro é facil…. fica o dia inteiro na cadeira pra fazer 3 no maximo 4 post por dia ?
    Tambem concordo cada palavra da moça do video… Provavelmente Flavio, vc deve estar rindo de todos os comentarios… chamando todos de manés… Sempre acompanhei esse blog, e digo que alem de um post infeliz… foi preconceituoso. Respeite um pouco mais as opiniões dos outros e por favor…. larga mao desse preconceito !!!

    Responder

    • Gustavo disse em 05/03/2011 | 04:48.

      Apoiado

      Responder

  • Ani disse em 05/03/2011 | 03:50.

    Eu concordo plenamente com ela!

    Responder

  • Gutierrez disse em 05/03/2011 | 04:12.

    Carnaval é o aaantro do demônio!! õ_/

    Responder

  • OGarfo disse em 05/03/2011 | 04:13.

    Ela está correta. Falar o que muitos nao tem capacidade nem coragem de defender e pensar, afinal o carnaval é bem isso o que ela comentou, parabens Rachel,… mas enfim… concluindo… foda-se… vou pra avenida

    Responder

  • Chaim disse em 05/03/2011 | 04:14.

    Vendo Variant modelo 73 em otimo estado. Cor indefinida.
    Desce ladeiras que eh uma maravilha.
    Interessados favor entrar em contato comigo.

    (ja que esse assunto ta popular! hehe)
    Flaviao, otimo video, comentario nao muito feliz.

    Abraco!

    Responder

  • Rodrigo disse em 05/03/2011 | 04:42.

    Boa flavio, um dos melhores posts. E o que ela disse pode ser estendido para o ano todo.

    Responder

  • alexandre disse em 05/03/2011 | 04:44.

    Ela tem cérebro…
    .
    .
    .
    Voce nao.

    Responder

  • Cadu disse em 05/03/2011 | 04:48.

    E só por isso ela não é feliz?

    Aaaah que que é isso!

    Responder

  • Laudemir disse em 05/03/2011 | 05:09.

    Uuuhhuuuu Disse tudo!! Show, me tornei fã dessa mulher!! hehehehe
    Há mtos anos o carnaval deixou de ser uma festa e tornou-se um comercio, promovido não para trazer alegria aos fuliões, mas para ganharem dinheiro, sei que há pessoas de bem q conseguem um divertimento sadio, sem brigas, sem bagunças, mas essas mesmas pessoas de bem acabam sendo vitimas de uma maioria que querem bagunça, sexo, bebidas e mtos querem tbm drogas, afinal é por isso que o carnaval da tanto dinheiro. Respeito quem goste, eu ja gostei, mas hj minha opinião referente ao carnaval mudou totalmente após uma pequena e rápida analise. Mas é isso ai, divirtam-se do jeito de vcs que eu vou passar momentos felizes dormindo, já que felicidade é relativo ao que cada um almeja para sua vida, então, se vc é feliz de um jeito ou posso ser igualmente feliz do meu jeito.

    Responder

  • Fernando Lima disse em 05/03/2011 | 05:23.

    Olha essa mulher, deve ser evangélica daquelas neuróticas, que tudo é ruim e proibido.
    Do jeito que ela pensa a vida, o melhor é cortar os pulsos e se matar, porque tudo é ruim, nada presta, só faltou dizer que carnaval é festa do capeta, que as pessoas que gostam de carnaval são filhos do demo… por favor… pegar as coisas só pelo lado ruim, é coisa de gente que quer aparecer, e ela conseguiu, porque ninguem sabia nem quem era ela, agora conseguiu seus 3 dias de fama… na 4ª feira cinzas ela volta pro anonimato de onde nunca devia ter saido.

    Responder

  • Klevia disse em 05/03/2011 | 05:35.

    Eu concordo em grau e gênero com o q ela falou. A indignição-mor dela é o fato do pessoal não saber aproveitar a festa. E olhe que o carnaval daqui de João Pessoa – PB, ainda é civilizado se comparado com outros q vi em Pernambuco e Bahia.

    Responder

    • Edilson disse em 08/03/2011 | 04:48.

      tu sabe de nada!!

      Responder

  • Elcio disse em 05/03/2011 | 05:41.

    É preciso levar essa mulher pruma sessão de descarrego. Ela tá possuída.

    Responder

  • Débora disse em 05/03/2011 | 05:46.

    Meu, sou fã dela agoraaaa…
    Ela é Foooooda…
    Disse tudo que muita gente (o Brasil) não tem coragem de admitir!
    =)

    Responder

  • Leandro disse em 05/03/2011 | 06:09.

    Precisamos de pelo menos mas “5 milhões” de cabeças como esta, ai sim teremos resultados!
    Parabéns!

    Responder

  • Luis Schimit disse em 05/03/2011 | 06:12.

    Concordo plenamente com ela… Quem dera tivesse mais pessoas no Brasil com coragem de expor seus pensamentos, mesmo incomodando a grande maioria que é adepta ao pão e circo.
    Parabéns!!!

    Responder

  • Carioca disse em 05/03/2011 | 06:21.

    Achei que este site fosse mais inteligente.
    Sempre entro pra rir, mas dessa vez me decepcionei…

    Responder

  • Willian disse em 05/03/2011 | 06:32.

    Nunca postei comentários aqui ou em qualquer outro blog…mas senti necessário dessa vez por discordar totalmente de foi escrito…dizer que ela ñ é feliz por falar algumas verdades sobre o carnaval?
    Achei que este site fosse mais inteligente.
    Sempre entro pra rir, mas dessa vez me decepcionei…[2]

    Responder

  • Juliano disse em 05/03/2011 | 06:38.

    Achei que este site fosse mais inteligente.
    Sempre entro pra rir, mas dessa vez me decepcionei…[2]

    Responder

  • Edilson disse em 05/03/2011 | 06:40.

    Sinto vergonha de ser Paraibano “quando aparece esse tipo de gente” “esculhambando” a alegria dos outros, vai essas festas quem quer. Acho que ela se arrepende porque ela nunca pegava ninguem. kkkkkk

    Responder

    • Ducilene disse em 07/03/2011 | 03:18.

      Engano seu, eu não quero e tenho que ficar aqui esperando o carnaval acabar para poder trabalhar, então aí todos vcs que gostam de carnaval vê se deposita uma grana na minha conta para eu passar o carnaval, pois dependo do comércio e bancos para trabalhar, poderiam colocar pelo menos o carnaval logo depois do final do ano (dias 1,2,3,4)…

      Responder

  • Rodrigo Vicentini disse em 05/03/2011 | 06:45.

    dessa vez i flavio foi mt infeliz no comentario….

    nao discordo de nada do que essa reporter falou, é a mais pura verdade… e outra faltou coisa, faltou dizer q é nessa epoca q os politicos deixam pra meter a mão na grana, pois todo mundo só ta afim de beber e sambar mesmo, e a destruição do patrimonio publico? e a falta de educação de quem ta brincando? o povo aqui mija em qualquer lugar na frente de qualquer um… lixo na rua? acho mais certo é falar q tem “rua naquele lixo”

    Responder

  • Klevia disse em 05/03/2011 | 06:47.

    Edilson…, vergonha de existirem paraibanos como você….

    Olha q comentário de descerebrado! Ela não está esculhambando a alegria alheia, e sim esculhambando o fato de o carnaval não ser uma festa para “todos”. Onde a maioria se diverte “além da conta” causando acidentes e estragando a festa alheia. E ao fato dela não pegar ninguém, DUVIDO! Ela é linda e inteligente, e não é para o naipe de caras como você!

    Ah… e se vc não percebeu que ela está certa, ou você é um VALENTÃO, ou adora o melô da mulher maravilha…

    Responder

    • Edilson disse em 06/03/2011 | 09:46.

      O carnaval eh festa para todos em sí. Agora blocos de carnaval é uma coisa a parte. Ex. saúde é para todos mais existem os planos de saúde que quase ninguem pode pagar. (comparação)

      Responder

      • Edilson disse em 06/03/2011 | 09:46.

        Ps. e não sou metido a valentão..

        Responder

  • Daniela disse em 05/03/2011 | 06:48.

    Parabéns à jornalista, até que enfim alguém falando sobre outra realidade do carnaval, que não somente “coisas lindas” como a mídia tenta passar ao “povão”. Faço delas as minhas palavras…e olha que sou bem feliz!

    Responder

  • l3on disse em 05/03/2011 | 06:58.

    Incrível. Tanto como você, sr Flavio, foi infeliz na sua colocação; a opinião da apresentadora, verídica e sincera; o texto do ‘jorginho’ e a articulação dos comentários aqui em quase um dia.

    Esse sim acho que foi o melhor post que esse blog já teve.

    Responder

  • Daniel disse em 05/03/2011 | 07:16.

    A jornalista falou tudo! Parabéns!

    Responder

  • Veronica disse em 05/03/2011 | 07:27.

    Totalmente sã. Ela falou a pura verdade, e eu acredito que ela deva ser feliz sim.

    Responder

  • Vine disse em 05/03/2011 | 07:33.

    Caralhowww

    Recorde de Comentarios!

    Essa e a opiniao do cara, vao reclamar com o bando de Politicos Ladroes e nao com o cara que gosta de carnaval!

    E eu nao gosto de carnaval, mas eh so nao ligar a Tv hahahahahha!

    Responder

  • fernando disse em 05/03/2011 | 07:35.

    Na internet pega leve galera
    Eu também não gosto de carnaval mais não vou criticar o Flavio eu acho que ele quis fazer humor e ninguém entendeu a piada eu acho que ta na hora de mais um vídeo Flavio a galera não perdoa uma

    Responder

  • sara ellen disse em 05/03/2011 | 07:38.

    será que eu fui a unica que interpretou o que o chongas disse como sarcasmo?

    acho que ela nao é feliz por estar toda revoltada, só isso UIAHDUISAHDUSAH

    Responder

  • Gaybs disse em 05/03/2011 | 07:40.

    Nunca vi o blog do Sr. Chongas com uma discursão tão acalorada!
    É bom ver que por mais que esse seja um blog de humor, uma parte das pessoas também tem conteúdo para defender seus pontos de vista e argumentar com coerência os comentários dos coleguinhas.
    Claro que não são todos, mas uma boa parte.
    O Sr. Chongas deveria se orgulhar de ter colocado esse vídeo polêmico e revelador .
    Revelador não só por mostrar o que acontece no carnaval, mas também por ilustrar o calibre do público que acompanha esse blog.

    ;D

    Responder

  • Space Ghost disse em 05/03/2011 | 07:51.

    Eu fico feliz que boa parte dos leitores concordaram pelo menos em parte com a repórter. Talvez pq o teve o Jorginho dando na orelha logo no começo.

    Quer curtiro carnaval? Curte! Mas…

    não beba pra passar mal e dá trabalho pra bombeiros e seus amigos.
    não beba loucamente e pegue um carro pra causar acidentes.
    use camisinha pra não pegar AIDS nem perebas no piru ou xaninha.
    priorize a diversão, mas se vc insistir em brigar tomara que apenhe.

    Responder

  • leandro AGACÊ disse em 05/03/2011 | 07:55.

    Concordo com a Jornalista. Quem tiver oportunidade de ir passar uma temporada de carnaval na paraiba e depois uma temporada de vida la vao ver que a situ da galera la nao é facil. A mina é tipo Arnaldo Jarbor mode-on!

    Responder

  • Vrilows disse em 05/03/2011 | 08:03.

    Caraio, essa lora né burra não. Vocês deveriam abrir os olhos para a verdadeira realidade no Brasil e ver que essa festa como muitas outras coisas nesse país (que não merecem serem citadas agora) só servem para nos distrair dos problmas dessa missera sociedade.

    Responder

  • Carioca disse em 05/03/2011 | 08:09.

    Ah.., já ia me esquecendo:
    Agora só vou ver o Kibeloco, o Jacaré Banguela e o Mundo Canibal.

    Responder

    • Leo* disse em 05/03/2011 | 08:14.

      O mundo sentirá sua perda. RIP

      Responder

      • Carioca disse em 05/03/2011 | 08:34.

        boa…

        Responder

  • Rodolfo disse em 05/03/2011 | 08:14.

    Realmente. Feliz daqueles que não pensam, daqueles que seguem obedientes as regras do jogo, feliz daquele que consegue, em seu momentinho pessoal de felicidade, desconsiderar todas as questões que dizem respeito a todos, feliz daquele que acredita que o carnaval é um período de felicidade nacional, não acho nada mal ser considerado triste, prefiro isso a ser um homem adestrado, dócil, cego e mudo, quando alguem resolve utilizar um espaço midiático de grande alcance para dizer fatos indiscutíveis torna-se alvo de piada, o que a jornalista destacou sim tem a ver com todos nós, mas realmente é mais feliz o que nega, o escapista.

    Responder

  • Eddie disse em 05/03/2011 | 09:05.

    Concordo Coma Jornalista, pra mim ela merece um premio.
    Quem vai nesse lugar que não é feliz.
    lugar feio com monte de gente feia, suada se roçando uma na outra, vai se fu## com carnaval.

    Responder

  • lilian disse em 05/03/2011 | 09:12.

    Galera, o Flavio deu uma zoada infeliz na jornalista mas não precisamos exagerar, afinal, esse mesmo Flavio fez e faz comentários pertinentes sobre outros temas. Quanto ao comentário dela concordo, o povo brasileiro só se organiza pra festejar, sei lá o q!

    Responder

  • Vanessa disse em 05/03/2011 | 09:17.

    CORRETÍSSIMA!!!
    Já se sente no direito de julgar quem é ou não feliz, FLÁVIO? Sem conteúdo, apenas copia de blogs o que posta!!! Aff..

    Responder

  • juju disse em 05/03/2011 | 09:17.

    Sabias palavras,ate que enfim um jornalista teve coragem de falar a verdade sobre esse lixo de carnaval. Parabéns

    Responder

  • DuduAlves disse em 05/03/2011 | 09:24.

    Não aceitou o comentário porque Lamenza??? Caiu no meu conceito… Vou pro jacaré banguela, adios!

    Responder

  • Rafaela C.M. disse em 05/03/2011 | 09:50.

    Assim eu poderia ficar depressiva.. mas não! É CARNAVAL!!

    Responder

  • Renan Pendragon disse em 05/03/2011 | 10:04.

    Perfeita!!!

    Responder

  • Cindy disse em 05/03/2011 | 10:05.

    é… esse post deu o que falar!! kkkkkk

    Responder

  • Cezar Augusto disse em 05/03/2011 | 10:27.

    Ela está com certeza mais que certa!
    Se isso não é ser feliz, eu digo: essa é a realidade do nosso pais.
    Então o nosso país ainda não sabe o que é ser feliz.

    Responder

  • Daniel Soares disse em 05/03/2011 | 10:30.

    ADOREI esse vídeo da Rachel Sheherazade, ela tem argumentos e é tudo verdade.
    Parar o País para Celebrar o Carnaval, é lamentável.
    e o Sr. Lamenza deu a entender que só é feliz quem Curte o Carnaval. Gostaria que o Flávio comentasse algo a respeito, e como nosso amigo Jorginho disse não venha com essa de que foi “sarcasmo” ou “piadinha”.

    Responder

  • Pablo disse em 05/03/2011 | 10:32.

    Concordo plenamente com a moça.
    Carnaval é festa de rico e artista da globo. O folião da pipoca sofre mais a cada ano por falta de entretenimento gratuito.
    Pra quem está dentro dos blocos privados, maravilha. Pra quem fica do outro lado da corda só empurra-empurra, brigas, furtos e assaltos.
    O cidadão perde o espaço público das ruas e das calçadas, que ele mantem pagando seus impostos, transformadas em palco para os trios passarem e para os camarotes respectivamente. As portas de seus estabelecimentos e residências são transformados em banheiros a céu aberto e depósito de latas e outros lixos provenientes do consumo exagerado das pessoas que perdem a civilidade no carnaval.
    Não há como negar que o carnaval virou uma festa para ricos. Se tornou um negócio tão rentável, que proporcionou o aparecimento da mulher mais rica do país.
    E assim morre o verdadeiro carnaval, onde todos deveriam ser iguais e compartilhar da mesma alegria. Esquecer os problemas do dia-a-dia e por uma semana poder celebrar o simples fato de estar vivo e poder ser feliz sem precisar pagar por isso.

    Responder

  • Mari disse em 05/03/2011 | 10:36.

