A Marca das Olimpíadas Rio 2016

6 de janeiro de 2011

Esta foi a marca (na minha opinião, lindíssima) escolhida para representar as Olimpíadas de 2016 no Rio de Janeiro:

Imagem: Marca do Rio 2016

Mas ninguém na internet sossega o facho, afinal todo mundo é especialista em tudo, sabe de tudo e tem opinião sobre tudo. Não seria diferente com esta marca. A primeira foi acusarem de plágio com a logo da fundação (que ninguém na vida havia ouvido falar, mas agora todo mundo já conhecia) chamada Telluride Foundation


Imagem: marca da Telluride Foundation



Depois do Carnaval de Salvador em 2004, que essa sim é cópia descarada da Telluride Foundation:

Imagem: Marca do Carnaval 2004

E ainda a pachorra de falar que é a marca Rio 2016 é plágio do quadro do Henri Matisse, chamado La Danse de 1910 (que eu achei feio pra cacete!)

Imagem: Quadro de Matisse chamado La Danse de 1910

Minha gente, foram mais de 139 agências de design e publicidade participando da concorrência. Pessoas que estuadaram 4 anos ou mais em faculdades e cursos, pessoas que são especialistas em reproduzir em imagem o que você não é capaz de reproduzir em palavras…

Esta marca está prevista para ser vista por mais de 3 bilhões de pessoas, tem idéia da responsabilidade de agradar a maioria?? Imagina você fazer um trabalho onde o público-alvo é o mundo!

E se é pra acusar alguém de plágio, então é bom prender todo mundo (inclusive as crianças) que fazem uma roda e giram conforme a música, porque todos estão fazendo a mais famosa ciranda de roda.

Imagem: Ciranda com crianças

A marca é o rio sendo abraçado, tem movimento, tem cores e mais bonito de tudo, ela é tridimensional (vejam o vídeo), é a primeira marca com esta idéia de poder estar dentro dela. Eu achei fantástica e muito bonita. Parem de procurar erro no trabalho dos outros e façam bem o de vocês… sejamos felizes e busquem sempre conhecimento.

***

Vejam o vídeo da Agência Tátil, a responsável por desenvolver a marca. Está emocionante e explica as três dimensões da marca.

126 pessoas já comentaram

    • Lopes disse em 06/01/2011 | 11:24.

      Manda logo tomar no c@#$@#%@#$@#$ mermão! Assim que se fala brow! uahauhauh

      Responder

      • Rr. disse em 07/01/2011 | 11:32.

        o logo parece uma chupeta, isso sim!

        Responder

  • Witalo disse em 06/01/2011 | 12:42.

    A marca está muito bem feita a Tátil está de parabéns, surpreendeu o mundo do design que tava meio cabisbaixo depois da logo da copa do mundo, que foi uma tragédia. Parabens pelo post flavio

    Responder

    • Rancha disse em 08/01/2011 | 11:24.

      SURPREENDEUO MUNDO DO DESIGN?!?!? Ele mal informado hein?! Afee, sério, as semelhanças são inontestáveis! Com a “Nata” do desing brasileiro 139 agências de publicidade, eu esperava algo um pouco mais criativo…. me desculpe, mas esperava…

      até o criança esperança usa idéia das mãos dadas…nada contra o criança esperança, mas essa idéia já foi muito usada né?
      O “inovador” foi que fizeram uma escultura da logomarca pra dizer que é em 3D. só pq com o 3D dos filmes isso tá na moda…

      Responder

      • Satynne disse em 14/01/2011 | 02:13.

        Concordo com o Rancha**. Acredito que ficou batido. Um símbolo comum. Impossível você olhar e não achar que já viu isso em outro canto. Não surpreendeu. Não to dizendo que “Ahhhh, não deu trabalho…”, mas já vi TANTA coisa fantástica saindo da publicidade brasileira, que eu REALMENTE esperava mais.
        E né por nada não, mas se o publico alvo é “o mundo”, e suponho que a maior parte deste mundo não seja composta de designers (só um chute), acredito que a opinião do povão leigo em design realmente importe. E está óbvio que uma parte considerável desse povão não curtiu a proposta.
        E todos tem direito de gostar, e não gostar, e louvar ou dizer que detestou algo, não?!
        Não é porque eu nunca ganhei mais de milhão de reais por mês com música e não sei tocar um instrumento que vou deixar de achar a Banda Calipso uma merda, e dizer que é uma merda se eu tiver que expressar minha opnião, e fazer cara feia quando toca.

        Responder

      • Mauricio disse em 30/11/2011 | 11:14.

        blá, blá, blá…. Faz melhor então fodão!!! Criticar depois que ta tudo pronto é fácil, fazer antes é que eu quero ver…
        A logo está impecável, e não aquele m**** que é a da Copa.

        Ps.: Logomarca? Isso dói viu…

        Responder

  • Juh disse em 06/01/2011 | 12:43.

    Concordo plenamente!
    Eita povinho chato que só sabe reclamar!

    Responder

    • Vinicius disse em 06/01/2011 | 01:41.

      Na natureza nada se cria nada se perde, tudo se copia.

      mimimi

      Responder

  • Carol disse em 06/01/2011 | 12:43.

    first

    é isso tá linda a marca,o povo acha erro onde não tem,é íncrivel…
    sempre tem um que quer criticar;

    Responder

  • Mateus disse em 06/01/2011 | 12:47.

    Aee, finalmente alguem com cabeça pra dar um basta nesse assunto de plágio. Todo mundo sempre tem que criticar as coisa, nada esta bom ! :S

    Eu como estudante de DESIGN GRÁFICO na UFJF, sei bem como é trabalhoso desenvolver logomarcar, ainda mais numa dimensão MUNDIAL como essa.

    PARABENS a agência pela logo, e muito bacana a ideia do 3D, que vai estar ainda mais em alta na época !

    Responder

    • bruno disse em 06/01/2011 | 06:56.

