Mamãe, Como eu Nasci??

30 de abril de 2010

Recife recolhe livro de educação sexual para crianças

Pais de alunos se mostraram revoltados com a publicação, que fala de forma clara sobre sexo e traz, entre as ilustrações, um menino e uma menina se masturbando – ele em uma banheira e ela defronte da televisão

Imagem : Livro Ensina como se Masturbar

Que absurdo! Todo mundo sabe que não é na banheira que a mulecada faz isso, é no computador.

25 pessoas já comentaram

  • chourizo disse em 30/04/2010 | 11:57.

    q beleza rapaz

    Responder

  • Teff disse em 30/04/2010 | 12:47.

    Que povinho besta! Eu apóio geral coisas assim…
    A gurizada aprende essas coisas de um jeito ou de outro.
    Melhor aprender na escola do que com o Padre / Tio solteiro / Amiguinho alegre / Padrasto / …

    Responder

    • Eliel disse em 30/04/2010 | 02:10.

      pois eh… eh realmente uma pena quando alguem bota a cara a tapa e toma coragem pra fazer alguma coisa descente pelas crianças.. e a ignorancia dos cidadãos nao permite que o pais avançe…. sad but true….

      Responder

      • Eliel disse em 30/04/2010 | 02:12.

        depois ainda se perguntam pq tem um monte de menina de 13 anos gravida nas escolas publicas (falta de orientação sexual em casa e nas escolas)… filhos da p……

        Responder

  • Red disse em 30/04/2010 | 01:17.

    desabafo do cara de cima?

    Responder

    • Teff disse em 30/04/2010 | 01:37.

      ui!
      euheuehueh

      mas num foi não, sério… é que tem um amigo meu sabe… bem, deixa pra lá.

      Responder

  • Zambrota disse em 30/04/2010 | 02:08.

    Acredito que as instituições responsáveis pela educação em nosso país, além dos próprios professores, precisam abordar esse tema de forma cautelosa, mais suave, através de figuras de linguagem, metáforas e metádentros, metáforas e metádentros, metáforas e metádentros. Por exemplo, fazendo-se valer de fábulas, você pode dizer ao aluno que ele nasceu de um pézinho de caralho.

    Responder

    • thiagod disse em 30/04/2010 | 02:57.

      aehaehaeheah eu ri

      Responder

    • Joselito disse em 30/04/2010 | 03:57.

      pé de caralho hueahueae

      Responder

      • Eu disse em 30/04/2010 | 04:56.

        kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
        eori…

        Responder

    • thiagotasca disse em 30/04/2010 | 08:20.

      hauhauahuahaa, eolri !

      Responder

  • roberval o ladrao de disse em 30/04/2010 | 05:14.

    eu acho legal a abordagem mais realista sobre o sexo com as criancas..ate pra poder protege-las de pessoas com más intencoes como disse o companheiro ai de cima (pedofilos e afins)!!!

    Responder

  • DANIEL disse em 30/04/2010 | 08:27.

    Como Pai o que me preocupa nao é o livrinho que recolheram, o que me preocupa é como nossas crianças estao sendo expostas ao sexo.
    Meninas de 12 13 anos gravida nao é devido somente a falta de educação sexual mas tambem pela forma precoce que sao expostas. Vejam o conteudo das Emissoras de Tv, Revistas, Filmes, Intenet e tantas outras midias.
    Quanto ao livro nao posso dizer o quanto seria contra ou a favor, pois sem ver antes fica complicado emitir uma opiniao. Mas gostaria de acreditar que a forma que foi abordado o tema seja suave e compativel com a idade a que o mesmo foi destinado.

    Responder

  • Rodrigo Mendes disse em 01/05/2010 | 04:26.

    Mas oq que tem ?? Qnd que vamos falar livremente de sexo para as crianças. Se elas tivessem informação cedo não estariam trepando tao novinhas por ai sem prevenção.

    Responder

  • Igor disse em 03/05/2010 | 03:33.