    Ela está mais que certa. Carnaval traz mais coisas ruins do que boas. Se essa merda não existisse seria muito melhor. Principalmente porque não precisaríamos ouvir axé contra nossa vontade.

    Responder

  • Fabricio disse em 05/03/2011 | 10:51.

    Poisé, Concordo plenamente com o conteudo apresentado pela jornalista, afinal, é a pura verdade.
    Discordo do jorginho, é bom ler um livro? É! mais acho que cada um gasta seu tempo com oque achar certo. Voce gosta de ler, ótimo, Ele gosta de fazer outras coisas e ai?? Ele é feliz com o blog dele voce feliz com seu livro! FATO!

    Agora penssem, Talvez um ou outro vão ver esse video e vão falar: Balela, essa moça ta falando lorotas! Ok, mais talvez um dia essa pessoa amadureça e pensse diferente, e talvez até lembrem oque foi dito pela jornalista e concorde com ela, afinal, ela ja foi jovem, ja brincou, divertiu e concerteza ficou chapada varios dias, mas olhem la, cresceu, amadureceu, e viu o lado certo.

    É isso ae!
    abraço!

    Responder

  • Marcão Barreto disse em 05/03/2011 | 10:58.

    O Flávio apaga comentários que são contrários ao que ele pensa. Sabe aquele moleque tosco e mimado do condomínio, que ninguém gosta porque se acha o dono do mundo? Taí.

    Responder

  • Marcão Barreto disse em 05/03/2011 | 11:01.

    Essa de dizer que foi sarcasmo não cola mais. Sempre que acontece um revés nos comentários os fãs acéfalos correm em defesa do blogueiro, dizendo que ele foi sarcástico. Como dizia Raul: “tente outra vez”.

    Responder

  • daniel disse em 05/03/2011 | 11:04.

    po flavio, mandou mal. Mas tu ainda tens credito

    Responder

  • Tarcísio disse em 05/03/2011 | 11:15.

    Que cagada em Flávio, podia ter passado o feriadão sem essa heim? Como disseram acima, com a opinião dos outros (da jornalista), pega leve. Cagaste meu rapaz!

    Responder

  • vinnie disse em 05/03/2011 | 11:40.

    ah minha querida, eu quero que você se foda!
    eu vo curti meu carnaval e não to nem ai pra você não! kkkk

    Responder

    • Marcão Barreto disse em 06/03/2011 | 12:28.

      Já deve ter dado pra 5 hoje, hein?

      Responder

    • Prof. Pasquale disse em 06/03/2011 | 12:54.

      Fofa, só uma dica, vê se dá uma melhorada no seu português, que tal voltar a estudar depois do carnaval, se é que você já fez isso antes? Ah! não esqueça de usar preservativos, não por você, mas pelos outros fuliões.

      Responder

      • Molina disse em 06/03/2011 | 01:28.

        hahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahaha. “Fuliões” Pow, pasqualete, quando sair da esquina, do ponto, chama a vinnie pra irem pro mesmo cursinho.

        Responder

      • Pablo disse em 06/03/2011 | 12:55.

        Pasquale Fail!
        HAUhUAhUAHuHAuHAuhUAhUAHuHA

        Responder

  • Leo Master disse em 06/03/2011 | 12:08.

    A menina tem razão em alguns aspectos,assim como o rapaz também tem razão em outros!

    Responder

  • Rodrigo disse em 06/03/2011 | 12:43.

    Esse tanto de comentários para um post falando de CARNAVAL… Porra, o Brasil tá fodido mesmo!

    Responder

    • Lazaro disse em 06/03/2011 | 09:44.

      Parece que vc nem viu o video.

      Responder

      • Rodrigo disse em 10/03/2011 | 02:02.

        Eu vi o video e vi que é uma crítica ao CARNAVAL… Mas para mim o carnaval é uma merda tão grande que não merece quase 600 comentários… Nem quando se fala bem ou mal dele. Tem coisas mais importantes para lutarmos contra no Brasil do que um porcaria de uma festinha que só serve pro povo parar de trabalhar!

        Responder

  • Paulo disse em 06/03/2011 | 12:59.

    Ela fala como se os problemas sociais no Brasil ocorressem em função do carnaval. Brasília todo ano aprova salários maiores para os órgãos públicos, desvios de verbas, falta de segurança, educação, saúde. O vídeo está mais relacionado com os problemas sociais e a estrutura do capitalismo do que o carnaval em si. O que esse povo tem que entender que a desigualdade social sempre vai existir, está achando ruim? Vai morar em Cuba. E sim o carnaval é uma festa popular, se não , não seria aberta a todos os públicos , quem quiser pode ir de graça. Se quer como exemplo, Carnaval em Diamantina – MG , apesar da existência de blocos e camarotes, a maioria dos foliões ficam na rua e se divertem da mesma forma.

    Responder

    • Molina disse em 06/03/2011 | 01:30.

      Valeu Paulo. Ótimo post.

      Responder

    • Pablo disse em 06/03/2011 | 01:22.

      sim, ainda há carnavais do povo mas tem lugares que não tem essa opção. É o caso do carnaval de Salvador, a festa deixou de ser democrática e passou a ser um comércio, uma festa pra os donos dos blocos e camarotes, uma batalha de quem vai emplacar a música mais chata e grudenta na cabeça do folião.
      Concordo que os problemas são muito mais abrangentes do que o carnaval em si. Desigualdade sempre existiu e sempre vai existir, mas pera lá, ainda podemos ser desiguais e mesmo assim manter-mos o respeito uns pelos outros e reservar o direito de cada um curtir a festa. Não precisamos nos mudar pra Cuba se entendermos que não precisamos ser iguais pra termos os mesmos direitos.

      Responder

    • andre disse em 06/03/2011 | 03:23.

      paulo, são problemas sociais que deveriam ser o foco da atenção do governo, não carnaval, copa do mundo e olimpiadas. Desigualdade social sempre vai existir? Vai mesmo, mas não precisa ser nos níveis abismais que nós temos no brasil. Sobre “carnavais populares” algumas cidades ainda os mantêm, mas fique ligado, não é todo lugar que funciona como em diamantina. E eu estou falando de cidades pequenas e grandes.

      E acho patético o “acha ruim? vai pra cuba!” ou coisa do gênero, sou tão brasileiro quanto qualquer um, pago impostos e tenho o meu direito de expor o que penso. Não tá satisfeito com a minha opinião? Paciência, eu aceito a sua numa boa.

      Responder

  • Masterson disse em 06/03/2011 | 01:50.

    (Minha humilde opinião) – O Flávio quando postou o vídeo talvez pensou que o pessoal iria cair matando pq a jornalista manifestou opinião contrária ao carnaval, e por isso já se adiantou colocando o tal comentário, como querendo dizer: olha, eu não sou a favor dessa opinião não heim. Pois o tiro saiu pela culatra e soou infeliz, aliás, como disseram antes, quem manda ter leitores que pensam. Essa soou tão mal que o seu silêncio só vem a corroborar Flávio. Não te julgo por ter opinião a favor do carnaval, mas dizer que quem não entra na dança é infeliz foi demais.

    Responder

    • val disse em 07/03/2011 | 01:56.

      ótimo

      Responder

  • Fabio VM disse em 06/03/2011 | 04:23.

  • Dr Doom disse em 06/03/2011 | 06:07.

    É isso o que acontece com as mulheres que não rebolam nesse país, aprendem a pensar e viram até presidenta! São mais dedicadas que os homens quando se dispõe a estudar.

    Concordo com ela em tudo, a única coisa é que eu já desistir de lutar contra a maré, não repito essas palavras, simplesmente espero o carnaval passar como espero a tempestade passar…

    Responder

  • Bruno Batista disse em 06/03/2011 | 09:16.

    O lazaro, não sou de classe media não, so achei um pouco exagerado pois estava entender o outro ponto de vista(coisa que tbm é importante), moro muito perto de Salvador, que vc’s já devem saber, recebe a maior festa de rua do planeta, no video o jornalista disse que, na Carnaval tem ambulancia de sobra para neguinho bebado que leva murro na cara por ta arranjando confusão, e falta para quem é trabalhador CERTÍSSIMO!, mas tambem ha pessoas que passam mal de verdade no carnaval, muitas vezes por não estarem preparadas para tanto calor humano no mesmo local, SO DISSE QUE ACHEI UM PONTO DE VISTA UM POUCO EXAGERADO PQ ELA GENARALIZOU DEMAIS AS COISAS COMO SE NÃO TIVESSE UMA PORCENTAGEM DE PESSOAS COM RAZÃO, ELA É BEM PEQUENA ACHO QUE NÃO CHEGA NEM A 1%, MAS TEM, CLARO QUE TODAS ESSAS AMBULANCIAS DEVERIAM ESTAR NO LUGAR ONDE AS PESSOAS PRECISAM +, MAS ELES GANHAM + POR ESTAREM LA, ENTENDEM ?

    Responder

  • Edu disse em 06/03/2011 | 10:48.

    Hahahaha
    Ela e a galera aí de cima estão putos porque tiveram que ficar em casa ou no trabalho enquanto toda a turma foi pra pegação e só sobrou pra eles “navegar na internet” hahahahahahah

    Os outros…. são sempre o inferno

    Responder

    • Masterson disse em 06/03/2011 | 01:46.

      E o que vc ta fazendo navegando na internet tbm? Loser demais vc cara…

      Responder

  • Gibraltariq disse em 06/03/2011 | 11:10.

    Não sei se você é de todo contra a opinião da jornalista, Flávio, mas acabou deixando explícito que de certa forma repudia o que ela diz. Foi uma argumentação muito bem detalhada e fundamentada em afirmações contundentes e lúcidas. Sou seu fã, mas acho que você foi muitíssimo equivocado ao dizer que você é feliz e ela não. Acabou agindo como um dos tantos brasileiros que não dá a mínima atenção aos problemas do nosso país.

    Responder

  • Leandro Evan disse em 06/03/2011 | 11:54.

    Eu concordo com o post… Mas eu vou escrever rapidinho pq naum dá pra ficar muito tempo aqui on line. Vou lá encher a cara e curtir o carnaval… Recomendo isso a todos!!!

    Responder

  • Diego HHHHH disse em 06/03/2011 | 12:01.

    acho que eu nunca vi um post com tantos comentários, realmente o Flavio errou ao dizer que a moça não é feliz, mas que é que nunca erra?
    PS: ela tem razão em tudo o que disse.

    Responder

    • Marcão Barreto disse em 06/03/2011 | 02:31.

      Cuidado quando o Flávio entrar na piscina. Você pode se afogar

      Responder

  • gustavo disse em 06/03/2011 | 12:27.

    O blogueiro é muito pretendido, acha que pode decidir quem é feliz ou nao, baseando-se tão somente no amor pelo carnaval. Acho que as pessoas podem ser felizes todo o ano, fazer a festa que quiserem e serem felizes, até mesmo se no surgirem certas práticas e certos ritmos. Tolerância à opinião alheia, seu blogueiro.

    Responder

  • gustavo disse em 06/03/2011 | 12:29.

    Quis dizer pretencioso.

    Responder

  • Filipe disse em 06/03/2011 | 12:40.

    Concordo com absolutamente TUDO o que ela disse.

    Responder

  • JONATHAN disse em 06/03/2011 | 12:43.

    primeira VEZ QUE EU NAO GOSTEI DA SUA OPINIÃO… TUDO Q ELA FALOU É VERDADE… DOA A QUEM DOER

    ps: nao estou ligando pra gramatica

    Responder

  • Cintia disse em 06/03/2011 | 12:44.

    Acho que o carnaval já foi bom e de acordo com a jornalista, hj é muito mais comercial do que um evento social para a pura e simples diversão. Hj não temos carnaval, temos músicas cujas letras não passam de um refrão medonho que não diz nada, hj são mulheres e homens que não respeitam o corpo, desde uma dose de bebida ao sexo sem proteção, sem esquecer das danças que mais parecem rituais de acasalamento, drogas sendocomercialzadas como se fossem um copo d’água.
    E sim, de acordo com a joranlista, onde estão os policiais e ambulâncias quando os cidadãos que pagam seus impostos em dia precisam? Pq dar prioridade a um bando de gente à toa que sabe que não deve beber e se drogar, que sabe que sexo sem camisinha é um risco de gravidez e DST’s? Gasta-se uma fortuna dos cofres públicos para indenizar idiotas e babacas que dirigem embreagados pelas estradas e matam famílias inocentes…. Esse é o carnaval de hj!!!! Ser um babaca inconsequente é ser feliz?
    Não posso deixar de comentar sobre o suposto sarcasmo do Flávio que não ficou claro para as pessoas que visitam seu blog. Acho que os leitores merecem sim uma resposta e estamos esperando por isto viu Flávio?
    Outra coisa é sobre medir a felicidade alheia de acordo com o que ela acha ou deixa de achar sobre carnaval o qualquer outra coisa que seja de senso comum. Eu por exemplo ODEIO o carnaval por conta de toda a bagunça e putaria que rola… se eu for em qualquer festa nessa epóca, sei que vou passar raiva portanto prefiro sair para lugares calmos onde a última coisa que se fala é sobre o carnaval. Não participo de micaretas e nem nada que remeta a porcaria do carnaval e nem por isso sou infeliz… muito pelo contrário sou muito feliz em chegar ao final do carnval viva e inteira sem correr o risco de ser agarrada a força em uma festa, sem correr perigo em uma das estradas com gente louca bebendo ou sendo imprudente msm… portanto fico na minha cidade curtindo programinhas lights e SENDO MUUUUUUUUUITOOOO FELIZ!!!!!!

    NÃO VAMOS JULGAR A FELICIDADE ALHEIA E NEM FICAR AKI CRITICANDO A OPINIÃO ALHEIA, NEM VAOS NOS OFENDER AKI NÉ GENTE?

    UM ABRAÇO A TODOS OS FELIZES E BOM FERIADO (pq carnaval pra mim é só isso)

    Responder

  • Fernado Costa disse em 06/03/2011 | 01:01.

    Frustrada a coitada,

    Nao foi convidada para algum “camarote V.I.P.”

    tao pouco pra ser rainha da bateria de alguma escola de samba, “tisc”

    Falar o que todo mundo ja sabe, ser a dona de toda a verdade do mundo, citando apenas uma mediocre repeticao, sem criatividade ou apresentando algo novo,
    Coitada, busca notoriedade, tentando chocar a sociedade com um discurso de combate; O que muda no nosso dia-a-dia, se nao houvesse o “carnaval europeu no Brasil?”
    Quanto de difereca para a sociedade faria se as ambulacias ou policiais estivessem nas ruas de nossas cidades sem o carnaval ?
    Falar as Verdades em discurso oportunista nao muda em nada na mentalidade da populacao.
    Tenho pena desta mediocre reporter, de uma mediocre TV, que tenta ser mais noticia que a propria noticia que narra.

    Responder

  • André disse em 06/03/2011 | 02:03.

    Ela nao poderia dizer maior verdade! Pronto virei fã xD. Nada me deixou mais feliz nessa semana desgraçada de carnavel do que ver que ainda existem pessoas pensantes nesse pais de fulia.

    Responder

  • Fabio VM disse em 06/03/2011 | 02:38.