      TU É ESTUDANTE DE DESIGN GRÁFICO E TA CHAMANDO LOGOTIPO DE “LOGOMARCA”??? PQP VAI ESTUDAR MEU FILHO…

      Responder

      • Alek disse em 07/01/2011 | 08:30.

        Olá Bruno,
        o Mateus está correto ao dizer logomarca.
        Logotipo, como o próprio nome diz é um logo
        que utiliza a tipografia… o tipo… as letras…
        como expressão/representação de uma ideia (ex.: GOOGLE, ESSO )
        Ele só errou ao escrever, por colocar um “R” a mais no final.

        e… sim… sou graduado em Desenho Industrial
        com especialização em História da Arte – UEL.

        Obrigado.

        Responder

      • Juliana disse em 07/01/2011 | 12:52.

        Mateus, Alek e Bruno

        Logotipo + Símbolo = MARCA

        Logomarca:
        Tragédia semântica consagrada pelo mercado publicitário brasileiro. Pode ser um símbolo, um logotipo, um mascote ou uma gota de café no guardanapo.

        http://logoeca2014.blogspot.com/

        Responder

      • Felippe disse em 17/01/2011 | 12:03.

        Só a Juliana acertou mesmo, é só ir pela semântica das palavras!

        Responder

  • Barba Farta disse em 06/01/2011 | 12:49.

    Acredito que o quadro do matisse tenha sim servido como referência e inspiração. Mas não plágio dos outros logos como tinha sido citado.
    Gostei do logo. :D

    Responder

  • Felipe disse em 06/01/2011 | 12:50.

    Depois de tudo isso.. os caras ainda tem coragem de dizer q copiaram… fala sério..

    Show de bola o logo!!

    Parabéns Tátil!!!!

    Responder

  • Le disse em 06/01/2011 | 12:50.

    Ótimo trabalho deles !! melhor do que a da copa que parece o xico xavier. =)

    Responder

  • Tiago de Andrade disse em 06/01/2011 | 12:51.

    É isso aí Flávio!

    As pessoas gostam de ficar criticando o que não entendem.
    Sou designer e gosto muito da área de branding. Essa marca ficou muito bem feita e extremamente bem explicada em seu conceito no vídeo da Tátil.

    É bom ver o apoio de sites como o seu, explicando para os mais leigos o que acontece realmente.

    Abraço!

    Responder

  • ET BILU disse em 06/01/2011 | 12:51.

    Caro Chongas, vc me plagiou, a frase “busquem conhecimento” é minha.

    A logo é bonito? é. Eu não conhecia a tal da telluride foundation? não. Ma que é uma cópia é muito claro. Por que tanta defesa, tem algum amigo na Agencia Tátil?

    Responder

  • Tarcísio disse em 06/01/2011 | 01:01.

    O foda é que até a posição das cores testá igual, é muita coincidência…

    Responder

    • Marcelo disse em 06/01/2011 | 01:55.

      É mesmo? Acho que você tá meio daltônico… cadê o vermelho no logo? O verde tá do lado oposto nas duas.
      Como disseram acima, tem gente que quer colocar defeito em tudo.

      Responder

  • Clarice disse em 06/01/2011 | 01:02.

    Caramba, o chefe deles parece o Rodrigo Santoro.

    Ficou legal mesmo, pena que não da pra dizer o mesmo do logo da copa.

    Responder

  • Alex disse em 06/01/2011 | 01:10.

    Uma palavra: DEMAIS!

    Responder

  • Mário disse em 06/01/2011 | 01:17.

    Apoiadíssimo! O logo ficou muito lindo. É injustiça que considerem plágio uma obra como esta. E é interessante pensar, como o Flávio pensou, que até a dança de ciranda é um plágio, por que não? Já que tudo é plagiado, deviam proibir as crianças de brincarem e queimar o quadro de Henri Matisse. Ou tudo é permitido…

    Responder

  • Carlos disse em 06/01/2011 | 01:18.

    Hummmm…
    Que cheirinho é esse??
    Acho que é cheiro de post patrocinado!!
    Não se trata de plágio, mas de uma FORTE inspiração, digamos assim.

    Responder

    • Skolbar disse em 06/01/2011 | 05:11.

      Será??

      Foi plágio sim minha gente, mas claro, quem acha q não foi tem todo o direito de defender. Poderíamos dizer que a logo das olimpiadas ficou melhor que a da Telluride.
      Pra mim foi o seguinte: O designer pensou sim numa galera abraçando o Rio, unidas, de mãos dadas etc (bem cliche por sinal). Aí entra no google, imagens, “hands” “circle” “logo” ou algo do tipo, manda procurar, escolhe a mais legalzinha e pensa: “Taí, é essa, acho que dá pra dar uma lapidada…” E “voilá”!
      E desde quando 4 ou 5 anos de faculdade, ou pos-graduação em alguma coisa é sinal de competência?

      Responder

      • Rodrigo disse em 06/01/2011 | 09:17.

        Você acha mesmo que o processo de criação de uma marca como essa se resume a isso?

        Essa galera se supera a cada bobagem que comenta.

        Responder

      • Leandro M. Braz disse em 07/01/2011 | 01:11.

        Não descarto a possibilidade de ter rolado uma busca básica na internet, pra inspirar, e acabaram batendo com essa logo, mas afirmar que foi plagio com toda certeza é ignorância. Pra começar, não há evidência disso, apenas especulações sobre supostas semelhanças. Além disso, se de fato viram essa logo da fundação durante a criação do logo, isso não anula todo o trabalho e tudo aquilo que eles conseguiram representar na arte final.

        E uma coisa q todos ignoram: orgulho. Artistas de verdade tendem a querer fazer o novo, o original, por orgulho. “Copiar de outro lugar? tá louco? vou ter minha própria idéia!” Duvido que esses caras se desafiaram a disputar o logo da olimpiada pra fazerem um plagio. Eles queriam colocar a marca deles ali, não tenha duvida disso. Duvido que iriam ser desleixados ao ponto de copiar da net, isso é moleque que acabou de aprender a usar photoshop..