    Flávio, O livro não tem nada de mais, mas para o que ele se propõe, informar crianças de 7 a 10 talvez seja informação de mais não? Não sou o paladino da verdade e dos bons costumes, longe disso. Mas tudo no seu tempo. Pra um pré adolescente, 12 a 14 até que eu entenderia…

    http://www.moderna.com.br/catalogo/encartes/85-281-0416-8.pdf

    Responder

    • Mãe disse em 26/06/2010 | 11:33.

      Entre 12-14 não se é pré adolescente, ja se é adolescente. Eu mesma ja tinha menstruação aos 10 anos e conheci a masturbação aos 8 anos. E nunca tive exposição precoce a estas coisas. Sou da década de 60.

      Responder

  • Rafael disse em 03/05/2010 | 04:48.

    Acho privarem tanto se deve ao fato de as crianças nao terem muita noção das coisas. No final do livro um garoto e uma garota da a seguinte menssagem:
    Legal, reúna sua turma! Vamos continuar esse papo com os(as) colegas.

    Já imaginaram um monte de crianças se reunindo sozinhos querendo tirar suas proprias conclusões sobre os assuntos abordados nesse livro? Afinal de contas criança adora fazer tudo sozinho, ou estou enganado??

    PS: Coloquei apenas um ponto de vista diferente porque sempre tem um du contra o/, mas na verdade eu sou a favor sim de esclarecimento sexual logo cedo, mas pelos pais.

    Responder

  • Fred Chevitarese disse em 03/05/2010 | 05:02.

    Não li o livro, portanto não posso comentar à este respeito.
    Com relação a educação sexual das crianças, acho sim que os pais tem que ter uma participação maior.
    Como disseram aí pra cima, se uma conversa por mais que ingênua acontecesse, acho que muitos abusos cometidos por todo tipo de gente poderia ser evitado e até descoberto, pois muitas crianças não contam aos pais por medo né!

    Abraços!

    Responder

  • Jhonas disse em 04/05/2010 | 04:35.

    falando como pai eu acho muito bom as crianças saberem disso e acho muito ruim terem recolhido os livro “muito mais pq eu ainda nao li so vi algumas fotos q minha mulher me mandou” seria sensato ver q as crianças burras q nao tme nossao de merda nem uma saberem q nao eh pra dar o C(*) pra todos q pedem!

    Responder

  • Thali disse em 05/05/2010 | 11:17.

    Por isso, que tem tanta gente tendo filho muitooo cedo =/!!! Eita povo atrasado!

    Responder

  • CR disse em 20/05/2010 | 03:57.

    só a tv e a internet é pouco, essa cartilha da putaria (mamãe, como eu nasci) desfarçada de livro didático é para que as crianças cresçam putas, putos, pedófilo e homosexuais… ou todos juntos. A TV e a internet podem ser controladas pelos pais a escola não.

    Responder

  • josy disse em 26/05/2010 | 04:47.

    esse cara o teff quando ve isso ele e gay tbm.

    Responder

  • CR disse em 05/06/2010 | 11:12.

    não tenho nada contra gay, sou contra a promoção do homossexualismo, coisa que algum tempo a TV já vem fazendo e agora estão colocando nos livros infantis.

    Responder

  • LRC disse em 02/08/2010 | 06:06.

    Acho incrível a mediocridade das pessoas que simulam ser pensantes…
    Num país onde aplaude-se a mulherada nua no carnaval e nas bancas de revistas, onde se acha lindo uma ou mais mulheres com roupas mínimas exercitando uma “coreografia” que simula relações sexuais ou suas preliminares, onde se acha magnífica quando as meninas de 02 a 07 anos imitam aquelas mulheres… Essa mesma gente que adora a ode ao sexo, quer ostentar um moralismo idiota e medíocre diante um livro que trás a luz a sexualidade e a explicação dos desejos sexuais que pertencem sim, ao mundo infantil também… Somente um cretino pedófilo pode imaginar que uma criança que acaricia suas própria genitália assim como coça o pé quando sente coceira, pode pensar que esse ato se assemelha às suas noitadas com vagabundas ou coisa pior.
    Se vocês são tão moralistas desliguem a TV, não deixem seus filhos ouviram os funk, nem os deixem seguir as micaretas da vida, nem imitar nem cantar os Hits mais vendidos da época, pois tudo isso alude muito mais ao sexo do que a expressão tratada no livro. Ah, digam a seus filhos que vocês os compraram no super ou os receberam da cegonha. Bom, desta forma quando menos esperarem terão netinhos… Boa sorte!!!