    Eu adorei a provocação da jornalista Rachel Sheherazade. Eu sou baiano, nasci e moro em Salvador (e curto muito ser daqui…rs…antes que digam que sou um frustrado…rs), mas, não corroboro com este modelo de Carnaval da minha cidade….há muito tempo não vou atrás do Trio Elétrico (e não morri, Caetano…rs) Antes da Ditadura do Axé Music “brinquei” – expressão utilizada pelo antropólogo Roberto da Matta em Carnavais, Malandros e Heróis – muitos Carnavais, onde, tudo era menos cronometrado, menos mercadológico, menos plastificado…era mais Carnaval e o(a) folião(ã) mais afoito(a) não precisava ficar paranóico(a) com as milhares de câmeras e transmissões online, forte desmotivador para quem estiver a fim de dar umas puladas de cerca na festa. Não sou tão velho assim, tenho 37, e na minha adolescência vi, ouvi e dancei “Por favor, abre a rodinha”, lambadas, fricotes e deboches (o paleolítico), balancei muita mamãe sacode, joguei muito confete e serpentina (o primeiro foi proibido porque era feito com um pedaço de cabo de vassoura, que, por sua vez, se tornava uma excelente arma branca e os outros dois ficaram démodé…rs), saí uma única vez em bloco e aproveitei bastante a liberdade da época de ser um folião pipoca, vi muita guerra de lata (quando as latinha de cerveja eram em folhas de flandres), encontros de trios na Praça Castro Alves (quando Baby Consuelo ainda não era Baby de Jesus) e tudo se concentrar nas ruas e avenidas da Cidade Alta (atual circuito Osmar). Nunca gostei do estilo musical, da multidão e do desconforto desse tipo de entretenimento…minha viagem era a facilidade para, na época, paquerar umas gatinhas (ficar nos dias de hoje) e ver minhas exigências se dissolverem com o passar das horas e com o acúmulo de álcool na mente (e era só álcool mesmo…eu tinha um medo de lança perfume porque tinha ouvido falar que podia causar enfarto…maconha não combinava com a agitação…e cocaína só nos EUA…rs). Adulto e cheio de minhocas na cabeça por causa das modestas leituras que fiz na minha graduação em História na UFBA, passei a enxergar tudo de outra forma e até hoje (depois de mais alguns livros e reflexões) boicoto (como um V, de Alan Moore, numa versão tropical…rs) o Carnaval. Na verdade, aqui em Salvador, segundo pesquisa divulgada pela Secretaria de Cultura do Estado na semana passada, apenas 39,5% dos soteropolitanos (é o nome que resolveram xingar quem nasce em Salvador…rs) vai para o Carnaval, sendo que a maioria destes para trabalhar ou para “pipocar” fora das cordas do Chiclete – Chicretão (sic) como muita gente chama por aqui –, Crocodilo, Eva, Timbalada, Coruja, Inter etc. Os 60,5% restantes ficam em casa vendo TV, coçando o saco, vai ao cinema, ao teatro, para a praia, viajam para a Ilha de Itaparica (depois de enfrentarem cinco horas de fila para embarcar em um ferry boat), vão para a igreja (na verdade, existe tem um bloco, que desfila na sexta e no sábado, criado por uma Igreja Batista…não posso ignorar esta informação…rs). Nosso Carnaval é violentíssimo (e a PM deita a madeira, como dizemos por aqui), os furtos e os roubos acontecem descaradamente, a estrutura segrega (o racismo se repete tranquilamente, explícito ou velado, como nos demais dias do ano) e se mascara com o discurso hipócrita do festejo popular. Quem não tem o passaporte da alegria, o abadá, fica de “penetra” e, sem grana, tem que enfrentar um transporte precário no retorno pra casa (mais assalto, mais violência…uma aventura…rs). Ter uma abadá ou ter “o abadá” é símbolo de momentâneo status na minha querida cidade e, mesmo que, meu cartão de crédito tenha me ajudado (e eu não quero nem saber como vou pagar minhas dívidas), não importa, não sou mais pipoca (por aqui ser pipoca significa estar duro…quebrado…rs). Não podemos esquecer que a tal “microeconomia” citada pelo ilustríssimo PhD em ADM tem outro nome na Cidade da Bahia (termo antigo para a nossa capital), na verdade, chamamos de subemprego; são de crianças a idosos, todos morando literalmente na rua por cinco dias em péssimas condições de higiene, sem conforto algum, sem segurança e usando as páginas do ECA, da Declaração Universal dos Direitos Humanos, da Constituição para limpar a b… E ainda tem os cordeiros, pobres coitados usados (e explorados) como barreira humana entre os de fora e os de dentro dos blocos, homens e mulheres desempregados, desesperados, que sintetizam o quão perverso é a logística do Carnaval. É camarote onde só tem gente bonita (ou seja, quem se encaixa em um padrão de beleza ditado pela mídia, siliconizados, anabolizados, depilados, entorpecidos…), é Bell que ama Ivete que ama Claudinha que ama Daniela que ama Durval que ama Carlinhos…deixa eu parar para eu não vomitar, é o cordão de puxa sacos de políticos na passarela do Campo Grande (antes o negócio era com ACM, agora viraram a casaca para o lado do PT…rs). Vocês já pararam para pensar que na Barra, na Ondina, no Campo Grande etc. deve morar muita gente que não gosta de Carnaval e que, durante cinco dias, tem que enfrentar a dionisíaca baiana. É fedor de urina, é o sexo livre (no estilo cachorro e cadela no cio…rs), são os gringos achando que se trata de um prostíbulo a céu aberto. Salvador é privatizada com o aval dos gestores municipais e estaduais. Não concordo com Gal, o soteropolitano trabalha muito, mas, fica difícil as coisas engrenarem antes do Carnaval, pois, um bombardeio ideológico (rs…Carnaval já virou ideologia para mim…rs) contagia e a Cidade se arrasta até a quarta, a quinta, a sexta-feira de cinzas (isso mesmo que vocês leram), sábado e domingo para rebater a ressaca (o que significa tomar mais algumas moderadamente…rs) e na segunda-feira, dia 14 de março, começa o ano de 2011…mas, lá veem as micaretas, os forrós, as lavagens, os ensaios…

    Responder

    • Dudinha disse em 06/03/2011 | 05:06.

      Parágrafo este é o Fabio VM. Fabio VM este é o parágrafo. Pronto!
      Agora espero que sejam felizes amigos daqui para frente…

      Responder

      • Molina disse em 09/03/2011 | 12:46.

        kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

        Responder

    • Molina disse em 09/03/2011 | 12:45.

      VM, queria discutir com você o impacto do espaço sideral na comunidade dos umbuntus, da África, parece que tá acontecendo um buraco negro por lá.

      Responder

      • Fabio VM disse em 09/03/2011 | 11:21.

        Vamos marcar, mas, só a partir de segunda-feira (14/3)…rs

        Responder

      • Molina disse em 10/03/2011 | 03:18.

        Hahaha, pode ser na outra, estou numa discussão forte com o Carlos.

        Responder

      • Fabio Vm disse em 10/03/2011 | 01:19.

        Ok…eu até acho que já escrevi algo sobre os umbuntus da África (antes deles migrarem para Atlântida…que, por sinal, promoveu um belíssimo Carnaval submarino este ano)…vou pesquisar nos meus arquivos. Se eu não me engano, publicaram um artigo meu na Enciclopédia Intergalática Clássica (da Editora Marciana…quando ainda produziam esta belíssima obra em papiro reciclado…agora só virtual). Acho que tem algo sobre o tema no Wikipédia (você que entende das coisas, como é que se pronuncia mesmo?). Abraço.

        Responder

      • Molina disse em 10/03/2011 | 05:23.

        VM!!!!
        Enciclopédia Intergalática Clássica. *.* Você tem um artigo lá? Cara, não dá pra esperar. Soube que lançaram uma edição não autorizada da Editora venusiana, COMENTADA! Que primor! O papiro reciclado é realmente uma obra cheia de movimentos tectônicos, talvez por isso o fato de Atlântida te-lo possuído fez com que ruisse ao mar. Tenho duas edições importantes que sustentam a tese do misticismo africano fenotípico austral: O urumbutu no campo de centeio, e a menina que roubava os urubumtus. São antólogicas, vou lhe repassar. Quanto ao texto do Wikipédia, não o achei, depois me manda o link. Abraço, caro colega.

        Responder

      • Fabio VM disse em 10/03/2011 | 07:22.

        Sinto não poder continuar nossa discussão, pois, hoje recebi “o convite”. Uma etnia gerada dos primeiros casamentos entre Aliens e Predadores (aqueles do cinema) me chamou para coordenar um programa de alfabetização em linguagem telepática. Irrecusável. Terei tripla “planetalidade” e outros benefícios (salário em moeda local e em Reais coorrigidos pelos índices da inflação espacial, por exemplo). Como diz aquela indagação chaaaaaata: Pense aí?…rs. O céu não é mais o meu limite. Breve continuamos nossas produtivas conversas. Aprendi muito contigo. Obrigado. Como se diz em Atlântida:…ôpa, não achei os ideogramas deles na tecla do meu PC…deixa pra lá. Um grande abraço.

        Responder

  • bokao disse em 06/03/2011 | 03:04.

    Essa linda só falou a verdade.

    Responder

  • Luiz Carlos disse em 06/03/2011 | 03:22.

    sem comentários, só um, VAMOS SER SÉRIOS

    Responder

  • Ronaldo A. Gonçalves disse em 06/03/2011 | 03:58.

    Concordo com ela em gênero, número e grau. Sem mais.

    Responder

  • JOSE RODRIGUES DOS S disse em 06/03/2011 | 04:39.

    Concordo com tudo com ela falou e ainda crescentaria muito mais. Mais minha
    lista é muito intensa e não vale a pena. Melhor ficar c/ o depoimento dela.
    Já basta.
    SENSACIONAL. PARABENS.

    Responder

  • Mike disse em 06/03/2011 | 04:40.

    Ela tem razão, ainda mais que vive no Nordeste, onde a estrutura pública (segurança, saúde, educação) é ainda pior que no sul e sudeste do Brasil. Não existe argumento que explique o Brasil não oferecer uma ótima educação para as suas crianças e jovens, ter uma estrutura de saúde impecável e uma sistema de segurança que funcione. A única desculpa para isso é a extrema falta de preparo e corrupção dos políticos e administradores públicos, porque dinheiro tem sim senhor. Pagamos mais impostos que um americano ou europeu. É um absurdo ter que esperar horas para ser atendido no SUS, ter que aturar policiais semi-analfabetos e despreparados e perceber que um brasileiro médio é analfabeto-funcional (saia às ruas e peça aleatoriamente para alguém escrever uma redação…).
    Enquanto isto, continuamos neste círculo vicioso, onde as pessoas aceitam essa situação passivamente porque tiveram um boa educação, como essa mulher lúcida que argumentou de forma tão brilhante. Além de inteligente, ela é linda. Casa comigo?

    Responder

    • mlrs disse em 07/03/2011 | 02:23.

      Mike, discordo em apenas uns pontos: o Nordeste não difere do Sul e Sudeste do país no que concerne às políticas públicas de segurança, saúde e educação. O povo sudestino tem uma imagem subestimada do Nordeste e dos nordestinos.

      Somos idênticos a vocês e passamos exatamente pelos mesmos problemas. E, por incrível que pareça, em proporção menor, pois nossa população é menor. A única diferença é a relação de investimento. No Nordeste se investe proporcionalmente menos que no sudeste. Com conhecimento de causa, pois morei em Pernambuco e São Paulo, prefiro muito mais morar em Recife. Qualidade de vida melhor. Menos trânsito, mais calor, mais vagas de trabalho em aberto (proporcionalmente à população), menor sensação de terror…

      Responder

      • Felipe disse em 07/03/2011 | 04:34.

        Esqueceu de falar que Recife é a capital mais perigosa do Brasil, da medo andar na rua de noite lá…

        Responder

  • Eduardo disse em 06/03/2011 | 05:18.

    Você é feliz; ela tem razão.

    Responder

  • Hugo disse em 06/03/2011 | 05:53.

    Carros alegóricos, fantasias, mulheres nuas, samba, bateria. Bailes e camisinha. Trio elétrico e blocos. As definições para o carnaval do Brasil são inúmeras, mas sempre acabam na mesma: é a maior festa popular brasileira. Brasileira? Nem tanto.
    O Carnaval tem suas raízes antes do nascimento de Cristo, por volta do século IV a.C.. Embora não seja comprovado, muitos historiadores vêem o carnaval como uma celebração, inicialmente, egípcia. Era uma festa marcada por danças e cânticos ao redor de uma fogueira, onde se comemorava ou se pedia pela colheita agrícola.

    Com o passar do tempo, máscaras, adereços e orgias foram incorporadas à celebração. Em seu livro Carnaval, Hiram Araújo explica que a organização da sociedade em classes e hierarquias acentuou a libertinagem nas festas, como uma “válvula de escape”, um “culto ao corpo” sem culpa.

    Entre as festas pagãs consideradas por alguns autores como o modelo etimológico do carnaval, está o culto a Dioniso, na Grécia e em Roma.

    O mito Dioniso

    Representado ora como o deus da cultura e do vinho, ora pelo bode ou ainda pela figueira, o deus da transformação era uma ameaça à Polis aristocrática do Olimpo, a habitação dos deuses. Por causa disso, foi expulso. Na Grécia, todos os anos, ela era saudado no início da primavera com uma festa que reunia danças, bebedeira, algazarra, sexo e violência.

    Com a oficialização do culto a Dioniso (quatro por ano – um para cada estação), por volta do ano 600 a.C., camponeses e lavradores transportavam a imagem do deus em embarcações com rodas, com homens e mulheres nus em seu interior, numa procissão pelas ruas de Atenas onde a multidão que seguia o cortejo ia de máscaras, fazendo festa. A procissão terminava no templo, onde se consumava a hierogamia: o casamento do deus com a Polis inteira em busca de fecundação. Seguiam-se aí orgias e o sacrifício de um touro.

    A Igreja e o carnaval

    Depois de séculos onde as festas populares orgiásticas faziam parte das pautas de discussões da Igreja, em 590 d.C. o papa Gregório I incluiu o Carnaval no calendário eclesiástico. A Igreja passou então a tolerar a festa, e em alguns casos, a estimulá-la, mas de acordo com seus preceitos religiosos. O Carnaval era organizado com jogos, brincadeiras e corrida de cavalos e anões. Logo, cresceu e ganhou simpatia na Itália, França e Alemanha.

    Em 1545, no Concílio de Trento, o Carnaval foi reconhecido como uma manifestação popular de rua importante, e em 1582, suas datas foram estabelecidas em definitivo. A festa, até hoje, obedece à regras que determinam a Páscoa dos católicos; o domingo de carnaval é sempre no 7o domingo antes do domingo de Páscoa.

    Não coincidentemente, o carnaval é a porta de entrada da quaresma, o tempo de privação para os seguidores do catolicismo. Para alguns historiadores, o significado oposto das duas celebrações é que se atraem: enquanto uma (a quaresma) pregava abstinência de carne, sexo e diversão, a outra (o carnaval), permitia o desfrute exacerbado de tudo isso.

    Hiram Araújo vê essa atitude clerical com o objetivo de “cristianizar” a festa, como a Igreja já vinha fazendo com outras manifestações pagãs. Estabeleceu, por exemplo, o dia 25 de dezembro como sendo o dia da comemoração do nascimento de Jesus, e essa era a época das festas greco-romanas.

    Rei Momo

    Personagem da mitologia greco-romana, Momo era o deus da irreverência, da bagunça e da alegria. Também expulso de Olimpo, era homenageado na Roma antiga durante os cultos a Saturno. Na celebração, o mais belo soldado era coroado como o rei Momo, que depois de uma noite reinando com festa, bebida e comida à vontade, era sacrificado no altar de Saturno.

    No Brasil, o Rei Momo surgiu no carnaval carioca, em 1933, quando um boneco de papelão foi incorporado ao desfile como sendo o rei do Carnaval carioca. No mesmo ano, a idéia saiu do papel e um jornalista gordo foi às ruas vestido de monarca.

    A palavra

    A origem da palavra carnaval não tem uma única definição. Alguns pesquisadores defendem que surgiu nas mesmas festas a Dioniso, já que os carros que faziam a abertura da procissão eram os Carrum Navalis (carros navais). Outros acreditam que possa ter nascido quando a festa passou a ser realizada antes da quaresma, a partir de dialetos italianos que significavam “tirar a carne”.

    Para pensar

    Desde os primórdios, o Carnaval é uma festa dedicada única e exclusivamente aos prazeres carnais. Então, aos que se dizem cristãos, valem as palavras do apóstolo Paulo:

    “…Os que estão na carne não podem agradar a Deus. Vós, porém, não estais na carne, mas no Espírito, se é que o Espírito de Deus habita em vós. Mas, se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é dele. Ora, se Cristo está em vós, o corpo, na verdade, está morto por causa do pecado, mas o espírito vive por causa da justiça. E, se o Espírito daquele que dos mortos ressuscitou a Jesus habita em vós, aquele que dos mortos ressuscitou a Cristo Jesus há de vivificar também os vossos corpos mortais, pelo seu Espírito que em vós habita. Portanto, irmãos, somos devedores, não à carne para vivermos segundo a carne; porque se viverdes segundo a carne, haveis de morrer; mas, se pelo Espírito mortificardes as obras do corpo, vivereis. Pois todos os que são guiados pelo Espírito de Deus, esses são filhos de Deus. Porque não recebestes o espírito de escravidão, para outra vez estardes com temor, mas recebestes o espírito de adoção, pelo qual clamamos: Aba, Pai!” (Romanos 8:6-15).