        Enfim, até que se PROVE o contrário, o logo é original… especulação de c* é rola

        Responder

      • Flavio Lamenza disse em 07/01/2011 | 10:51.

        Realmente, se foi assim, porque você não participou da concorrência. Se é só do Google que você precisa então você deve ganhar concorrências fáceis não é mesmo???

        Responder

      • Rr. disse em 07/01/2011 | 11:33.

        mimimi pro Flavio

        Responder

  • Dourado disse em 06/01/2011 | 01:21.

    ótimo logo

    o video só tem no youtube?

    Responder

  • daniel disse em 06/01/2011 | 01:24.

    ficou parecido. se a agencia tivesse estudado mais a fundo, talvez nao faria algo com tanta similaridade…

    Responder

  • Murdock disse em 06/01/2011 | 01:34.

    Achei a marca linda também, tomara que vendam ela em miniatura como a que o cara mostra no vídeo.

    Responder

    • andre disse em 07/01/2011 | 10:13.

      ela foi feita pra isso. Espere e verá.

      Vai custar uns 100 reais a oficial. Mas vai ser encontrada a 5 reais em qualquer camelô de esquina.

      Responder

  • fred disse em 06/01/2011 | 01:37.

    Coitadinhos né, não podem ser criticados por ninguém… Todo mundo tem que achar lindo senão magoa… Afinal, é o brasil né, ame-o ou deixe-o. Blablabla.

    Responder

  • Gabriel disse em 06/01/2011 | 01:38.

    A marca só tem o que criticar pra quem não analisou ela…
    Ela transmite tudo que os jogos precisam, vai muito além de uma logomarca que não passa de uma letra maiúscula estilizada.
    Além de valorizar a cultura carioca, claro. ^^
    ótimo post :D

    Responder

  • bruno disse em 06/01/2011 | 01:40.

    fico muito daora,sei la sempre te otarios q querem acabar com o trabalho dos outros

    Responder

  • arcanis disse em 06/01/2011 | 01:42.

    A logo ficou sensacional.
    Tanto a das olimpiadas quanto a da citada fundação podem sim ter sido inspiradas pela obra de Matisse, que foi inspirado pelo quadro “Oberon, Titânia e Puck” de Willian Blake.
    Representar algo universal como o abraço coletivo, é algo muito difícil de se fazer e usar partes do corpo humano ou o corpo inteiro é sempre perigoso quando se trata de logotipos.
    Dizer que houve cópia é demais.
    A maiorias dos estudantes de publicidade e design, são bombardeados com referências criativas, vetores, e tendências; coisas parecidas hão de surgir naturalmente seguindo as tendências de mercado.
    Agora os engenheiros de obra pronta abrem a boca pra falar que é plágio.
    Parabéns a Tátil que lançou algo inovador e que provavelmente virará tendência daqui pra frente.

    Responder

    • Vinicius disse em 06/01/2011 | 01:49.

      “”A maiorias dos estudantes de publicidade e design, são bombardeados com referências criativas, vetores, e tendências; coisas parecidas hão de surgir naturalmente seguindo as tendências de mercado.
      Agora os engenheiros de obra pronta abrem a boca pra falar que é plágio.”"”

      Depois os imbecis abrem a boca pra generalizar e falar merda.

      Responder

  • Blé disse em 06/01/2011 | 01:43.

    Eu fico embasbacado com o conceito que as pessoas tem de “plágio”. Em plena era da internet neguinho acha que TODA obra de arte tem que ser TOTALMENTE ORIGINAL e não pode fazer a MENOR referência a NADA que já foi feito antes. É um pensamento imbecil e presunçoso – presunçoso porque o cara só considera outras coisas “originais” porque não sabe de onde elas são derivadas. Enfim, parabéns pelo post, Flávio.

    Responder

    • Blé disse em 06/01/2011 | 01:48.

      ah, e +1 ponto por usar a palavra “pachorra”

      Responder

      • fabio disse em 07/01/2011 | 12:32.

        é a esposa do pachorro ?

        Responder

  • Edu disse em 06/01/2011 | 01:51.

    A marca da Tátil não apenas é sensacional como é a primeira a ser tridimensional.
    Além disso eles conseguiram montar o nome “Rio”, usando as pessoas dando as mãos e ainda fazer referencia à linda natureza dos morros da cidade.
    É um desenho atemporal e que já entrou pra história.

    E Lameza, muito bem mencionado por voce, hoje todo mundo sabe tudo sobre tudo. Citando Seven Nation Army:
    “Don’t want to hear about it
    Every single one’s got a story to tell
    Everyone knows about it
    From the Queen of England to the hounds of hell

    Responder

  • Marcos disse em 06/01/2011 | 01:52.

    Só uma palavra para o logo: CHUPETA

    Quanto ao Flávio e a todos os cariocas de plantão: Parabéns, vocês são os caras, os fodões, são tudo e mais um pouco. Tudo que vem do Rio é o melhor!
    Conseguiram o tão sonhado evento que já havia consumido milhões e que agora vai consumir bilhões.
    Conseguem aprovar um logo bonito e moderno, mas nada original e que com certeza também custou milhões, para quem paga a conta, nós.

    Novamente, parabéns!

    Responder

    • Marcelo disse em 06/01/2011 | 01:57.

      [paulista recalcado] detected

      Responder

      • fabio disse em 06/01/2011 | 02:13.

        parece uma chupeta. Gastam bilhões nas olimpíadas e o povo morrendo nos hospitais por falta de leitos e médicos, gente morrendo em deslizamento de morro porque não tem onde morar.Assim é o Brasil.Pessoas deixarão de se alimentar para comprar um ingresso de R$ 200,00 para ver alguma modalidade.

        Responder

      • Marcos disse em 06/01/2011 | 02:20.