    Responder

  • CR disse em 04/08/2010 | 03:17.

    Acho incrível a ignorância de pessoas que não conseguem associar uma coisa a outra…
    A pessoas que permitem a nudez no carnaval, que permitem mulheres com roupas mínimas exercitando uma “coreografia” que simula relações sexuais ou suas preliminares em programas de TV direcionados à família, que permitem que meninas de 02 a 07 anos imitam essas mesmas mulheres, que permitem imagens de dois “barbados” se beijando na boca as 10:00 hs da manhã e que permitem e incentivam outras coisas que do meu ponto de vista são absurdas, são as mesmas pessoas criaram e implantaram a “cartilha da putaria para criança” nas escolas para crianças de 7 a 10 anos, um livro que ensina criança a se masturbar:
    Trecho do livro ( alguns meninos gostam de brincar com seu pênis, e algumas meninas, com sua vulva, porque é gostoso…
    …Mas não esqueça: essa brincadeira, que da uma cosquinha muito boa não é para ser feita em qualquer lugar. É bom que você esteja em um canto, sem ninguém por perto).
    E ao lado do texto imagens de uma menina e um menino se masturbando!
    Ensina também a fazer sexo: Trecho do livro ( A relação sexual pode começar com o homem e a mulher se abraçando muito forte. O homem beija a mulher a a milhar também beija o homem. E é tão bom, que os dois sentem vontade de ficar assim por muito tempo…
    …E então o homem, coloca o pênis na vagina da mulher. A mulher gosta muito e homem também. e movimenta o pênis para dentro e para fora da vagina várias vezes com a ajuda da mulher…).
    Concordo com educação sexual nas escolas, mas para adolescente, não para crianças. Uma criança de 7 anos é impúbere, não tem desejo sexual.
    Só um alienado, idiota, pervertido, cretino e pedófilo pode imaginar que desejos sexuais pertencem as crianças.
    Isso só desperta a curiosidade nas crianças, facilitando a ação de pedófilos.
    O que deve haver é um trabalho auxiliando os pais na educação sexual dos seus filhos. Acho que educação sexual infantil não deve ficar a critério da escola.
    Reprodução humana não é desculpa para implantas um livro desse tipo, pois reprodução humana já é ensinado nas aulas de ciências.
    A gravidez precoce e a pedofilia também são usados como desculpa para implantar esse tipo de ensinamento nas escolas, que certamente fará com que o número de casos de pedofilia aumentem!
    Na época em que sexo ara pouco discutido não existia tantos casos de gravidez precoce. Quando começou a falar mais em sexo e quando aumentou a liberdade sexual o número de gravidez precoce começou aumentar também.
    Então, o número alto de gravidez precoce não é por não se falar em sexo, é por se falar demais em sexo!
    Depois de muita polêmica o livro foi retirado das escolas do Recife, mas pode ter certeza, ele sofrerá algumas alterações e apesar das pessoas que tem bom senso serem contra ele será implantado novamente, e não só no Recife, mas no Brasil inteiro. Pois isso foi só um teste.
    A maioria dos brasileiros perderam o senso das proporções, aceitam tudo que vem de cima, e quando alguém reclama querem jogar pedra como se fossem os do nos da verdade.
    O nível de alienação é tão grande que não conseguem perceber a verdade por mais explicita que esteja.
    Enquanto as pessoas não desligarem a Televisão e procurarem outra fonte de informação continuaram no abismo da desinformação e da alienação.

    Responder

Comentar

Mas leia antes estas três regras:
  1. O Flavio Lamenza tem sempre razão
  2. Os campos marcados com * são obrigatórios
  3. Em caso de dúvida, ler a regra no 1