    Dê que lado você está

    Responder

    • Molina disse em 09/03/2011 | 12:49.

      Hugo, na boa, Senta lá. Ainda não te ensinaram que protestantes fanáticos não são bem sucedidos, em evangelizações, abordando as pessoas dessa forma? Seu menino malcriado.

      Responder

  • Philipp Muller disse em 06/03/2011 | 05:55.

    É como diz o ditado em inglês:
    “Ignorance is bliss.”

    Talvez por isto que seja feliz…

    Responder

    • Mias de 30 disse em 08/03/2011 | 11:15.

      Eu não teria dito melhor.

      Continue feliz, Flávio Chongas! Seja muito feliz na sua ignorância!

      Responder

  • Renan Magalhães disse em 06/03/2011 | 06:14.

    Concordo plenamente com tudo!

    Responder

  • Zaupa Junior disse em 06/03/2011 | 06:34.

    Que post polemico hein, nem sei se meu comentário vai ser lido, mas vamos lá. Fiquei com preguiça de ler todos, afinal passam de 300, então não sei se ja escreveram ou que vou escrever.
    Sabemos que este é um blog de humor e que o Flavio posta coisas que ele acha engraçado ou não. Não é uma regra. Desta vez ele postou um video com a opniãode uma jornalista que é contraria ao CARNAVAL e ponto final. Se vc concorda com ela ou não é problema seu e não do Flavio. Agora, dizer que ele desqualificou a pessoa da jornalista não é justo também. O titulo do post é: “Carnaval, é pra Rir ou Chorar?” e o pequeno comentário que ele fez não é dizendo nada sobre a pessoa da jornalista, ele apenas quis dizer: “NO CARNAVAL EU RIO, ELA NÃO!
    Poxa, é simples assim!!! Parem de criar polemicas, vão ler um livro!

    Responder

  • Nando Cruz disse em 06/03/2011 | 06:46.

    Flávio, acompanho há bastante tempo o Chongas, gosto de como você administra o blog, das coisas que escreve, das dicas de música etc, mas o que a Rachel disse tem muito de verdade. Simplificar seu comentário a uma ofensa pessoal a repórter, além de grosseiro, é salientar sua parcialidade a respeito do tema. Felizmente para uns e infelizmente para outros não existe uma verdade absoluta para nada, as suas, as minhas e quaisquer outras opniões sobre quaiser coisas são sempre isso, opiniões, claro que existem fortes argumentos á favor e contra, o que não pode acontecer é você, autoridade máxima do Chongas, taxar moça de infeliz, sem saber nada dela, só porque ela expôs dados relevantes sobre o carnaval. É claro que aqui o espaço é aberto pra manifestação da opinião, o que não pode é confundir opinião com grosseria, sobretudo vindo da sua parte.
    É um sábio momento para uma retratação, coisa que só os homens inteligentes são capazes de fazer. Abraço.

    Responder

  • thiago disse em 06/03/2011 | 06:47.

    carnaval é uma merda msmo

    Responder

  • Giulliouz disse em 06/03/2011 | 07:11.

    Ishh, a piada-explicativa do Flávio tem q ser muito boa hein? rs

    Pq a única hora q ela cita felicidade é qdo fala dos abadás, q pergunta se quem não tem dinheiro para comprar o passaporte da alegria não tem direito de ser feliz…

    Ou ele tem dinheiro pra comprar e foda-se ou discorda somente dessa parte pois acha que carnaval todos se divertem mesmo sem abadás, pq o resto acho q a mina tá completamente certa.

    Talvez tenha a ver com uma data… Ou talvez seja proposital para polemizar e pronto, perigoso pra carai.

    Responder

  • Giulliouz disse em 06/03/2011 | 07:15.

    Pow mas a Raquel que não gosta de carnaval, não deve estar com os sobrinhos. tem cabelo e não deve ter dor de cabeça todos os dias às 15 horas… hauhauha #fato

    Responder

  • Carlos disse em 06/03/2011 | 07:42.

    Tava demorando…

    Cuidado José que isso aí já passou para a ofensa pessoal.. Ninguém é anônimo na internet mais…
    Cuidado!

    Responder

  • batista disse em 06/03/2011 | 07:48.

    esse video virou viral em toda a internet, mas ela ta com a razão…
    e comentar que ela nao é feliz por nao gostar de coisas que cariocas e bainas “amam” de paixão…

    bjomeliga

    Responder

  • Nelson disse em 06/03/2011 | 07:51.

    É lamentável essa senhora usar a miséria humana para se promover. Ela esqueceu de respeitar o povo que trabalha, paga imposto e necessita que o estado promova sim, festas como o carnaval para seu deleite. Esse argumento de que A ou B estão morrendo por causa do carnaval, mais parece com os moralistas-religiosos do que com uma jornalista, que aliás, não sabemos se ela pediria contas da emissora se porventura ganhasse os direitos de transmitir o carnaval.
    Tudo bem, tiro o chapel para ela, afinal conseguiu seus 5 minutos de fama e alguns milhares de acessos, vamos ver até quando.

    Responder

  • Louhan Sodré disse em 06/03/2011 | 08:36.

    Flávio meu garoto… O post serviu para me mostrar um lado que não tinha percebido sobre o Carnaval, embora não gostasse dele há anos.

    Acho que gostar do Carnaval é uma coisa, dizer que você é feliz por que gosta e outra é infeliz pq não gosta é exagero…

    Parabéns pelo blog E INCLUSIVE POR ESTE POST…

    ps A coisa tah feia pro seu lado aí nos posts… rs

    Responder

  • neto ferraz disse em 06/03/2011 | 09:14.

    boa a colocacao dela, carnaval vergonha do brasil, aqi no exterior so se fala em carnaval para falar de mulheres nuas ou seminuas, somos conhecidos pelo pais da sacanagem, se existissem mais pessoas assim poderiamos hj ser uma potencia. desculpem a falta de acentuacao mais meu teclado nao possue, pq esta em ingles,

    Responder

  • Garota CDF disse em 06/03/2011 | 09:26.

    Querido Flavio, ela não é infeliz e sim realista, o Carnaval brasileiro vem se tornando cada vez mais uma ilusão de festa. Não que eu seja contra aos festejos, mas tudo o que ela disse é verdade!

    Responder

  • Fabiane disse em 06/03/2011 | 09:36.

    Flávio…cada um tem uma definição para felicidade.
    Concordo plenamente com a jornalista.

    Responder

  • Vera disse em 06/03/2011 | 09:46.

    Quem disse que política do pão e circo esta ultrapassada? ¬¬

    Comam muitos espetinhos e se divirtam bastante meus caros!!

    No Carnaval pode tudo!!!

    Sejam muito felizes =]

    Responder

  • Clarice disse em 06/03/2011 | 09:56.

    Não concordo, mas achei interessante a opinião dela.

    Responder

  • Juliano Schiappin disse em 06/03/2011 | 10:25.

    Foi impressão minha ou a maioria dos apoios à crítica azeda deste blog foi de mulheres?

    Na boa, essa mulherada de hj em dia só pensa mesmo em carnaval.

    Essa chicleteiras de m….!

    Responder

  • Magda disse em 06/03/2011 | 10:51.

    Concordo inteiramente com ela.
    Sou de Pernambuco e toda essa mobilização do poder público nessa época do ano só torna válida a ‘ultrapassada’ política de pão e circo.
    Infelizmente apesar de ruas da minha cidade ficarem lotadas de barraquinhas e tals, os verdadeiros lucros vão pra os ‘grandes patricionadores’ dessa ‘festa popular’.

    Responder

  • José Moreira disse em 06/03/2011 | 10:56.

    Existem pessoas superficiais que fazem o ponto de vista Raquel vai ser válido, e pessoas com conteúdo que fazem o do Tadeu serem válidos. A questão eh: qual o perfil da maioria da população?

    Responder

  • nerd disse em 06/03/2011 | 11:12.

    Deve ser uma mulher chata pra caralho

    Responder

    • Marcão Barreto disse em 07/03/2011 | 01:42.

      Imagino que o seu tipo de mulher é a baladeira, cheia de DST’s, que vive na noite e só fala em beber e sair.

      Responder

      • Mias de 30 disse em 08/03/2011 | 11:14.

        TOme!!!!

        Responder

  • Happy Man disse em 06/03/2011 | 11:13.

    Sou feliz e odeio o carnaval =/

    Responder

    • Magda disse em 07/03/2011 | 08:43.

      Tbm XD

      Responder

    • val disse em 07/03/2011 | 02:01.

      vc não viu o que o tio Flávio disse?!?
      Se vc não gosta de carnaval, não é feliz não!!
      rs…

      Responder

  • fah disse em 06/03/2011 | 11:54.

    Sou MUITO FELIZ e NAO VIVO o carnaval. Ela pode muito bem ser assim também. Esses blogueiros se acham no direito de chingar ou desqualificar qualquer pessoa, porra, vão se foder.

    Responder

  • Sérgio disse em 07/03/2011 | 12:09.

    Tudo bem, de fato o que ela falou tem embasamento.
    Mas se tem uma coisa mais hipócrita que o carnaval é o falso revolucionário.

    Antes de ficar “catequizando” as pessoas por comentários de blog e pagando de “engajado social”, tira o c* da cadeira e vai fazer alguma coisa DE VERDADE pra melhorar isso.

    É muito fácil inferiorizar os outros por internet (onde você tem tempo pra pensar direitinho no que vai escrever e “coragem” pra falar as coisas). Quero ver se alguém aí que critica também AGE pra mudar as coisas.

    Concordo plenamento com o que foi dito pela Repórter. Enquanto os olhos do brasileiro se voltam pro carnaval, ninguém vê os nossos “queridos” membros do Congresso Nacional tirando comida da boca de nossas crianças.

    Se somente FALAR dos problemas resolvesse alguma coisa, o rei da selva era o por*#@! do papagaio.

    Agir sem pensar só não é pior que pensar e não agir.

    Responder

  • luiz oatvio miranda disse em 07/03/2011 | 12:35.

    peço desculpas por toda a minha fanqueza mas, qualquer uma q discordar com oque essa mulher esta dizendo são no minimo playboys filhos da puta, q naum perdem o seu ganhado tempo atoa, a pensar em coisas q realmente são importantes, tao como a miséria q essa merda traz ao brasil, hoje moro fora do país e vejo como os estrageiros veêm nosso lindo brasil, “bunda e sexo livre pra todos”, “toda brasileira eh puta” e “todo brasileiro eh ladrao”, aposto q eles vao sempre as festinha penosas e lixuosas de carnaval, e o cancro mole jah deve ser de parte deles, pq pra opinar desse geito a favor desse lixo, eh q soh pode fazer parte dele, bjus

    CAMPANHA “Raquel Sheherazad para president(E)”

    Responder

  • Satynne disse em 07/03/2011 | 12:38.

    Nossa!Se o “Ela não é (feliz) do Flávio rendeu isso tudo, se os leitores do chongas tivessem lido o Dan Soares , do xpock (que só pra constar eu curto pacas!), nem quero pensar no que tinha rendido…

    Responder

  • Ana Paula disse em 07/03/2011 | 12:40.

    Ela está completamente certa! Se ela é feliz ou não, não dá pra julgar por esse comentário que é muito racional.

    Responder

  • srlm disse em 07/03/2011 | 02:01.

    Os argumentos dela são muito lúcidos e contundentes. Entretanto, apenas servem pra um único tipo de público. E não falo de raças, titulações (lembranças, meu caro Molina), classes sociais, etc. Falo de caráter.

    Como falar que o carnaval é uma política de pão e circo para quem sabe que este é uma política de pão e circo? Como falar que álcool é uma coisa prejudicial, tanto pessoalmente como socialmente falando, para pessoas que não se importam com os que estão do seu lado um minuto sequer? É difícil…

    Sou pernambucano, doutor em computação, e vejo o carnaval como uma festa de quem não pensa nem em si próprio. Ao contrário do que o doutor em Administração fala mais em cima, não me considero um “mal comido”, e sei porque o mesmo apoia o carnaval. Sou doutor e sei como esse “bicho” é. Tem medo de gente que pensa, medo de que mais gente seja “inteligente que nem ele” e que gente igual à jornalista exponha sua opinião e entregue de bandeja aos “pobres mortais” o que ele conseguiu em anos.

    Não gosto de ver o país que amo desse jeito, com jovens que passam pela vida alcoolizados e desperdiçam seus potenciais, escondidos pela ignorância e/ou vaidade dos pais. Começando pelo álcool, isso mesmo. Quem gosta de beber e se embriagar o faz pq não gosta de ver a vida de forma sóbria. Ou seja, é menos feliz que os sóbrios, pois bebe para afogar seus insucessos ou a infelicidade de não ter a vida que sonhou.

    Voltando à questão, o mérito da jornalista não se volta à política apenas, mas sim à política em relação ao carnaval. Precisamos de médicos e medicamentos nos hospitais e eles só estão lá na época de carnaval. Porque será? Porque as ambulâncias estão nas ruas apenas no carnaval? Porque os policiais estão na rua apenas no carnaval? Porque milhões são pagos a artistas de qualidade questionável ao invés de se investir em transporte e habitação. Quer um exemplo? Sou nascido em uma cidade do interior com 70 mil habitantes que não possui nenhum rendimento além do comércio local e da prefeitura. Uma fábrica sequer a cidade possui. No entanto, a prefeita gastou mais de R$ 1 mi para trazer uma atração para o carnaval. Com esse dinheiro, a prefeitura poderia comprar 5 ônibus e eliminar o gargalo de transportes que temos na cidade. Ou poderia fazer isto através de incentivos fiscais. Poderia comprar remédios para os hospitais da cidades, poderia pagar os salários em atraso dos agentes de saúde que salvam famílias da peste que é a dengue.

    Pelo que eu saiba, TODOS pagam impostos e TEM DIREITO à segurança. E eu não posso sair muito tarde com medo de ser assaltado, morto. Tenho medo que minha filha e minha mulher sejam estupradas e mortas. Por que nós preferimos que tudo isto seja feito apenas no carnaval? Porque nos contentamos com tão pouco? A culpa é nossa. Até de quem pensa da mesma forma da jornalista. Pois aposto agora que tem muita gente ainda com medo de expressar sua infelicidade em meio a essa sociedade chata, burra, assistidora da Globo, que desvaloriza o que lhe faz bem em troca de apenas álcool e putaria. Sexo é bom, mas putaria não. Gosto de sexo, mas sou conservador. Gosto apenas de mulher. Esse negócio de fio terra deixa pro doutor em Administração, que gosta de fazer bullying com o tal do jorginho.

    Temos que nos libertar desse mal que é não sermos nós mesmos. Temos que nos livrar do mal da preguiça de pensar! Quem pensa um pouquinho só faz festa depois que todo o trabalho foi terminado. Depois que os problemas foram resolvidos. Do que é que adianta sair na rua no carnaval com meu sapato de marca e minha camisa massa se no outro dia eu não tenho dinheiro pra pagar a prestação? Será que comer aquelas 3 mulheres feias ainda alcoolizado pagam essa dívida? Ou soluciona meus problemas? Eu fiz muito isso, e só me senti completo e realizado quando consegui ter uma profissão, dizer que eu sou realmente alguém, e depois de ter minha esposa e minha filha, que me amam independente de barriga malhada, dinheiro no bolso ou álcool no tejo. #fikdik

    []’s

    Responder

    • Molina disse em 10/03/2011 | 03:33.

      Hiiiiiiii srlm, não sou a resposta para os seus problemas não. Não procure, em mim, um espelho pra você. Não fiz propaganda de título. Mania de perseguição, hein!? Se você tá com problemas faça alguma coisa pela sua vida, ajude as pessoas. Se você tem preguiça de pensar o problema é seu, eu não tenho. Você acha que eu quero a desgraça dos outros para meu benefício? A troco de que? Satisfação? Fique com suas suposições alojadas no seu “porta-desejos-reprimidos” Sou um curioso da Administração pra solucionar problemas, se quisesse fama e problemas seria artista voluptuoso. Fico feliz por teres dedicado dois, pseudo parágrafos do seu pseudo texto em minha homenagem.

      Responder

  • Silvia disse em 07/03/2011 | 04:04.