        Desculpa, recalcado não, primeiro que sou contra a Olimpíada e Copa ser realizada num país onde milhares de pessoas morrem em hospitais públicos e onde temos que mandar o exército retirar traficantes de comunidades pobres onde o governo não chega. Agora, gastar um fortuna em 2 eventos que envolve quantias gigantescas e que não vão melhorar em nada a vida das pessoas, só fazer firula para o mundo, é no mínimo insano.
        Agora, se o Rio queria tanto assim as Olimpíadas, que faça com dinheiro próprio. Por que tirar dinheiro do hospital público do Ceará para por num complexo esportivo do Rio é mais vantajoso? Eu não sei, mas com certeza o senhor Nuzman sabe, afinal, ele é carioca da gema e um bom seguidor das leis de Gérson.

        Responder

      • fabio disse em 07/01/2011 | 12:35.

        para de falar merda cara, os eventos esportivos não vão trazer nenhum avanço pra cidade??? 6 anos antes eu já percebo investimentos que NUNCA tinha visto aqui, inclusive a pacificação do alemão, que para nós cariocas, era algo completamente distante… para de dar pala de paulista recalcado!

        Responder

    • arcanis disse em 06/01/2011 | 02:32.

      Ou seja, não haverá evento em lugar algum não é Marcos?
      Ou vc achá que na Alemanha não tem nenhuma mazela precisando de investimento?
      Essa idéia de que aqui esse dinheiro é necessário em outro setor é uma falácia sem tamanho. Muito lindo no papel e na ponta da língua.
      Com copa ou sem copa, com olimpiadas ou sem esse dinheiro não seria investido em hospitais BRASILEIROS, pois não é só no Ceará que a saúde precisa de investimentos.
      Não só a saúde mas também a malha viária, aérea, educação, segurança… a lista é grande e pra acabar com o caos social do país seriam precisos umas 10 copas.

      Responder

      • Marcos disse em 06/01/2011 | 02:50.

        Caro Arcanis, comparar Alemanha com Brasil é complicado, mas não vou entrar nesse mérito até por que não dá. Achar que eventos trazem benefícios para um país/cidade é estar as cegas com a nossa realidade . Disseram que o Pan era um divisor de águas, sim, lembro muito bem que a 1 mês do início da competição a vila olímpica não tinha esgoto. Lembro também que para ir de um evento ao outro você passava por um caos urbano (favelas, ônibus velhos, extorquistas, etc). Ou seja, tudo feito nas coxa. Gostei também de todos os prédios construídos. Hoje o Botafogo tem um belíssimo estádio e paga uma mixaria pelo aluguel. Sem falar dos outros que nem sei se existem mais.
        Mas eventos são ótimos, principalmente quando a população sabe realmente para que são feitos. No Rio com certeza é para ter festa, da população e de seus políticos. O real espírito olímpico, que é a intenção dos jogos, não existe. Aliás, deixou de existir a muito tempo. Hoje a Olimpíada deixou de ser uma festa dos povos para ser uma moeda de troca de interesses políticos.
        Mas vamos embora, a besteira está feita, mas com certeza não pagarei 500 reais por um ingresso, pode ter certeza.

        Responder

      • arcanis disse em 06/01/2011 | 03:05.

        Marcos, de maneira alguma comparei Alemanha e Brasil, só disse que todos os países sempre necessitarão de investimentos em algum setor.
        No mais concordo com quase tudo que vc disse, só discordei do argumento que vc se valeu. Também não pagarei pra ver um evento que seja.
        Trazer beneficios trazem sim. Quando o evento é levado a sério e melhorias definitivas são postas em jogo.
        No caso do Botafogo; ele arrendou o estádio, paga ao estado para administrar o estádio sob uma condição, de promover melhorias no prédio e seu entorno bem como promover o esporte através do bem arrendado. No caso o clube promove a inclusão de jovens carentes no futebol como meio de inserção social, em parceria com a Petrobrás. No próprio estádio. Há também projetos para instalações de outros ramos de atuação dentro do prórpio estádio.

        Responder

  • Lucas Martins disse em 06/01/2011 | 01:56.

    Ótimo post, realmente era preciso algo assim para que “micreiros” que acreditam que sabem alguma coisa sobre Design, mas não passam de babacas que se “acham” por trabalharem com editor de imagens pararem de criticar.

    A identidade visual para mim esta perfeita, cor, forma, aplicações.
    Só a unica coisa que me machuca sempre que leio ou ouço é o termo LOGOMARCA, por favor, estudem, procurem, MARCA é tudo que o nome Rio 2016 representa, e LOGOTIPO é a forma que representa esta MARCA.

    Responder

  • ricardo galvão disse em 06/01/2011 | 02:02.

    Pachorra? só pq não foi vc que descobriu de onde era a inspiração do logo do PAN????
    fala sério Lamenza..
    eu adoro o seu blog mas sem essa de corporativismo rsrs
    até parece que quem faz faculdade não tem mau-caráter…fala sério Lamenza…
    tá com cara de post patrocinado mesmo…pelo menos patrocinado pelos amiguinhos de faculdade deve ser….

    Responder

      • Kasko disse em 06/01/2011 | 05:23.

        É, acho que o Flávio não aceita uma crítica… Concordo com o Ricardo, não é porque o cara fez faculdade que é o mestre supremo do universo, até porque um dos maiores marqueteiros do país, Duda Mendonça, não tem faculdade.
        E que isso tem cara de post patrocinado, isso tem.

        Responder

  • veloso disse em 06/01/2011 | 02:03.

    Não acredito que foi plágio, mas pode ter sido resultado do inconsciente coletivo. Sou arquiteto e sei o quanto é difícil fazer algo absolutamente original, porque no processo criativo utiliza-se as referências do repertório que é criado ao longo da vida. Dois projetos de arquitetura ou design podem ter resultados muito diferentes partindo do mesmo ponto ou ter dois resultados semelhantes tendo pontos de partida completamente distintos, pelo fato dos criadores terem as mesmas referências.
    Eu li a crítica de plágio em um blog que utiliza com frequência materiais que já foram postados anteriormente em outros blogs brasileiros e internacionais, mas podemos falar que isso também é plágio? Acredito que não.

    Responder

  • jorge disse em 06/01/2011 | 02:08.

    Claro que não foi cópia!!! Mas que rolo um jabazinho pro blog isso é certo!

    Responder

    • Flavio Lamenza disse em 06/01/2011 | 02:12.

      Porque rolaria? só porque eu gostei de algo quer dizer que me pagaram?

      Responder

      • Kasko disse em 06/01/2011 | 05:26.

        Talvez dinheiro seria um bom motivo…
        Concordo com você, o logo foi bem elaborado mas que está muito parecido com certeza está. Mas isso não quer dizer que seja plágio.

        Responder

      • Satynne disse em 14/01/2011 | 02:36.

        Não é pq gostou, Flávio. É porque deu uma super ênfase em repreender quem criticou.
        Não acredito que tenha sido um “post patrocinado”, rsrs… Pra constar… Só acho que a galera tá jogando essa piadinha do “jabá” pelo motivo que mencionei.

        Responder

  • Tiago Nunes disse em 06/01/2011 | 02:14.

    esse logo parece uma calcinha no chão (de uma mulher de 3 pernas, mas parece)

    Responder

  • jorge disse em 06/01/2011 | 02:15.

    Minha opinião! Você da opinião sobre tudo, não fique assim! Se você dizer que não foi eu acreditou, ou não!

    Responder

  • Bruno H. Paes disse em 06/01/2011 | 02:22.

    Particularmente gostei muito, passou uma sensação de movimento, além da tridimensionalidade. Ficou show!

    Responder

  • Luciana Jaeger disse em 06/01/2011 | 02:23.

    Eu adorei o logo das Olimpíadas de 2016 no Rio, e não sei se são meus olhos mas… levemente as linhas me lembram o Pão de Acuçar, talvez impressão não sei, no logo da Telluride Foundation parece que forma um coração, ou então para mim parece ser, ou seja nada a ver, o do Carnaval de Salvador em 2004 é plágio sim mas ainda diferencia porque lembra bem uma roda, o quadro nem se fala….
    Parabéns por expor sua opinião e deixar aberto para que possamos dar a nossa.

    Responder

    • arcanis disse em 06/01/2011 | 02:35.

      Vc não está enganada. Foi feita para fazer alusão ao Pão de Açucar sim.

      Responder

  • Diego disse em 06/01/2011 | 02:25.

    É muito tênue a linha que separa o original e o plágio no processo criativo.
    Certamente, não podemos tirar o mérito de todos aqueles que criaram antes de nós e nos quais nos inspiramos pra produzir nossas ideias (que não nascem do nada, são frutos das referências culturais que trazemos de nossas vidas). Mas o trabalho deles não pode ser encarado apenas como um fim, mas como um ponto de partida para novos horizontes. Depois de milênios de produção cultural, muita coisa já foi vista e revista, e seria esperar demais uma obra totalmente sem precedentes.
    Caracterizar os criadores (Agência Tátil) como gênios, no meu ponto de vista, é exagerado. Mas também, não devemos demonizá-los como plagiadores. No mais galera, apreciar a marca vai do gosto de cada um.

    Responder

  • Marcos disse em 06/01/2011 | 02:26.

    Volto atrás, o logo está perfeito. Pela roubalheira que vai ser esse evento, um chupeta é perfeito como símbolo, até por que se fosse um peito ou uma mamadeira iria ficar muito na cara. Perfeito.

    Responder

  • Inútil disse em 06/01/2011 | 02:30.

    Interessante seu ponto de vista tio Ku. Porém você defender isto, como carioca que é, soa como legislar em causa própria.

    Responder

  • paulo niteroi disse em 06/01/2011 | 02:32.

    Sr. chongas na minha opinião o senhor é um idiota, um bobo. Claro que o logo da “telluride” é ou era desconhecido é mais fácil de plagiar, ou alguem vai plagiar um simbolo muldialmente conhecido. Pelo visto o senhor não conhece nada do mundo corporativo, o logo é lindo não nego, mas é um plagio direto, ou como alguns falaram…uma inspiração.
    Não censure meu comentário.

    Responder

    • arcanis disse em 06/01/2011 | 02:37.

      plágio é plágio e inspiração é inspiração.
      Inspiração também envolve transpiração coisa que o plágio dispensa.

      Responder

  • Rodrigues disse em 06/01/2011 | 02:39.

    Estas mesmas pessoas poderiam ter feito a logo da Copa 2014. Teria ficado muito melhor…

    Responder

  • fernando disse em 06/01/2011 | 02:46.

    eita! nosso mundinho…
    taí uma grande apresentação, existe o design para quem é designer, o design para quem nao é designer (sem fazer propaganda do livro) e o design onde o público alvo é o mundo.

    parabéns para a agência, um belo trabalho!!!

    Responder

  • Marcelo disse em 06/01/2011 | 02:55.

    Nada se cria nada se inventa… tudo se copia

    Responder

  • Raphael disse em 06/01/2011 | 03:28.

    Bom, n sou designer, mas me interesso bastante, até pq estudo publicidade e considero design e publicidade áreas “irmãs”. E acho, realmente, que está marca está mto mais próxima do que deveria de várias coisas que já foram feitas. É bonita? Ok, é sim, tem todos os atributos necessários etc., mas que poderia ser mais original, sim, eu acho que sim.

    Responder

  • Tadeu Mesquita disse em 06/01/2011 | 03:33.

    Gente, pelo bom senso, a logo das Olimpíadas é sensacional! Não tem nada de plagio com a logo da Telluride Foundation, nada mesmo, quem trabalha só um pouco com imagem consegue perceber isso. A imagem do Rio trás toda uma sensação de movimento, o vídeo da Tátil mostra isso.
    Só para um esclarecimento a Telluride Foundation declarou que se inspirou no quadro Henri Matisse.
    Grande Abraço a todos e parem com teorias da conspiração.

    Responder

  • Daniel disse em 06/01/2011 | 03:39.