    Realmente, gente esclarecida, é incompreendida nesse mundo de alienados!
    Já vi muito blogueiro saber expressar sua opinião, sem ser TÃO infeliz! Eu não acompanho o blog, mas pelo que os próprios leitores disseram, não é a primeira vez que o Flavio fala merda.

    Responder

  • Kabum disse em 07/03/2011 | 04:20.

    Só para chegar no comentário de nº400…
    Esperei até o final do vídeo para ter certeza que não estava sonhando e que concordo 100% com o que esse mulher falou.
    ….e que “o Flávio Lamenza (não) tem sempre razão” … mais o blog ainda é o melhor!

    Responder

  • Purukinho disse em 07/03/2011 | 04:38.

    400

    Responder

    • Purukinho disse em 07/03/2011 | 04:38.

      seria um record ?

      Responder

      • piu disse em 07/03/2011 | 04:03.

        tambem pensei nisso 400!! incrivel

        Responder

  • Bruna disse em 07/03/2011 | 05:50.

    Uma coisa que disseram é verdade pura. Para sair na rua ver mulher balançar a bunda, milhões de brasileiros se dispõem a tal coisa. Para protestar contra todos estes problemas que esta (magnífica) jornalista citou, não aparece um.
    ” – O que achas de organizarmos uma manifestação?
    ” – Ah… Não vai dar, tô vendo o BBB, fulana ta tomando banho de piscina ;)”

    Seria assim, ou não seria? Eu faço minha aposta.

    Responder

  • Marcos disse em 07/03/2011 | 06:47.

    Concordo plenamente com a Rachel, o Carnaval é desculpa pra vadiagem!

    Responder

  • Gustavo disse em 07/03/2011 | 08:55.

    Ela não falou nada mais que a verdade…..

    Responder

  • BONI disse em 07/03/2011 | 09:35.

    RACHEL VC FOI MARAVILHOSA NO SEU COMENTARIO,COM MUITA PROPRIEDADE E COM VERDADE ABSOLUTA
    COM CERTEZA O QUE MILHOES DE BRASILEIROS GOSTARIAM DE EXPOR AO PUBLICO, MAS TALVEZ NÃO COM TANTA DESENVOLTURA COMO VC

    Responder

    • Marcão Barreto disse em 07/03/2011 | 01:01.

      errr… você tem consciência de que não foi ela que postou aqui, certo? porque está comentando como se estivesse “conversando” com ela?

      Responder

      • Igo Afonso disse em 09/03/2011 | 06:01.

        Ô povo chato bagarai!!!

        Responder

  • David Rodrigo disse em 07/03/2011 | 09:44.

    #RACHELPRAPRESIDENTE

    Responder

  • Val disse em 07/03/2011 | 11:11.

    Concordo plenamente com o q Rachel Sheherazade disse! O carnaval um dia já fora bom, hj é apenas um circo, oferecido a aqueles q ainda tem a ilusão disso ser algo bom!

    Responder

  • claravique; disse em 07/03/2011 | 11:40.

    concordo com ela depois dos 56 segundos, não falou mais do que a verdade

    Responder

  • HUGHS disse em 07/03/2011 | 12:12.

    VÃO SE CATAR SEUS NERDS, O MUNDO SEM ESSAS FESTAS SERIA MUITO MAIS TRISTE, POHHA, AGORA SÓ PQ TEMOS VÁRIOS PROBLEMAS NÃO PODEMOS CURTIR UMA SEMANA DE FESTINHA, AH VÁ
    O ANO TEM 365 DIAS, ESCOLHAM UMA OUTRA SEMANA E FAÇAM UM MULTIRÃO DA SOLIDARIEDADE ORAS.
    — PRA MIM ELA NÃO É FELIZ MESMO, E AINDA DEVE SER MAL AMADA! – INTELECTUAIS TSSS, PENSAM QUE SABEM TUDO.

    Responder

    • Marcão Barreto disse em 07/03/2011 | 12:59.

      Santo analfabetismo funcional

      Responder

    • Riberval disse em 07/03/2011 | 03:17.

      Tem que ver o lado do Hughs. Sem o carnaval, mulheres como a mãe dele não conseguiriam parceiros bêbados o suficiente para engravidá-las, e ele não teria nascido. Deixa eu adivinhar: ele nasceu em novembro, não foi?

      Responder

      • Kabum disse em 08/03/2011 | 03:42.

        FATALITY!:
        “Riberval : Sem o carnaval, mulheres como a mãe dele não conseguiriam parceiros bêbados o suficiente para engravidá-las”..
        HUAHUAHUAHA Deixa eu adivinhar: ele nasceu em novembro, não foi?

        Responder

      • Molina disse em 09/03/2011 | 12:53.

        Riberval, você é a salvação do nosso mundo porque nasceu em outro mês e porque sua mãe é bonita que a Hughs. Viva o Riberval!

        Responder

      • Molina disse em 09/03/2011 | 12:54.

        FAIL

        Riberval, você é a salvação do nosso mundo porque nasceu em outro mês, que não novembro, e porque sua mãe é mais bonita que a do Hughs. Viva o Riberval!

        Responder

    • HUGHS disse em 11/03/2011 | 12:26.

      OK eu tranzo
      vcs tocam punheta.
      kkkkkkkkkkkk

      Responder

  • Leicam disse em 07/03/2011 | 12:51.

    Rachel Sheherazade deu um FATALITY! No Xpock e no Chongas..

    Responder

  • Eduardo disse em 07/03/2011 | 12:56.

    Quem vê a verdade pode até não ser feliz, mas eu prefiro viver entendendo tudo da forma que realmente é, do que enganado por aqueles que tem mais dinheiro.
    Sempre achei e acho o carnaval uma merda, assim como outros grandes eventos que acontecem aqui e no mundo.

    Responder

  • Rômulo Ramos disse em 07/03/2011 | 12:59.

    Carnaval = pão e circo

    Responder

  • Bruno Batista disse em 07/03/2011 | 01:12.

    Muito boa a atitude dessa jornalista, não so pelos comentarios, mas sim porque ela foi a unica pessoa que parou para pensar nisso, antes dela nunca tinha visto alguem aborda esse assunto com tanta clareza!

    Responder

  • Allan E. M. disse em 07/03/2011 | 01:37.

    Parabéns Rachel. Respeito quem gosta de Carnaval e não sou a favor de acabar com a festa, mas que essa jornalista falou todas as verdades, com certeza falou, não tiraria uma palavra e parabenizo a ela por expor sua opinião que por sinal muito bem embasada e argumentada que é condincinte com a opinião de muitos brasileiros que discordam dos exageros do carnaval. Tiro meu chapeu pra Voce Rachel.

    Responder

  • leonardo disse em 07/03/2011 | 01:57.

    é isso aí !!!
    Chupa lam@nza !!

    Responder

  • ale disse em 07/03/2011 | 02:10.

    Só uma coisa.. por acaso o que ela disse é mentira? acho que nao…….. entao em vez de ficar brigando, e chingando na internet, podiamos tomar alguma atitude real e fazer algo contra isto, nao contra a festa mas sim contra o que ela se tornou….. tambem sou a favor do carnaval da maneira em que comemoravamos ha alguns anos atrá….. mas nao na de agora….

    Responder

  • Karl disse em 07/03/2011 | 02:32.

    Concordo com a que a moça(a Rachel) falou no vídeo.
    O carnaval perdeu sua étnica e moral de uns tempos pra cá.Eu sou a favor do carnaval sem toda aquela ”bagunça” e também sem o governo patrocinar está ”bagunça”.

    Responder

  • Bruno Passarelli disse em 07/03/2011 | 02:49.

    tá certa
    carnaval não é visto com bons olhos pelos brasileiros e nem por extrangeiros
    a nossa cultura não é comparada a pubs ingleses ou ás ás festas típicas alemãs (onde há muito mais consumo de álcool)
    por aqui o carnaval virou oque dá mais lucro mesmo e o povo que se acostume
    porque de popular só tem a falta de educação de quem não teve meios de criar uma cultura rica

    este vídeo não pra rir nem para chorar… mas sim para lamentar.

    Responder

  • Tami disse em 07/03/2011 | 03:05.

    Oi, só pq ela n gosta da putaria eh triste, mal amada? Ah, tenham dó! A critica é absolutamente correta! Gostar ou n da FESTA eh problema dela, mas que é circo p um povo sem pão, que a música eh ruim, e que o povo não tem responsabilidade, nem maturidade, nem educação p curtir, isso é…

    Responder

  • Anonimo disse em 07/03/2011 | 03:25.

    E até mesmo em São Paulo, anualmente são feitos investimentos de aproximadamente R$ 80 milhões, que envolvem patrocinadores, direitos de transmissão, a prefeitura e as leis de incentivo à cultura. O carnaval acaba sendo também uma fonte geradora de empregos diretos e indiretos – no setor de turismo, em hotéis, pousadas, restaurantes, vestuário, entre outros – e também informais, com o trabalho dos camelôs, nas confecções de fantasias, em barracões, entre outros.

    Responder

    • Tom disse em 07/03/2011 | 04:10.

      Ops… Esqueci de comentar: sou de Salvador e na quinta-feira vi um turista sendo esfaqueado no pescoço e um outro cara sendo linchado em Ondina. Nesses momentos de violência extrema, o(a) cantor(a) do trio pára a música e pede pros foliões do bloco vaiarem e depois a música recomeça como se nada tivesse acontecido…

      Sempre foi assim quando se tem mais de 1 milhão de pessoas e muitas delas bêbadas ou drogadas…

      Sempre saí no carnaval e mesmo assim sei que se trata de uma “ilusão” coletiva!

      Se acabar, pra mim, não vai fazer falta!

      Responder

  • nerd disse em 07/03/2011 | 04:17.

    Acho que todo mundo sabe que o carnaval não nasceu aqui, a fama é que o Brazil tem o “melhor” carnaval do mundo. Eu não concordo com a opinião dela também, mas o trabalho de uma repórter sensacionalista é esse. Cada um se diverte do jeito que acha melhor, seja no carnaval, seja criticando a diversão dos outros.

    Responder

  • Thiago disse em 07/03/2011 | 04:18.

    falou tudo o que esse povo precisa ouvir.
    Graças a Deus ainda temos pessoas que falem isso,
    mostra que nem tudo nesse mundo está perdido.
    Obrigado Deus por essa repórter existir, e se o texto dela convencer pelo menos uma pessoa isso já é o suficiente, é um a menos nesse pão e circo desgraçado!

    Responder

  • Felipe disse em 07/03/2011 | 06:39.

    Aproveitem o carnaval gente!!!!
    Eu estou aproveitando….já pintei um quarto e a sacada do apartamento onde moro.
    Só falta montar o berço do meu filho que nasce esse mês. =.]
    Aproveitar o tempo do carnaval é ótimo.

    Gostei do post. Fez a galera pensar.

    Para mim, carnaval de maneira geral é um festa “forçada”, com bastante influência da míida… e com certeza, com GRANDE motivação financeira. Na maioria dos casos é “desregrada”…”desequilibrada” em vários sentidos…onde o povo em 4 ou 5 dias mostra-se não ter limites quanto a consequências, passando mal, exagerando no álcool, nas provocações, na vulgaridade.

    O “sexo” parece ser o mentor de todas as ações.
    Nesse caso, a festa não é mais “espontânea do povo”, e sim motivada a “interesses” (se é que me entendem) por parte das pessoas. Escutava muito: “ninguém é dono de ninguém”…

    Para muitos posso parecer quadrado em minhas idéias…mas quando a gente começa a pensar no futuro de nossas famílias…irmãos, filhos…a lógica do nosso pensamento muda….e no meu caso, fez-me posicionar dessa maneira.

    DaT!

    Responder

  • Marcus disse em 07/03/2011 | 06:41.

    Carnaval já foi bom, hoje é isso tudo que ela falou mesmo e ponto final!!! ;)

    Responder

  • JONATHAN disse em 07/03/2011 | 07:22.

    RIDICULO SEU COMENTARIO…. ELA ESTÁ CERTA

    Responder

  • ana paula disse em 07/03/2011 | 08:31.

    nossa gente cs tao de parabens
    eu li todos os comentarios!!!!!!!!!

    Responder

    • EU disse em 08/03/2011 | 09:08.

      Que mentira!! heheheheehe

      Responder

  • Luiz Henrique disse em 07/03/2011 | 09:01.

    Concordo em gênero, número e grau com a jornalista. Ela não disse além da verdade. Mas mesmo assim eu gosto do carnaval.

    Responder

    • Manu disse em 07/03/2011 | 09:38.

      Concordo em gênero, número e grau com a jornalista. Ela não disse além da verdade. Mas mesmo assim eu gosto do carnaval [2]

      Responder

      • Gabriel disse em 07/03/2011 | 11:13.

        Concordo em gênero, número e grau com a jornalista. Ela não disse além da verdade. Mas mesmo assim eu gosto do carnaval [3]

        Responder

  • yuri tapia disse em 07/03/2011 | 09:03.

    gostei dela ,tá certa,carnaval é uma bosta ‘-‘. musica ruim ,aquela do superman e da mulher maravilha destruiram um pouco de minha infancia .-.

    Responder

  • Daiane disse em 07/03/2011 | 09:52.

    Acho que depois da repercussão deste post, o Flavio vai pensar 2x antes de falar uma coisa dessas! hehehe
    Concordo com a jornalista, e ela não mentiu, omitiu, ou exagerou em momento nenhum!
    Tudo bem gostar de carnaval, ou de outras festas tão famosas quanto essa, ou não.
    A questão é que quem discorda do que ela disse, está tão cego a ponto de achar que mulher balançando a bunda de biquini, ou milhares de pessoas tumultuadas correndo atrás de um trio, é diversão, e não prejudica ninguém, até que você ou alguém de sua família, realmente precise de um serviço médico público, de atendimento de emergência de polícia, bombeiro, ou seja lá o que for, e não ter o mínimo, ou o digno que nós merecemos.
    Vi gente ai em cima, falar que gosta de carnaval, e gasta dinheiro com isso, porque tem certeza que votou bem! Votou bem?! Você só tem essa certeza (ou acha que tem), porque nunca precisou de verdade de ajuda, ou de algum atendimento público! Você não tem certeza nem de que sua mulher realmente foi no shopping com as amigas enquanto você trabalhava, vai ter certeza de que seu voto, ou o dinheiro que sai do seu bolso está sendo bem usado por esse bando de corruptos, que você diz ter votado?!!!!! Nos poupe desse tipo de comentário mesquinho.
    Concordo totalmente com a jornalista!

    Responder

  • Karynhosa disse em 07/03/2011 | 09:56.

    falou tudo o que esse povo precisa ouvir.
    Graças a Deus ainda temos pessoas que falem isso,
    mostra que nem tudo nesse mundo está perdido.
    Obrigado #### por essa repórter existir, e se o texto dela convencer pelo menos uma pessoa isso já é o suficiente, é um a menos nesse pão e circo desgraçado!

    Responder

  • Fernando disse em 07/03/2011 | 10:32.

    Rachel – 10 x 00 – Tadeu Furtado.

    Concordo com tudo o que ela falou com muita propriedade e coragem.

    Responder

  • Rogério disse em 07/03/2011 | 10:33.

    Enfim alguém com coragem para falar de um lado do carnaval que todo mundo sabe que existe mas finge que não está lá.

    Palmas para esta jornalista que apresentou argumentos e fatos sólidos sobre o carnaval.

    O que não faz dela uma pessoa infeliz!!!!!

    Responder

  • Gabriel disse em 07/03/2011 | 11:11.

    Concordo com tudo que ela disse
    sem tirar nem por..
    carnaval é coisa de nego atoa
    e cachaceiro que gosta de um feriado pra enfiar cachaça no “rabo”
    E a parte mais verdadeira q ela disse.. CArnaval é tempo de fazer os babacas que tem coragem de fazer uma musica da mulher maravilha virar hit do canaval..
    Carnaval é tempo de os atoas e pobres de espirito correrem atraz do trio eletrico com o nosso graande parangolé..

    infelizmente carnaval hoje em dia é puro marketing.. tudo que ela disse é verdade e se VOCE nao concorda é porque deve gostar muuito de axé e das outras podridões que vem junto com o carnaval

    Responder

  • Gabriel disse em 07/03/2011 | 11:13.

    e esse comentario do dono do blog … realmente vc deve amar parangolé e tomara que seja muuito feliz mesmo..

    parabéns rachel falou e disse..

    Carnaval = feriado.. simplismente isso…
    mais nada….