    Francamente pessoal, vocês ficam reclamando de plágio, cópia ou forte inspiração…..vocês acham isso errado? Acredito que não, pois um tem copiado o que o outro fala constantemente. Se tiverem o trabalho de ler os posts, verão que a idéia de um é replicado nos outros cometários.
    Quanto a melhorias ou não para cidade, isso só poderemos ter certeza depois do que o evento acontecer. Conheço Atenas ( os gregos estão passando uma recessão absurda), Sidney ( a Austrália sofre com as enchentes a décadas), Atlanta (é uma das que está em melhor condição, mas tem zonas que os turistas não podem ir) e Barcelona (cidade que teve uma grande melhoria, mas que tem sofrido um bucado devido a recessão, logo a pobreza tem surgido mais aos olhos). Das últimas 5 cidades olímpicas, só não conheço Pequim. A próxima eu já conheço (Londres, que está cheio de indiano levando problemas para lá).
    Poderíamos achar problemas maiores nessas cidades e questionar se as olímpiadas deveriam ter ocorrido. Nosso trabalho é analisar com cuidado as pessoas que deverão nos representar no governo, não ficar reclamando aos ventos. Vocês elegem Tirica, Maluf e cia pro congresso e querem reclamar da olímpiada no Rio…..vão arranjar algo de útil para fazer.

    Responder

  • Ítalo disse em 06/01/2011 | 04:04.

    Cara, parece até que esse post foi feito com a intenção de tirar inspiração pra mais um “Pega Leve na internet”. Dizer que essa marca é “Lindíssima”, depois falar que “Ninguém nunca ouviu falar na Telluride, então não podiam copiar, mas salvador copiou em 2004″(não estou dizendo que não copiou, apenas que se contradiz) e pra completar vem falar que esse logo é acima de tudo Original? Eu é que digo PEGA LEVE. Parece que precisam de mais 4 anos de faculdade, pois eu posso muito bem traduzir em palavras aquilo ali, traduzo em falta de criatividade e extrema enrolação .

    Responder

    • Bibi disse em 06/01/2011 | 04:31.

      eeee fanastismo carioca, o proprio video o cara fala como um paulistano ou gaucho pode fazer um simbolo que descreva o rio, ja que a copa é do RIO e não do Brasil em si, eles sim podiam arcar com as contas sozinhas ia ser legal chegar 2016 e ter coisa que não ta pronta eu concerteza iria dar muita risada disso…

      Responder

      • Douglas disse em 08/01/2011 | 04:41.

        Paulista recalcada! kkkk

        Responder

  • Sadi disse em 06/01/2011 | 04:26.

    Sou Designer Grafico fiz meu TCC sobre o redesenho da identidade visual da Infraero. Após muita pesquisa (para não fazer algo igual ou parecido com qualquer outro logotipo) cheguei num resultado satisfatório. Meu orientador gostou, outros professores gostaram, após uma semana eles vieram dizer que estava parecido com o logotipo do IBGE (e estava mesmo) Ou seja, se eu deixasse passar isso, viria algum muquirana e dizer que era plágio! Sendo que eu nem tinha me dado conta! Ou seja, reformulei tudo, refiz tudo do zero e aí sim cheguei num resultado mais satisfatório ainda.
    É difícil, hoje em dia, fazer algo 100% inovador. E tenho certeza que em algum lugar DO MUNDO, tem algo parecido com o que eu fiz. E não foi cópia de ninguém! O pessoal da Tátil está de parabéns!

    Responder

    • Diego disse em 06/01/2011 | 04:52.

      Sou da área de criação tambem – Arquitetura. Coincidências criativas exístem, pois as referências estão ai para todos pesquisarem e beber de fontes semelhantes. Já passei por coisa semelhante com arquitetura conceitual (um pouco mais dificil de ocorrer do que na arquitetura convencional). O projeto que me mostraram em um livro novo era, se não identico, muito semalhante ao meu.

      Enfim, quando se busca um objetivo – no caso a marca – onde se tem critérios e metas a atingir, é possível que se chegue no mesmo resultado de outra pessoa que traçou as mesmas linhas mesmo que para outro objetivo. Enfim, ao menos esse logo não foi escolhido pela Claudia Leite e Gisele Bündchen. Ou foi ?

      Responder

  • Tassio disse em 06/01/2011 | 05:08.

    Alguém já citou uma chupeta?
    Gostei, é tipo um cala boca pras crianças.

    Responder

  • Cachaça disse em 06/01/2011 | 05:16.

    Afff….quando vi, pensei cá com meus Bottons: Mais um criticando o logo afe maria.
    Mas resolvi ler…e finalmente alguém que concorde comigo. Não há copia, ninguém que não seja da área de publicidade pensa como eles (‘eles’ pq não dessa área). Eles ralam pra desenvolver uma idéia, pensam, criam, pintam e se bobear até bordam.
    Esse povo que critica tem é que ir catar coquinho mesmo.
    E se de tudo vocês insistem em plágio. Quem nunca copiou nada que lhe pareceu melhor…..ou não dá o braço a torcer ou jogue a primeira pedra!
    E de pedras eu entendo.

    Responder

  • Kardinho disse em 06/01/2011 | 05:22.

    Se for uma cópia, foi mil vezes melhorada!!!

    Responder

  • Sem noção disse em 06/01/2011 | 05:27.

    Agência Tátil, gravem algum estrangeiro falando mal da Logo que na mesma hora os críticos brasileiros vão se unir em favor da marca do país mais maravilhoso do mundo. Dica: se for o Stallone, melhor ainda….

    Responder

  • ZeLourenço disse em 06/01/2011 | 05:41.

    Se é plágio ou não, não importa….o ridiculo é esse post com cara de patrocinio.
    No Kibeloco já tinha saído esse logo antes…mas provavelmente ninguém na agência é amigo do Tabet. “Vejam o vídeo da Agência Tátil, a responsável por desenvolver a marca. Está emocionante e explica as três dimensões da marca…”, WTF???

    Faz humor, Flavio…que vc ganha mais

    Responder

    • Luan disse em 08/01/2011 | 04:01.

      Não seja imbecil, seu energúmeno. O post tá cheio de argumentos, imagens, dados e até mesmo um VÍDEO, e vc solta a asneira de que isso é patrocinado? Porra, discuta as ideias e refute os argumentos e opiniões, aí sim seu comentário valerá alguma coisa, sua anta.

      Responder

  • Don disse em 06/01/2011 | 05:55.

    Tao de parabens. Pode lembrar um monte de marca mas ficou bacana, e a tipografia do Rio sobreposto com a mesma forma, ajudou bastante.

    Responder

  • Cadu Magalhaes disse em 06/01/2011 | 05:56.

    Essa Marca é Carioca D+ !

    Digo isso por que sou o carioca que mais ama essa cidade ! ( perdão pelo Egoísmo)

    Parabéns Tatil, Design corre sim é na Veia!

    Responder

  • Bruno B1 disse em 06/01/2011 | 05:58.

    Essa marca é plágio sim!
    mas quer saber? dane-se!!! Não faz diferença nenhuma se é plágio ou não!

    Flávio, desculpe a ousadia e o atrevimento, mas eu acompanho o seu blog a 4 anos e entro nele diariamente, eu diria que sou praticamente seu fã! Mas para de fazer essas defesas que depois seus leitores te criticam e vc não gosta e fica bravo ok?

    abração e continue sempre com o ótimo trabalho! (menos ficar fazendo essas defesas)

    Responder

    • Satynne disse em 25/01/2011 | 04:02.

      Eu ri!

      Responder

  • Rodrigo Mendes disse em 06/01/2011 | 09:57.

    Nem sabia dessa historia de plágio mas que é bem parecida com o lgo da fundaçao sei la oq ée. Mas vou parar de falar e buscar conhecimento ta E.T Bilu.

    Responder

  • presidenti lulalélé disse em 06/01/2011 | 10:26.

    us cunpanhero desta impreza tatil ção muito criativu . este dezenhinho copia du outro dos gringo so custou alguns milioês de dolares, baratinho, mais barato que us dinhero que us cumpanhero leva na cueca.
    i us carioca vaum fase umas otima olimpiada.
    geniar, galёёёёre

    cariocas e suas cariocadas

    Responder

  • Valerio ramos disse em 07/01/2011 | 12:59.

    Bem, a logomarca é muito bonita e original, mas parece uma cópia melhorada de outra marca mesmo. O processo de criação foi http://www.google.com/imagens + people dancing logo + buscar.

    Nenhuma agência assume que se “inspira” em outras logos e trabalhos de outros estados ou países. Criar do zero é difícil, mas não impossível. Ficou linda, mas não é original.

    Responder

    • Blé disse em 09/01/2011 | 03:26.

      discordo TOTALMENTE! é IMPOSSÍVEL criar do zero! pode botar aí QUALQUER COISA que vc tenha criado que eu te mostro de onde vc “copiou”.

      Responder

  • Bel Salles disse em 07/01/2011 | 01:09.

    Pelo jeito que anda os comentários aqui, daqui a pouco pessoal só vai acreditar no Flávio se digitalizar o extrato bancário dele.

    Eta povo chato. Não gostou do logo? Faça melhor ou então cale a boca.

    A Logo é linda. É a melhor logo de jogos(Copa, Panamericano e Olimpíadas) que já vi até agora.

    Responder

  • Martim disse em 07/01/2011 | 02:26.

    Ficou legal…

    Mas o que me impressiona é que o mundo da arte cada vez mais parece o mundo do Direito…
    Faz uma coisa e defende em 400 páginas…
    Por um risco se pode fazer uma tese e defender de 1000 formas…
    Isso é o que acho totalmente ridículo, os “grandes nomes” como o oscar niemeyer é “um genio” e tem muita gente ai fazendo muito melhor sem ser reconhecida…
    Indicação é tudo lamentávelmente…

    Responder

  • Alex disse em 07/01/2011 | 02:44.

    Parece um plug anal

    Responder

  • Luis Ricardo disse em 07/01/2011 | 09:16.

    A logo é bem cliché, esse negócio de abraço, união, Rio de Janeiro alegre…. Porém eles conseguiram fazer o cliché ficar uma coisa bonita, com uma dimensão bem estruturada, ficou beeem melhor que a da Copa e dos Jogos Panamericanos.

    Responder

  • Flá. disse em 07/01/2011 | 09:40.

    Ficou linda a marca e dá um banho nas ‘semelhantes’…

    Responder

  • Everton disse em 07/01/2011 | 10:24.

    é meu engano ou um dos cara do video é o magic raul?

    Responder

  • André Luiz de Rocha disse em 07/01/2011 | 11:28.

    Eu sabia que o ET Bilu parecia com alguem…

    É VOCÊ FLAVIO! Tapiou todo mundo!

    Responder

  • leandro disse em 07/01/2011 | 01:17.

    Seu Xongas, eu não li todos os comentários, então não sei se alguém já disse isso, mas o fato é que o logotipo dos jogos foi sim inspirado no quadro La Danse, isso já foi dito pela equipe de comunicação que o criou. Da mesma forma como foi o logotipo da Telluride Foundation, por isso são parecidos.

    Responder

  • Crison disse em 07/01/2011 | 01:25.

    Bom, como os Blogs brasileiros são os reis do plágio, é natural defender o plágio dos outros!

    Responder

    • arcanis disse em 07/01/2011 | 02:09.

      Podia ter poupado o seu tempo com coisas mais uteis ao invés de vir aqui.
      Ajudaria as pessoas a não ler seu comentário de merda.

      Responder

  • Felipe Moraes disse em 07/01/2011 | 09:34.

    Mas uma vez. Parabéns!

    Responder

  • Douglas disse em 08/01/2011 | 04:32.