    Responder

  • Oliveira disse em 07/03/2011 | 11:32.

    Deixo aqui o mesmo comentário que deixei no Xpock: o povo gosta mesmo é de uma polêmica vazia.

    Por exemplo, faz uns 3 meses que a canalhada toda de brasília aumentou os próprios salários (mais uma vez) e cadê esta repercursão toda?
    Nada, né?

    Uma série de argumentos da jornalista destinados ao carnaval tem raízes muito mais profundas em outras deficiências do nosso povo, como educação, por exemplo.

    Eu acho que o buraco é bem mais em baixo e discordo da galera que desceu a lenha deste jeito no Flávio.

    E viva a liberdade de expressão que permite tanta gente se manifestar! Ajuda a entender um pouco melhor onde vivemos.

    Responder

  • TATY disse em 08/03/2011 | 12:37.

    caralho, o povo dando razão pro cara que ta chamando “todos” os blogueiros de analfabetos, ignorantes, etc…
    Se vc ai que acha que blogueiro nao lê, pq ta lendo blogs seu idiota!!!!
    Viva a liberdade de opinião!

    Responder

    • Leo disse em 08/03/2011 | 01:03.

      Tu é mulher de blogueiro por acaso? Porque essa puxação de saco?

      Responder

  • Chipa disse em 08/03/2011 | 02:03.

    Profissão: Blogueiro
    Cabelo: Nenhum
    Fonte de renda: Adwords

    Pessoal, acima a fórmula da felicidade!

    Responder

  • Bruno disse em 08/03/2011 | 03:54.

    Ta aí a fórmula pra acabar com todas, ou a maioria , dos problemas sociais que assolam o país: extinguir com o feriado de carnaval e a festa a que ele é atribuída.

    Responder

    • Molina disse em 09/03/2011 | 11:49.

      08/03/2011 às 3:54… Brunão, vai dormir cara. Tá tarde. Ninguem vai te mandar mensagem.

      Responder

  • disse em 08/03/2011 | 04:51.

    Chega a ser constrangedor pensar em quantas horas ela e o diretor demoraram pra fazer um discurso tão polêmico as custas de uma festa popular ¬¬ ” Conhecimento de causa” WTF? O.o Por favor, pq que pobre tem q ser triste o ano inteiro?! Pq todos temos que ser tristes? Das desgraças todos já estamos cansados de saber, jornais como o dela mostram toda hora, mas efetivamente o que eles fazem para mudar o social? Denúncia? Me desculpe isso qq um com cel e crédito faz… em menos tempo e se ledar com mais qualidade… ELA SÓ ESQUECEU DE FALAR QUE GRAÇAS AO CARNAVAL O POVO SABE QUEM ELA É…

    Responder

  • luxoriss@ disse em 08/03/2011 | 04:51.

    uma coisa é certa,no dia que o estado e prefeitura promover algo que dê prejuizo,só é feito uma vez, isso td mundo pode ter certeza…

    Responder

  • Cesar, de Fortaleza disse em 08/03/2011 | 06:55.

    Não há mal algum em se divertir. Eu falei se divertir, não extrapolar e agir com se fosse o último dia do mundo. O comentário da jovem reporter é carregado de verdade e isso tem que ser levado em conta. Os grande empresários são os únicos que lucram e o povo os únicos a ficarem na merda.

    Responder

  • Cesar, de Fortaleza disse em 08/03/2011 | 07:07.

    Caro Comentarista Vê, sempre há uma oportunidade para estarmos na linha de frente, vc por exemplo, tá na mesma esteira. Ela pelo menos ela é inteligente e vc, pelamordedeus, burro!

    Responder

  • thiago disse em 08/03/2011 | 08:47.

    Pode não ser feliz, mas mentirosa ela não é Flavio.

    E ao meu ver vc foi infeliz em chamá-la de infeliz por ser crítca.

    Responder

  • Léo disse em 08/03/2011 | 10:10.

    Lamenza,

    Espero que ao menos você peça desculpas aos seus fiéis leitores, pois gostar de carnaval não torna uma pessoa feliz.

    Sei que é um blog de humor, que você pode colocar seu ponto de vista, e que todos podem comentar, concordando ou não com as opiniões.

    Muitos aqui falaram de álcool, política, carnaval, etc. As pessoas costumam rotular os outros em virtude de seu gosto. Basta ver os anúncios de cerveja, que colocam os consumidores como alienados que preferem ficar num barco afundando, numa ilha deserta, desde que tenha uma latinha de cerveja. Colocam quem não bebe como um nerd aloprado, sem amigos…

    Da mesma forma, só porque eu não gosto de carnaval eu sou infeliz? Acho que rotular uma pessoa como infeliz, só por não concordar com o que ela diz, é um grande exagero.

    Opinião todos podem ter sobre qualquer coisa, mas rotular pessoas pelo que gostam ou não gostam é algo que acaba ofendendo.

    Um grande abraço.

    Responder

  • Bob disse em 08/03/2011 | 10:16.

    Queria casar com uma mulher com essa cabeça.

    Responder

  • André disse em 08/03/2011 | 10:55.

    O Flávio falou uma bobagem e conseguiu muito pano para manga…
    Parabéns Flávio.
    Parabéns para a jornalista. Estou com ela.

    Responder

  • Mias de 30 disse em 08/03/2011 | 11:10.

    Eu não poderia concordar mais com a jornalista. Bando de imbecis vazios esse povo que adora carnaval.

    A vida volta à realidade na quinta-feira (ou na segunda-feira-seguinte) e com a realidade volta também o vazio imenso de cada um.

    E então passam a esperar pelo próximo fim-de-semana ou feriado!

    LINDA, RACHEL! VOCÊ MANDOU MUITO BEM!

    Responder

  • Arthur Aragão disse em 08/03/2011 | 11:10.

    achei interessante a parte de “cade os pm’s quando o povo preciso”
    como se uma cidade pudesse ser comparada com um regiao onde pessoas se divertem.

    algumas coisas q ela falo ali ate q é mesmo.
    agora outras, por mais q aparecimento possa ser verdade, devemos conhecer antes.

    outra coisa, ela falou de DST…. cara, e culpa de cada um isso, nao do poder publico…
    otario e quem mete sem camisinha, pq midia e o que nao falta.

    Responder

  • Renata Schwengber disse em 08/03/2011 | 11:23.

    Na minha opinião ela está mais do que certa. Tirou a ‘purpurina’ do carnaval e falou uma verdade que todo mundo ignora .

    Responder

  • Marcelo disse em 08/03/2011 | 11:28.

    Pois é, não é por que a gente fica lendo o blog que vai concordar com tudo que a parece ou com tudo que o blogueiro pensa. Acho que a jornalista está coberta de razão. Seus argumentos são simples mas convincentes. E não da pra esquecer das responsabilidades de uma ano todo para uma festa de quatro dias. Brincar sim … mas em tudo deve ter a responsabilidade e respeito ao proximo.

    Parabens Flavio, conseguiu o que queria … muitos posts … mas caiu no conceito.

    Responder

  • Ricardo disse em 08/03/2011 | 11:34.

    Flávio, se você é “feliz” com esses conceitos que ela levanta, só temos a lamentar… pois você é mais um “brasileiro” que não ajuda o país a andar pra frente… só ajuda a dar “ré” nessa merda toda…

    Responder

  • uffa disse em 08/03/2011 | 01:11.

    FLAAAAAAAAA…. FUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUU

    hauahauahauhuaahauah

    Responder

  • Aaron disse em 08/03/2011 | 01:18.

    Cara, não se tira sarro de coisa séria, desde que me conheço por gente acho o carnaval um pé no saco, estou 100% de acordo com ela! Se você quis dizer que somos infelizes por causa disso não colou, sinceramente gosto muito desse blog, mas vocês acabam de perder pontos comigo…

    Responder

  • Rafael da Silva disse em 08/03/2011 | 02:19.

    Ela fala a mais pura verdade.
    Carnaval é só putaria, vagabundagem e prejuizo real.

    Responder

  • Dg disse em 08/03/2011 | 03:54.

    Flavio, aparece ae e sustente sua opnião! Cadê vc? Posta e corre? po… sacanagem.

    Mas calma ae minha gente. Quinta-Feira tá todo mundo preocupado com a semana seguinte e esquecerão o que aconteceu estes dias. Simples assim! ;)

    Responder

  • Mahzo disse em 08/03/2011 | 04:26.

    Boaaaa Flávio, conseguiu oq queria…comentarios infinitos, com um tema tao comum
    uhauhauha

    Responder

  • ALGUEMM disse em 08/03/2011 | 04:41.

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk³³³³³³³³³

    tem gente colocando coisa sobre violencia, mortes e tudo mais… como se fosse a culpa do carnaval EM SI… aahh então vamos fazer mobilizaçoes pra acabar com o carnaval… não.. melhor… vamos fazer mobilizaçoes… pra acabar com os carros, e porque não??? tem acidente com carro toodo dia, todo dia gente inocente morre por causa de acidente de carro, e nesse periodo a culpa é do carnaval, claro, se não tivesse a festa ninguem morria por acidentes de carros… vamos deixar só ambulancias circulando por ai.

    Vamos acabar com as partidas de futebol tambem, claro que sim… todo final de jogo tem briga entre torcedores rivais, e ate mesmo entre torcedores do mesmo time.

    vamos acabar com o carnaval porque tem muita briga e muito roubo, engraçado… fui assaltado em novembro do ano passado e não era carnaval, ahh.. claro.. devia ser um fora de epoca. E as brigas ate parece que a violencia que ocorre nesses blocos acontece entre pessoas “boazinhas.”.

    Eu acho que ninguem é obrigado a ir a uma festa dessas. Vão porque querem e sabem os riscos que estão correndo.

    Uma pergunta para vocês que “querem acabar com o carnaval”, porque querem acabar com uma coisa que vocês nem participam? Que não atinge em nada em vocês.

    Responder

  • Ronaldo Bastos disse em 08/03/2011 | 05:30.

    Eu ja passei 3 carnavais em salvador e esse ano passei na alemanha, posso dizer com propriedade que ela está certa quando diz que:
    #1 – O carnaval, realmente, não é uma festa puramente brasileira
    #2 – Do ponto de vista financeiro, carnaval não é nada popular

    Quanto ao resto….tudo balela…eu quero mais é ver o asa de águia conquistando a avenida em salvador o mais bebado possível!Eu ouço axé desde criança logo, pra mim, isso é música tradicional! Quem quer ouvir frevo sobe mais no nordeste. Musicas antigas?Vai pro rio. Musica eletronica?Vai pro sul. E se não ta bom….vai pra PQP!

    Responder

    • Edilson disse em 08/03/2011 | 05:40.

      aapoiaado!!!!

      Responder

    • Leo disse em 08/03/2011 | 06:58.

      Sua educação mostra o nível dos axezeiros

      Responder

    • Marcos disse em 08/03/2011 | 07:59.

      ahue
      quer ouvir musica tradicional ahueahue
      tre liga bico de luz
      musica tradicional tu não tem nem idéia do que é…
      faz assim…
      fica na alemanha com o dinheiro da tua mãe… uns 80 anos depois volta pra cá…

      Responder

  • leonardo brito disse em 08/03/2011 | 05:31.

    Primeiro o blogueiro se f#deu com aquele comercial da nissan, que só mostrou para os anunciantes como seu produto é desacreditado, e agora com mais esse vacilo o l@amenza foi pra lona.

    Responder

  • guilherme disse em 08/03/2011 | 07:13.

    Ela tá Certísiima, mas que tá precisando de um belo chá de picaminha, ela tá!!!
    Oh mulher mal amada…

    Responder

  • Anna disse em 08/03/2011 | 07:51.

    Estou entre os “infelizes”, detesto o carnaval e adorei o vídeo.
    Comentário lamentável o seu Flávio!

    Responder

  • Marcos2 disse em 08/03/2011 | 08:02.

    e vai moderar tua mãe, estou num pais livre e com direito a opinião
    ou não?

    Responder

  • Marcos2 disse em 08/03/2011 | 08:03.

    nao espere resposta, pq não dou a mínima

    Responder

  • Rafael disse em 08/03/2011 | 08:24.

    Não sei o que é pior aqui, se é o comentário infeliz do dono do blog ou todos os comentários de pessoas alienadas que concordam com ele!

    Fazer piada com coisas engraçadas do dia-a-dia é ótimo!
    Brincar com coisa séria quando se tem um grande público é irresponsabilidade!

    Admirável da parte dessa jornalista expor sua cara em publico para opinar contrariamente ao que toda uma sociedade pensa! É óbvio que ela não é burra e saberia que sofreria criticas e retaliações de tudo que é parte!

    O mais engraçado que as pessoas não percebem é que há tanta verdade nos comentários dela que deixa as pessoas que acreditam em toda essa palhaçada que se tornou o carnaval tão irritadas!

    Responder

  • Willian disse em 08/03/2011 | 08:39.

    É…humorista pode ser, mas como formador de opinião o dono desse blog é mesmo uma piada hauhauahuahua.

    Responder

    • Leo disse em 09/03/2011 | 02:30.

      Humorista? Hoje qualquer um monta um blog e se auto-declara humorista.

      Responder

  • Cris disse em 08/03/2011 | 08:59.

    Concordo plenamente com o que a jornalista disse.

    Responder

  • wesley silva disse em 08/03/2011 | 09:17.

    Quanto mais eu leio os comentários infelizes do Chongas nesse blog, menos eu animo de entrar aqui, e mais eu tenho a impressão de o Flavio, o “feliz”, ser mais um boçal que infecta a nossa sociedade com pensamentos sueperficiais. A desqualificação da imagem da jornalista sem uma BOA ARGUMENTAÇÃO sobre o assunto, como bem apontou nosso bem presente amigo Jorge, foi o fim da picada. Concordando com a jornalista, e resumindo seu ponto de vista: gosto de carnaval, abomino axé, pagode e afins (há alienados que pensem que carnaval se resume a esses estilos) e tenho nojo da privatização do carnaval e da política de circo da parte do Estado.

    Nâo visito mais esse blog. Pode não fazer diferença nenhuma para o Flavio Lamenza, já que pela regra n° 1 ele tem sempre razão, ou para os outros “felizes” que visitam isso aqui. Mas acreditem, deixarei de perder minutos preciosos da minha vida.

    E não, não sou nenhum recalcado. Curto muito minha vida, sou muito feliz sem precisar ser um fã de BBB ou do Asa de Águia.

    Responder

  • Dé. disse em 08/03/2011 | 10:12.

    você vai ter um bom trabalho pra ler todos os comentários. hehe :D

    podemos admitir, ela disse umas boas verdades, que são fatos.

    Responder

  • Vinicius disse em 08/03/2011 | 10:34.

    Se foi ela quem escreu isso tudo achei incrivel, e simplesmente completo td oque ela disse, ela falo td td mesmo impressionante. Adorei, gostei mesmo. Parabens ao blog mais especialmente a Rachel.

    Responder

  • paulista disse em 08/03/2011 | 10:52.

    forever alone detected.

    Responder

  • Thonny disse em 08/03/2011 | 11:02.

    Quantas asneiras nesses comentários.
    Pensem um pouco antes de postar.

    Responder

    • Leo disse em 09/03/2011 | 02:29.

      Começando pelo seu

      Responder

  • mauricio disse em 08/03/2011 | 11:31.

    Concordo com a jornalista, mas essa discussão vai ser infinita. Ninguém é obrigado a gostar do carnaval e quem gosta não vai deixar de gostar por causa de um video ou de um comentário revoltado. Sobre ser feliz vai muito do ponto de vista. Prega-se muito que pra ser feliz preciso gostar de festas, bebidas e tudo mais.. quem disse que tem que ser assim? Bem, pelo menos pra mim isso não traz felicidade, sou feliz a meu modo, na contra mão dessa bagaça toda.

    Responder

  • Sarah disse em 09/03/2011 | 12:14.

    tenso !

    Responder

  • Paulo disse em 09/03/2011 | 02:18.

    Quem ganha dinheiro com blogs deve ligar a mínima pra isso, se um idoso precisa de um atendimento ou se falta segurança . se eu ganhasse dinheiro com Blog com patrocínios de marcas de bebida e etc . Também seria feliz me lixando pra que acontece com meu País .

    Responder

  • Hunter disse em 09/03/2011 | 02:37.

    sabe o mais legal, enquanto vcs escreviam e discutiam este assunto, eu tava bebendo muita cerveja com o flavio e com a rachel!!!
    hahahahahahha
    opinião , cada um tem a sua!