    Foi instantaneo comparar com “A dança”, de Matisse. Comparação chula? talvez.
    O problema é que no mundo ja existe muita informação, muitos produtos, muita arquitetura, e cada vez fica mais dificil de inovar. Hj, raramente se cria. Quase tudo se copia.
    Partindo para a logomarca, penso q foi uma “copia” muito bem sucedida, que vai fazer bastante sucesso e agradar a maioria.

    Responder

  • larissa disse em 10/01/2011 | 12:51.

    pode até ser plágio, sei lá, mesmo assim achei o logotipo bem legal. e, por favor, será que agora toda arte que for baseada em pessoas de mãos dadas fazendo uma roda vai ser acusado de plágio desse quadro?

    Responder

  • Artur disse em 11/01/2011 | 01:48.

    Mas está muito bom o seu post, ainda estou na duvida sobre ser plágio ou não, e particularmente achei que podiam fazer um logo melhor.

    Responder

  • Jorge Land disse em 11/01/2011 | 04:26.

    Concordo com o que disseram aí pelo meio.

    A marca é bonita, o povão (me incluo) não conhecia a marca da Telluride mas é claramente inspirada.
    A impressão que dá é que tentaram bolar algo diferente, não conseguiram então deram uma estilizada 3D na anterior e pronto, está feito.

    Idêntica não é mas peraí, né?, inédita também não. Surpreendente também não. Essa história de que “tudo já foi feito e nada sai do zero” é o que separa o competente do genial.

    O Chongas está sendo condescendente demais para soar desinteressado nessa história.

    Responder

  • Diego disse em 11/01/2011 | 11:54.

    Tá na cara que é plagio
    É só reparar que a logo da fundação lá tbm traz traços de uma imagem, que no caso é o coração, e tbm que é 3D. Isso é plagio.
    Idéia copiada e processada da maneira que o contexto precisa.

    Responder

  • Iury Salomão disse em 12/01/2011 | 06:00.

    Sou de Salvador Bahia e a marca do carnaval 2004 daqui foi o meu Tio Marco Froés que fez eu tinha ainda 7 anos agora tenho 15 e depois que ele fez isso todas as outras marcas do carnaval de salvador e do RJ tiveram bonecos !

    Resumindo, bando de copiadores !

    Responder

  • Mário disse em 12/01/2011 | 07:16.

    Pessoal confunde inspiração e referência, com plágio.

    Nada hoje é 100% original.

    Responder

  • DGuedez disse em 12/01/2011 | 11:50.

    Sensacional. adoro design gráfico.

    Responder

  • Fantomas disse em 14/01/2011 | 12:18.

    Copia na cara dura, certas agencias brasileiras fazem isso com frequencia, pegam trabalhos de fora do pais e falam que é pra referencia, na verdade copiam na cara dura…esse logo ficou feio pra cacete e plagiado…..fala sério!!!!

    Responder

  • thiagotasca disse em 14/01/2011 | 06:21.

    E desde quando 4 ou 5 anos de faculdade, ou pos-graduação em alguma coisa é sinal de competência?

    nisso que um loco disse la em cima eu tenho q concorda ! mas…

    concerteza as pessoas que participaram do processo de criação do logotipo nao tem so 4 ou 5 anos de faculdade ou de experiencia profissonal, eu vi o video e fiquei de cara com a explicação do processo, conheco alguns designers que sao otimos e nao tem um diploma pendurado na parede! e sem conta que ja vi muitos com diploma na mao e fazendo coisas absurdas ! ahuhauahuahuahaa

    Responder

  • Space Ghost disse em 16/01/2011 | 04:45.

    Ficou boa, digna de ganhar. Mas as coisas são assim mesmo, criar algo totalmente original é mto difícil hoje em dia.

    Acredito pelo menos na teoria do consciente coletivo que o arquiteto mencionou acima. A ideia da logo pelo menos parece um tanto bom com a da fundação (alguma coisa).

    Já a história do video que contam, pra mim é fake.
    Ta certo que é não é foi uma agência fundo de quintal que fez.

    Mas aonde que a eles iriam perder a chance de contar uma história linda e cheia de flores sobre o feito?
    Aonde que eles iriam falar:
    Fizemos 10 logos diferentes, dps uma votação…trabalhamos em cima da escolhida e pronto.

    Responder

  • Felippe disse em 17/01/2011 | 12:08.

    Sobre o Matisse, não sei se usaram ou não..mas se foi usado é como REFERÊNCIA…algo muito utilizado em design e que agrega valor! E plágio? ¬¬ Existem tantas marcas no mundo, nem o maior banco de dados conseguiria prevenir que marcas parecidas aparecessem. Eu faço design gráfico e fiz um trabalho na faculdade que durou uns 6 meses e parte disso era fazer a marca e toda sua identidade visual, a marca foi o mais complicado, demorou quase 4 meses para ficar realmente completa. No semestre seguinte estava dirigindo e vi um outdoor de uma construtora que tinha uma marca muito parecida com a nossa. Plagiei? Acontece…

    Responder

  • Zafra Et Bilu disse em 09/02/2011 | 11:17.

    Isso mesmo, busquem conhecimento, busquem conhecimento planeta terra.

    Ficou legal o logo, 100 vezes melhor que o de pequim.

    Responder

  • Valéria Crist Garcez disse em 28/09/2012 | 10:48.

    INTELIGENTÍSSIMA LOGO. PARABÉNS PESSOAL DA TÁTIL.
    A ARTE É INSPIRAÇÃO, OU MELHOR INSPIRAÇÕES. E SE BUSCARAM EM MATISSE, ENCONTRARAM O MELHOR DELE: A IDÉIA DA ARTE UNIVERSAL QUE SE TRADUZ NUM POVO PLANETÁRIO. O QUE VAI DE ENCONTRO À ESSÊNCIA DO EVENTO, DO ESPORTE. LEVE, ROMÂNTICA, MODERNA. PARABÉNS!!!

    Responder

Comentar

Mas leia antes estas três regras:
  1. O Flavio Lamenza tem sempre razão
  2. Os campos marcados com * são obrigatórios
  3. Em caso de dúvida, ler a regra no 1