    Responder

    • Carlos disse em 09/03/2011 | 11:27.

      Parabéns, Hunter.
      Você é feliz. E sabe. Que bom.

      Responder

  • Rafael disse em 09/03/2011 | 03:18.

    Com essa carinha já deu foi muito lá na paraiba no carnaval!!!
    Sucesso chongas.
    Um abração.

    Responder

    • HASHA disse em 09/03/2011 | 09:21.

      se tirar uma radiografia tu tá no meio das pernas do teu chefe kkkkkkkkkkkkk

      Responder

  • Marisa disse em 09/03/2011 | 08:09.

    Interessante… !
    Se uma mulher é inteligente o suficiente para expressar sua opinião, ela estando certa ou não (neste caso, 100% certíssima!)…
    Quem não concorda só sabe dizer: Ah, ele é mal comida! Ah, ele já deu muito no carnaval antes de falar!!! Isso é falta de pica!
    Ou de uma forma mais amena: Ah, ela não é feliz!

    Responder

    • Carlos disse em 09/03/2011 | 11:26.

      Marisa sintetizando perfeitamente os comentários contra a jornalista (e, diga-se de passagem) contra todas as mulheres inteligentes!

      Grande Marisa!!!

      Responder

      • Leo disse em 09/03/2011 | 01:42.

        Parece que ser mulher inteligente no país das bundas é ofensa.

        Responder

  • Anônimo disse em 09/03/2011 | 09:17.

    Queria saber porquê o careca salame está moderando os comentários? Não tem culhões pra ler sobre o que tu gerou? Você já foi melhor nisso Flávio… que tosco, tá ficando que nem o Rodrigo… daqui a pouco retira os comentários… lástima…

    Responder

  • Molina disse em 09/03/2011 | 11:46.

    Não venha Flávio! Tem trolls escondidos nas florestas próximas, estão tramando um ataque.

    Responder

  • marcelo andrian disse em 09/03/2011 | 01:02.

    ate que enfim alguem com bom senso, concordo em tudo com ela inclusive na parte das ambulancias e no aquecimento da economia. Carnaval uma feta para tapear o povo cada vez mais alienado do que se passa no brasil, depois naun adianta chorrar sobre o confete derramado….. disse tudo

    Responder

  • wadner disse em 09/03/2011 | 02:13.

    pão e circo para o povo alienado!!

    Grana para os traficantes e para o jogo do bicho.

    Responder

  • Anônimo disse em 09/03/2011 | 02:17.

    E agora kd o Flávio?!!!

    Responder

  • Fernando disse em 09/03/2011 | 04:49.

    Incrível ver como as pessoas acham que é tudo preto ou branco no momento de se dar uma opinião. Acho que o Flávio foi infeliz ao desconsiderar que uma parte dos seus leitores não gostam de carnaval, mas calma gente, foi a opinião dele. Se a repórter explicitou o ponto de vista dela (o qual eu concordo em partes, diga-se), o que tem demais no Flávio explicitar o dele? É o mesmo radicalismo, não importa o lado que você defenda.
    Entendo válida a opinião dela, até porque as pessoas que não gostam de carnaval são meio que recriminadas no sentido de que quase não há como fugir do bombardeio que os mídias lançam.
    Enfim, não concordo 100%, mas alguns pontos acho verdade, assim como não concordo com dizer que ela é infeliz, mas acho completamente aceitável que a pessoa se expresse.

    Abraços a todos, do SUPER FELIZ papai de primeira viagem, que não gosta de carnaval!

    Responder

    • Leo disse em 09/03/2011 | 07:36.

      O que você ganha pra defender o Flávio. Santa idolatria cega.

      Responder

  • kees disse em 09/03/2011 | 05:57.

    Carnaval é um LIXO.

    Responder

  • Camila disse em 09/03/2011 | 06:33.

    caramba galera, calma. teve gente que fez um texto gigante aqui, mto comédia.

    carnaval é só o feriado. tem festa sim, mas a bebida, gravidez e violência são por conta da população.

    e essa mulher falou a opinião dela, mas é aquela coisa né.. quem gosta te carnaval continua gostando.. ninguém vai falar “omg, não sabia que tinha isso no carnavaal! que bom que vc disse! odeio carnaval agora!”.
    Quem não gosta faz igual eu, vai pro retiro ou pra um lugar tranquilo e descansa!

    mas com uma coisa que ela disse eu concordo PLENAMENTE!

    AS MÚSICAS SÃO HORRÍVEIS!
    Mulher maravilha gente? sério mesmo? ¬¬

    Responder

  • lucas disse em 09/03/2011 | 06:43.

    Fui pra diamantina! Melhor carnaval da minha vida!
    Carnaval é a melhor coisa do mundo!!!!
    E vão vocês, Raquel, Jorginho, viver essa vida infeliz que vocês levam, pois se tudo que existe nesse mundo for ter que ser estudado, e ser praticado somente se valer a pena pra todo tipo de pessoa, nada de alegre será vivido, pois sabemos que existem opiniões e alternativas pra tudo!

    Responder

    • Leo disse em 09/03/2011 | 07:34.

      Mais um que acha que carnaval é a ÚNICA diversão que existe

      Responder

      • lucas disse em 09/03/2011 | 08:43.

        Leo, se você não curte muito carnaval ou acha apenas mais uma festa boba da cultura do seu país (não sei se vc é daqui, mas julgo ser), respeito sua opinião. Mas eu não disse que o carnaval é a única diversão que existe e sim uma das melhores das infinitas que existem… E mais uma vez, VIVA O CARNAVAL!!!!!!

        Responder

    • GUiGo disse em 09/03/2011 | 08:10.

      Oo polêmica..

      Bem, talvez o Flavio tenha sido infeliz quanto a felicidade da mulher ou não, eu entendi o que ele quis dizer chamando ela de infeliz, afinal, vamos combinar, quem não gosta de carnaval? Por mais q o que a mulher disse tenha algumas verdades,convenhamos que ela só olhou um lado da festa. Convenhamos, que todos nós gostamos de ficar esses dias todos sem trabalhar, curtindo, bebendo, viajando, fazendo o que for para se divertir. E convenhamos também que as pessoas que não gostam de se divertir na época do carnaval são tachadas sim como chatas e talvez por causa dessa generalização o Flavio disse q ela é infeliz. E até concordo, pq quem vai querer q a quarta-feira de cinzas chegue rápido?Eu quero é curtir o máximo! To correndo de voltar a rotina novamente, e para aqueles q acham q carnaval é só bahia,rio e são paulo, tao jogando dinheiro fora, simbora pro interior de minas q tem aki de graça e é bão demais!

      Responder

      • lucas disse em 09/03/2011 | 08:39.

        Falou e disse Guigão!
        Diamantina, Pompéu, Abaeté… Muita coisa boa!

        Responder

      • Marcos disse em 09/03/2011 | 09:10.

        Bom, imagine-se sendo dono de empresa em que seus clientes todos esperam o carnaval terminar pra começar a trabalhar, eles pensam assim como você.
        Já vi muita anta tirando 2 dias de carnaval enquanto a empresa oferece um extra de trabalho porque a empresa precisa. e essa mesma anta ganha 600,00 por mês e lhe é oferecido 100,00 por dia
        assim é a mentalidade da maioria, pensa como tu. infelizmente.

        Responder

      • Lucas disse em 10/03/2011 | 09:27.

        O Marcos, se vc é um empresário… parabéns.
        Se a sua empresa se ferra por causa do carnaval…contrate pessoas infelizes que se acham felizes por serem bem vistas por seus chefes que só querem explorá-las ao máximo.
        Acho que vc se esqueceu de considerar que a vida não é só trabalho.
        O quanto eu ganho não interessa, e nem reflete nos meus atos.
        Já que vc tocou no assunto salário e citou valores até,
        tenho certeza absoluta que muitas pessoas da minha família (não eu, pq apesar deu trabalhar, tenho apenas 20 anos e ainda estou na faculdade) se não ganham o mesmo que vc, ganham mais, curtem o carnaval, se divertem, e o principal, não saem por aí falando mau de quem ganha pouco e gosta de se divertir…
        Desculpa estar sendo um pouco grosso, mas é que esse tipo de atitude que vc tomou me incomoda muito, POIS SÓ REFORÇA A IDÉIA DE QUE SOMENTE QUEM TEM DINHEIRO É QUE PODE SE DIVERTIR, E QUE OS DEMAIS, DEVEM APENAS SE ATENTAR AO TRABALHO PARA NÃO PASSAR FOME NO FIM DO MÊS…
        OU SEJA, REFLITA SOBRE ESSA BABOSERA TODA QUE VC DISSE.

        Responder

  • Poker Face disse em 09/03/2011 | 07:41.

    O Flávio fugiu mesmo do debate. Falou merda e agora da uma de louco…. ¬¬

    Espero que pelo menos tudo isso renda um outro “Na Internet Pega Leve”… Vai ser engraçado ver a cara dele… rsrs Uma mistura de PokerFace/Paisagem/Vítima… rs e ouvir as escrotices sobre este assunto rsrs… Se é que ele vai ter coragem de comentar algo… rsrsrs

    Mas relaxa Flavinho, o tormento já está acabando… mais alguns “Posts” e a Sheherazade vai pra segunda página do site… logo logo a galera esquece… Força meu querido! rsrsrsrs

    Responder

  • JSantos disse em 09/03/2011 | 09:12.

    Queria saber porquê o careca salame está moderando os comentários? Não tem culhões pra ler sobre o que tu gerou? Você já foi melhor nisso Flávio… que tosco, tá ficando que nem o Rodrigo… daqui a pouco retira os comentários… lástima…(2)

    Responder

  • Eu de Pé disse em 09/03/2011 | 10:06.

    VÀ TOMAR NO CU! :D
    Meu carnaval foi perfeito vei!
    e pra quem nao gosta: “Foge, foge mulher maravilha, foge, foge com o superman!”
    AI dento!

    Responder

    • Ixe disse em 09/03/2011 | 11:03.

      corno mode on…!

      Responder

    • Satynne disse em 09/03/2011 | 11:07.

      Tá. Alguém me explica que RAIO é esse de mulher maravilha que direto e reto alguem comenta?
      ” Foge, foge mulher maravilha, foge, foge com o superman!”? Que porra é essa? Alguma piada internética que ainda não tive acesso?
      Ps: se for algum novo hit de carnaval, vou ficar feliz em saber que ainda não tive contato…
      Obrigada.

      Responder

  • Amy disse em 09/03/2011 | 10:53.

    Metade aqui nunca viu os vídeos “Na internet, Pega Leve” aqui do blog mesmo rsrsrs
    se não viu fica a dica… ;)

    recomendo o vídeo #4 passa lá!!

    Flavio, já que cada um aqui entendeu como quis…. vc tem todo o direito de responder apenas se quiser…

    E antes que digam não estou puxando o saco… nem conheço o Flavio, não ganho nada com isso…

    Responder

    • Trostoiski disse em 09/03/2011 | 11:02.

      tá puxando o saco… besta

      Responder

  • Transeunte disse em 09/03/2011 | 11:10.

    OU… 6 fala bagarai heim….

    Responder

  • Thyago disse em 10/03/2011 | 12:39.

    Credo… pra onde eu vou tem um monte de falso vermelhinho pagando de inteligente… Não basta achar que é bonito ter estas opiniões cambada…

    Responder

  • Pedro disse em 10/03/2011 | 02:22.

    Eu concordo com muito do que ela disse… MAAS
    que ridículo essas pessoas que tão reclamando de policiamento e ambulancia la,
    o estado não pode simplismente não botar policiamento e ambulancias, e deixar as pessoas la, se houver um tumulto ou algo do genero, é responsabilidade do estado cuidar disso!
    E também devemos lembrar que não é só às pessoas que estão na folia que os polciiais e as ambulancias dão apoio, é também às pessoas que tem casas perto do local, que tem carros na rua, que eventualmente precisa passar por la, é necessario que essa pessoa tenha segurança.

    Responder

  • Lazaroni disse em 10/03/2011 | 02:35.

    Concordo com o que a Jornalista falou. O carnaval é uma indústria, assim como também o dia das mães e o natal. Ela cumpre um papel bacana ao chamar a população para refletir.
    Com relação a opinião do Flávio, acho que ele não pensou o bastante ( ou ao contrário, pensou exatamente como polemizar mais o post) sobre o que é a referência de felicidade.

    Responder

  • disse em 10/03/2011 | 03:36.

    AÊ Ô ISSO É CARNAVAL DE SALVADOR ♫
    HAHAHAHAHA

    Responder

  • Lívio disse em 10/03/2011 | 02:05.

    VÃO TRABALHAR PARA PODER COMPRAR O ABADÁ DE IVETE E CHICLETE. ISSO SIM QUE É CARNAVAL!!!

    Responder

  • Ayahuaska disse em 10/03/2011 | 03:39.

    OU… 6 fala bagarai heim….²
    Então, vô falá tb.

    Virou rinha o baguio aki! Mó parte do tempo alguns se engalfinham por esporte, até enfiam o Flávio no meio e confundem opiniões pessoais c/ pessoal…
    Eba! Tô no lugar certo!

    Eu gosto do carnaval pela folga. Ñ assisto desfiles e cago e ando p/ escolas e trio elétrico. Qndo muito, saio cos amigos prum barzinho onde um bom som é coadjuvante perto da cerveja gelada.

    E CONCORDO C/ O FLÁVIO! Oh mulézinha infeliz!

    Ou seria o contrário?!
    Hg ela comemora seus 15 min, de fama graças a esse vídeo oportunista, aê, q a ascendeu exatamente qndo? No período de carnaval… Eu ouvi amém? uahuahuaha

    Que o carnaval virou negócio rentável, é inegável. Mas dizer q isso é novo?! Q só acontece agora?! E ela se dispõe a estar em frente às cameras? Francamente… Sempre foi assim, mesmo no período q ela curtia. Basta o olhar clínico de bons empreendedores e eles ñ só ganham + c/ isso como aumentam ainda mais a festa e seu poder de sedução. Fez sucesso, tm repetição e melhoria. É assim, sempre foi assim e sempre será! O produto tm nova embalagem, mas é o mesmo.

    Ela assume q já gostou de carnaval. No Brasil, carnaval é destruidor da inocência, sempre foi putaria. Todos tm alguma história q, no mínimo, taxamos de inconsequência, mas se é carnaval, tá liberado. É + antigo q andar p/ frente. Pais, avós e bisavós ñ me deixam mentir.

    Ela tb apela p/ saudosismos baratos… putz, ñ tm coisa q + desprezo…
    Quer erro maior q dizer q antes era bom e q agora é ruim? Ser saudoso é dizer q as opções atuais ñ prestam, que anteriores prestavam, e se esqcer q esse sentimento pútrido vem de “outros carnavais”. Ou seja, o carnaval a q ela se refere como bom COM CERTEZA Ñ FOI provavelmente pq anteriores foram melhores. Uma pessoa aprisionada em idealizações onde seu passado ou seu futuro valem + q seu presente. Essa pessoa tm inúmeras oportunidades p/ viver bm, buscar seu melhor “agora”, mas prefere destruir o presente, lamentar o q ñ é.
    Somos nós q fazemos valer a pena. Nós somos os responsáveis por como agimos, pelo q sentimos e pelas pessoas q se aproximam, ñ é o ambiente q ditará a emoção q sentiremos.

    Ela, formadora de opinião, deveria ser a primeira a se preocupar c/ a segurança dos q festejam COMO ELA JÁ FESTEJOU e quis segurança! E ñ me venha c/ “ñ bebia tanto”, “ñ trepava tanto” etc pq as oportunidades estavam ali e coube a ela saber o q valia a pena p/ ela. Vou repetir: coube a ela saber o q valia a pena p/ ela. Ela c/ certeza evitou os q a reprimiam. Portanto, ñ cabe a ela qualificar o carnaval alheio! Questionar segurança em frente as câmeras? Ratinho e Datena q se cuidem…

    … Qnto durará a repercussão desse vídeo?
    E como ela será lembrada? Oportunista? Hipócrita?

    Bom, como disse o Lamenza, “infeliz” lhe cabe muito bem.

    Responder

    • HUGHS disse em 11/03/2011 | 12:40.

      Yeah, viva as musicas infernais do carnaval, que naum dizem coisa com coisa, mas fazem a galera pirar ^^

      Responder

  • FelipeM disse em 10/03/2011 | 03:46.

    Botar a culpa dos problemas no Carnaval é sacanagem!

    Nosso país tá na merda por conta dos nossos políticos e pela população medrosa que nada faz contra tanta corrupção!

    Responder

  • Bruno Leal disse em 10/03/2011 | 04:59.

    hasuahusuas vcs são tudo uns fanfarrões que falam mal disso tudo mas a mina la do começo q falo merda do flávio ja ta errada pq se acha esse blog tão inútil nao deveria estar lendo e quero ver quem de vcs nao dexa na globo depois das 11 no feriado ou PIOR, aproveitaram o FERIADO DE CARNAVAL pra viaja, fica em casa etc… tudo banco de ipocrita #VÃOSEFODEREM hahahahahahaha

    Responder

    • Jaqueline disse em 11/03/2011 | 08:12.

      alguém entendeu o que esse rapaz tentou dizer?

      Responder

    • Pedro disse em 11/03/2011 | 10:01.

      Pontuação e Ortografia: não trabalhamos.

      Responder

    • Amy disse em 14/03/2011 | 12:02.

      to imaginando ele falando tudo de um folego só kkkkkkkkkkk

      Responder

  • Rolnei disse em 10/03/2011 | 06:08.

    Fato 1- A moça está certa… carnaval é uma mentira atrás da outra.
    Fato 2- O rapaz está certo. Ele deve ser feliz (por gostar de carnaval) e ela não;
    Fato 3- Queria eu ser feliz como o rapaz, mas não dá. Pro inferno com o carnaval!

    Responder

  • Onicio disse em 10/03/2011 | 06:37.

    Em tempo: Até agora nenhum pronunciamento do Flávio a respeito deste post.

    Responder

  • ALYNE disse em 10/03/2011 | 07:13.

    Bem… eu acho que a Sheherazade tem razão e acho que, se o blog é do cara, ele escreve o que quizer. Pra quê tanta confusão, gente?

    Responder

  • HUGHS disse em 11/03/2011 | 12:36.

    EU QUERO QUE VOCÊS ME DIGAM O QUE NÃO ENVOLVE DINHEIRO HJ EM DIA?
    vão lá vocês cantar a noite inteira pra não ganhar nada.
    vão lá vocês arrumar som, pra fazer festa.
    vão lá vocês fazer segurança de graça.

    Se essa reporter falou o q falou não foi por nada mais que dinheiro, sensacionalista SIM
    NÃO SE ENGANEM. trabalho com pessoas ligadas à TV, e sempre que vai sair uma bomba
    no jornal, eles procuram os grandes empresários da minha cidade para ganhar na propaganda,
    Mas não os julgo pois nada é de graça, tudo tem seu preço.

    E agente (“a toa que que nois é”) estamos aqui discutindo besteira enquanto esse blog ganha mais acessos e assim mais propaganda. ô.õ
    *** nem por isso vou parar de acessar

    Responder

    • Jaqueline disse em 11/03/2011 | 08:11.

      Se você gosta de gastar R$ 800,00 num abadá, você é muito otário

      Responder

      • Rodrigo L. disse em 11/03/2011 | 01:39.

        Otário é quem não tem pra gastar, e fica com dor de cotovelo, condenando quem gasta. O dinheiro é meu e eu gasto da forma que me for conveniente. E vc não tem nada a ver com isso.

        Responder

      • Ayahuaska disse em 11/03/2011 | 07:20.

        Senti a inveja escorrendo…

        Tb acho punk mulherada ter tanta roupa, tanto sapato e tanta maquiagem. Tudo q a gente qr é tirar tudo isso, deixa-las ao natural, sentir o cheiro bem de perto. Mas s/ essas felicidades – ou otarice, como queira – elas ñ trazem o viço, a alegria no olhar, q é o q + importa em todo o pacote.

        Voltando: tm gente na favela q paga R$ 3000 p/ muito + numa fantasia de uma noite. Pro viço de uma noite… P/ alegria no olhar de uma noite… Sinceramente, ser otário assim, mesmo q por instantes, é tudo o q eu + qro, Jaq.

        Responder

  • Ash Katium disse em 11/03/2011 | 12:46.

    Sheherazade eu escolho você, vai pokebolaaaaaa
    kkkkkkkkkkkkkkkk

    entenderam? Charizard – Sheherazade kkkkkkkkk ilario kkkkk … hã… ok =(

    Responder

    • Jaqueline disse em 11/03/2011 | 08:10.

      humor nerd

      Responder

      • Satynne disse em 11/03/2011 | 10:34.

        O besta é que eu tb lembrei vagamente de pokemón…
        hehehe
        Eu ri!

        Responder

  • Bruno Carneiro Leão disse em 11/03/2011 | 01:32.

    O carnaval que essa moça critica é o da Globo. Ivete, Claudia Leite… é o carnaval do axé, do lança perfume, do beijo forçado. É o carnaval do burguês. Mas ela precisa conhecer o carnaval de Pernambuco, onde o povo vai às ruas, e como diz o verso de um famoso Frevo: “se a turma não saisse não teria carnaval”. Aqui ainda temos o carnaval “de outrora”.

    E olhe que sequer brinco carnaval!

    Responder

  • Jaqueline disse em 11/03/2011 | 08:09.

    Nas cidades pequenas do interior de sp ainda tem carnaval de rua, grátis e familiar. Mesmo assim, já está sendo contaminado pelo axé e sertanojo.

    Responder

  • Monogo disse em 11/03/2011 | 01:34.

    Carnaval e uma válvula de escape do cidadão, que esta puto da vida com a situação atual do Brasil
    O Carnaval da o Reset

    Mas sera que isso deveria acontecer mesmo?
    Sera que devo me acomodar a situação completamente fudida desse pais por causa de festas?
    Essa tabela de conversa do brasileiro de injustiça para diversão e muito entranha

    Responder

    • Jaqueline disse em 11/03/2011 | 03:05.

      O problema é quando o carnaval deixa de ser uma festa popular pra virar diversão de patricinhas e playboys escrotos.

      Responder

  • eee disse em 11/03/2011 | 05:24.

    dddddddddddddd

    Responder

  • Cerezo disse em 11/03/2011 | 06:47.

    o Flávio conseguiu o que queria, quase mil comentários
    deve ta se masturbando vendo isso

    Responder

    • mucho loko del coco disse em 12/03/2011 | 06:57.

      kkkkkk… boa..

      Responder

  • Carol disse em 11/03/2011 | 11:29.

    Bom, tudo o que esta jornalista disse é a mais pura verdade…não dá para “tapar o sol com a peneira”…achei que este ano o carnaval do Rio não teria clima devido as tragédias anteriores que os cariocas enfrentaram, mas….fazer o que, né?. Agora, vida normal, os problemas continuam e, para muitos, o ano está apenas começando.

    Responder

  • Ed disse em 12/03/2011 | 04:49.

    Você é um idiota, ela não é.

    Responder

  • Adriano disse em 12/03/2011 | 09:56.

    Flávio, teu comentário, lamentável e raso, só me faz pensar o quanto se valoriza, nesse país, a política do pão e circo.
    Ela falou o que tem de ser dito, de uma vez por todas, para acabar com a hipocrisia de que que somos uma povo feliz e alegre, apesar de vivermos disfarçando a merda em que vivemos.
    Quem não enxerga apenas seu rabinho, há de concordar com a jornalista.
    De Gaulle tinha razão!E ela também tem!

    Responder

  • Erica disse em 12/03/2011 | 11:44.

    depois dessa, removi o chongas dos meus favoritos.

    Responder

  • Ge disse em 13/03/2011 | 01:07.

    625 Comentários, caramba.

    Responder

  • Lucas CM disse em 13/03/2011 | 11:13.

    Flávio, parabéns pelo post! Não sei se foi a sua intenção, mas, fez muita gente pensar no assunto. De qualquer forma discordo da sua opinião.

    Responder

  • Pedro disse em 13/03/2011 | 01:00.

    depois dessa, removi o chongas dos meus favoritos.[2]

    Coloco de novo quando ele explicar… ;-)

    Responder

  • Amy disse em 14/03/2011 | 12:13.

    Com os post eu só entendi que:

    Carnaval, é pra Rir ou Chorar?
    Eu sou feliz… (com o, ou no carnaval)
    Ela não é. (feliz… (com o, ou no carnaval))

    Não sei porque tanta briga, confusão e xingamentos direcionados ao dono do blog…

    tb concordo com ela que se direciona mta coisa pro carnaval onde a galera ta la de bobeira…enquanto em outros momentos pessoas que precisam não tem o mesmo atendimento…

    se o Flavio ja postou outras coisas e nao falou nada sobre isso, é porque ele ta no direito dele de não querer falar…

    Muita gente que ta agitando aqui são os mesmo que na epoca de eleição fala fala fala…mas elege os mesmos ladrões de sempre …

    Responder

  • GeBender disse em 14/03/2011 | 07:30.

    Flávio é feliz, a loira do video deve ser feliz, a questão é: “onde está a felicidade de cada um?” Certamente ela não está no mesmo lugar para todos. O povo brasileiro adora e idolatra o carnaval? tenho minhas dúvidas. Só vemos na midia os que amam, saem na rua, festejam, se embreagam, fazem orgias. Não vemos os que ficam com suas familias, em casa enclausurados, ou se mandam pra um acamapemento bem longe da bagunça. Eles também são felizes… infeliz e quem pula carnaval sem gostar ou sem saber o que tá fazendo lá (procurando mulher séria pra casar, por exemplo) ou quem é da esbórnia e tá lá casado e chifrando a mulher.

    fui…

    Responder

  • Eduardo disse em 14/03/2011 | 10:47.

    Regra N°1 quebrada, vc não teve um pingo de razão dessa vez…..=)

    Responder

  • Olinto disse em 14/03/2011 | 11:01.

    Concordo com ela.
    A questão é a seguinte: o prefeito faz o carnaval pq ele recebe dinheiro do estado
    para ressarcir os prejuízos e danos a patrimônios e seus órgãos do estado. Uma pessoa que toma um porre de bebida gera um custo de mais de R$800,00 conto para o estado. Assim eu tenho na minha mente direitinho o que se passa mas não tenho o dom de escrever bem. Mas vou deixar uma frase que se compara com a situação de um prefeito autorizar um carnaval em seu Município.

    “Um prefeito, deputado, senador, presidente, diabo a quatro sei lá… não recupera com seu salário de 4 anos de mandato nem 1/3 do que gastou na sua campanha para se eleger”

    Mas (but) eles sempre tornam o negocio lucrativo.

    Resumindo. O prefeito faz a festa recebe grana do estado, o desfalque na saúde é o governo que paga ou seja nós. E assim o prefeito entra no esquema dos camarotes e vai só entrando “abadazinhos” no guarda roupa da filhinha deles

    Responder

  • Wagner disse em 14/03/2011 | 11:11.

    Caraca, este post deu mais comentário que a aposentadoria do Ronaldo!

    Estou de acordo com a moça…

    Responder

  • Wander disse em 15/03/2011 | 07:14.

    Ela tem coragem de dizer a verdade e eu concordo. Pena que a maioria gosta de estar com a maioria e não tem opinião própria para dizer o que pensa, pois se a maioria gosta, porque vou discordar?
    E assim caminha a humanidade.

    Responder

  • Fábio disse em 15/03/2011 | 04:01.

    Além de super gata, falou com propriedade. Estou apaixonado.

    Responder

  • Ge disse em 16/03/2011 | 12:59.

    O povo ae tah precisando ver os videos Na Internet Pega Leve… x;

    Responder

  • Pedro Bó disse em 16/03/2011 | 11:12.

    Virei fã dela. Falou a verdade e o Chongas só ficou nervosinho porque é patrocinado pela emissora que ganha mais dinheiro com essa merda que é o carnaval. A Globo.

    Tô mentindo pessoal do Chongas?

    E como moro em Santa Catarina posso dizer que é uma ofensa a ela ser comparada com aquele filhotinho da ditadura chamado Prates. Quem disse isso é um idiota desinformado ignorante.

    Responder

  • Manu disse em 16/03/2011 | 12:32.

    O que ela fala é de carnaval como o do Rio, SP e Olinda , os quais acho muito sem graça… por que tem muitos carnavais de rua como o de Caicó (RN), não tem nada de camarotes… o carnaval bom mesmo é o da rua… uma bandinha e um monte de gente se divertindo… gente rica com que gente pobre… tudo misturado… não vamos generalizar todas as festas de carnaval.

    Responder

  • Eliana Gerânio disse em 16/03/2011 | 07:34.

    Carambolas!

    E depois dizem que sou chata…!
    Dizem que meu blog é um chiqueiro…

    CRUZ CREDO!!!

    Responder

  • Jean Ortiz disse em 16/03/2011 | 08:00.

    Nunca vi tantos comentários!
    Last!

    =D

    Responder

  • carol disse em 16/03/2011 | 11:08.

    concordo com ela ‘-‘

    Responder

  • maicoalvim disse em 17/03/2011 | 12:00.

    Porra Flavio, comentario infeliz este o seu. Eu curto(ia) pra krai seu blog, mas depois desse comentario seu…

    Responder

  • Esquilo disse em 18/03/2011 | 05:58.

    ta de brinks q essa putaria toda q rolo ai em cima foi por causa do “ela não é” né?

    Responder

  • Eu da Silva disse em 19/03/2011 | 12:54.

    Se ela não era feliz, passou a ser. Por causa desse vídeo ela foi contratada pelo SBT. E o Sr. Lamenza teve participação na popularização do vídeo. Larga essa vida de blogueiro e vai abrir uma agência de empregos. Ráááá!

    Responder

  • paulinho disse em 20/03/2011 | 09:25.

    Ela tá contratada pelo Silvio Santos.
    Dá pra ficar feliz agora.

    Responder

  • Felipe Sylar disse em 26/03/2011 | 09:16.

    O importante é que acho… que acabei de me apaixonar pela Rachel Sheherazade.

    Responder

  • Carlos disse em 01/04/2011 | 05:59.

    ela nunca vai ter um namorado…

    Responder

  • xXLabelXx disse em 10/04/2011 | 04:13.

    Vi muitos comentarios atacando o autor do post falando sobre o comentario (eu sou feliz, ela não é)
    Eu posso estar errado e ter interpretado mal, mas me deu a entender que isso é diretamente em relação ao carnaval, e não ao fato dela ser feliz ou não em sua vida.
    Eu pelo menos todo ano me revolto com as coisas que acontecem no carnaval, e por isso não sua uma pessoa feliz por causa do mesmo, mas tenho uma vida super feliz e tranquila.
    Só não gosto do carnaval mesmo…

    Responder

  • Leidiane disse em 23/04/2011 | 10:38.

    Em parte … eu até concordo com ela ..

    Responder

  • Alf disse em 29/04/2011 | 07:22.

    Sobre o vídeo, ela não falou nenhuma mentira. E em relação a ela, a considero uma ótima jornalista. Não só esse comentário, mas outtros que ela faz são bons também.
    Sobre ela não ter namorado, pelo que vi na internet, ela é casada e tem dois filhos. E se vocês verem o vídeo direito, ela não odeia o carnaval.
    Sobre o post, nunca vi tantos comentários escritos no mesmo.
    Tomara que a jornalista tenha muito sucesso no SBT.

    Responder

  • Guilherme gaúcho disse em 12/01/2012 | 11:07.

    Eu gosto de Carnaval, das marchinhas, das brincadeiras… O resto, é o resto…
    Eu me impressionei com a quantidade de internautas brasileiros que concordou com as palavras dela “detonando” o Carnaval! Não acho que o que a jornalista falou seja “verdade”. Acho sim, que ela exagerou, mostrou só os pontos negativos da festa popular do Brasil.
    Faço parte da minoria que não concorda com a Rachel e com os internautas que comentaram manifestando apoio a ela.
    Cada um curte do seu jeito. Mesmo que seja apenas passando o feriado numa praia ou num hotel com piscina e ouvindo as músicas de sua preferência, ou jogando cartas com seus parceiros.
    O resto é o resto!!! Não tô nem aí!!!
    Passar bem!!

    Responder

Comentar

Mas leia antes estas três regras:
  1. O Flavio Lamenza tem sempre razão
  2. Os campos marcados com * são obrigatórios
  3. Em caso de dúvida, ler a regra no 1